Clique e assine com até 89% de desconto

Star Trek – Sem Fronteiras

Tipos de Gêneros dramáticos: Ficção científica
VejaSP:

Resenha por Tiago Faria

Fiéis admiradores da saga espacial Star Trek, os trekkers foram às nuvens quando a cinessérie ganhou uma bem-vinda repaginada visual em 2009, no filme homônimo dirigido por J.J. Abrams. A continuação de 2013, Além da Escuridão, manteve o entusiasmo. Mas o “desconfiômetro” dos fãs fez barulho quando Justin Lin, cineasta conhecido por fitas da franquia de ação Velozes e Furiosos, foi convidado para comandar o novo episódio da ficção científica, Star Trek — Sem Fronteiras. Perderam a noção? Só em tese, felizmente. Sob a supervisão sempre atenta de Abrams, creditado como produtor, o taiwanês (radicado nos Estados Unidos) dá conta de equilibrar adrenalina e nostalgia, turbinando a fórmula com sequências de perseguição a mil por hora e bom olho para as relações de camaradagem e cumplicidade entre personagens tão queridos pelo público. Desta vez, a equipe do capitão Kirk (Chris Pine) e de Spock (Zachary Quinto) enfrenta uma ameaça alienígena misteriosa (Idris Elba) que danifica a nave USS Enterprise e separa seus tripulantes em pequenos grupos. A falta de impacto desse enredo, bem pouco original, é compensada por um clima ágil e despretensioso, com sabor de um bom episódio de seriado de TV. Estreou em 1º/9/2016.

    info
  • Direção: Justin Lin
  • Duração: 122 minutos
  • Recomendação: 12 anos
  • País: EUA
  • Ano: 2016
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.