Anna Bella Geiger fala sobre censura e violência em mostra no Masp

Exposição também se desdobra pelo Sesc Avenida Paulista

Três mostras encerram o ano no Masp. A partir desta sexta (29), mais de 250 obras de Anna Bella Geiger entram em exibição. Na série Brasil Nativo/Brasil Alienígena (1977), a carioca reinterpreta imagens de indígenas em cartões-postais. “Anna Bella usa muitas vezes narrativas autobiográficas para falar de questões como a censura ou a violência de Estado contra povos indígenas durante a ditadura militar brasileira”, explica o curador Tomás Toledo, que ainda destrincha a função dos postais. “Eles servem para vender e encantar turistas. idealizam paisagens e situações”, completa. A partir de 13 de dezembro, a portuguesa Leonor Antunes e a alemã Gego (1912-1994) também ganham exposições em cartaz.

Masp

Avenida Paulista, 1578, ☎ 3149-5959. Terça, 10h às 19h30; quarta a domingo, 10h às 17h30. R$ 40,00. Grátis às terças. Até 1o de março de 2020.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s