Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

Morre o artista Carlito Carvalhosa aos 59 anos em São Paulo

Ele foi vítima de um câncer de intestino, o qual tratava há oito anos

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 14 Maio 2021, 09h16 - Publicado em 14 Maio 2021, 09h14

O artista plástico Carlito Carvalhosa morreu na noite da última quinta (13) em São Paulo. Carvalhosa foi vítima de um câncer de intestino, o qual tratava há oito anos. Ele estava internado no Hospital Nova Star, no bairro da Vila Nova Conceição. Seu corpo será cremado em cerimônia no Horto da Paz, às 16 horas desta sexta (14).

Carvalhosa foi parte de um grupo importante da arte brasileira, formado a partir de um ateliê coletivo, montado em São Paulo entre 1982 e 1985, o Casa 7. De lá, também vieram nomes, como Nuno Ramos, Paulo Monteiro, Rodrigo Andrade, Fábio Miguez e Antonio Malta.

O artista participou das Bienais de São Paulo, Havana e do Mercosul. Junto com o fotógrafo Mauro Restiffe foi o primeiro a ocupar em 2016 o antigo prédio do Detran, que viria a ser a sede do Museu de Arte Contemporânea da USP, próximo ao Parque Ibirapuera. Na época, ele criou por lá a instalação Sala de Espera (2016).  Um de seus trabalhos mais recentes, Já Estava Assim Quando Cheguei (2019), pode ser visto no Sesc Guarulhos.

Publicidade