Clique e assine por apenas 6,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

Prédios viram telas de cinema durante a quarentena

Projeções ocorrem às sextas, das 19h30 às 22h, em São Paulo e São José do Rio Preto

Por Tatiane de Assis - 24 Apr 2020, 21h46

A curadora mineira Marília Pasculli e um grupo de mais de sessenta artistas organizam projeções às sextas, das 19h30 às 22h, em uma iniciativa chamada SP_URBAN Arte Conecta (@spurban). As telas usadas no projeto são cinco laterais de prédios. Quatro delas estão na capital paulistana. No interior, há uma, na cidade de São José dos Campos.

View this post on Instagram

@spurban #arteconecta @michelslvnqs @nathcury @altocrew @renatasim

A post shared by SP_Urban (@spurban) on

Continua após a publicidade

“São mensagens de incentivo ao distanciamento social, marcado pelo movi- mento #FicaEmCasa”, explica Marília sobre o conteúdo veiculado, que totaliza cerca de uma hora de exibição. Ela conta também que a iniciati- va não tem data fixa para acabar: “Vai até quando a quarentena durar. Se conseguirmos patrocínio, poderemos até fazer uma premiação dos artistas envolvidos”.

Publicidade