Regina Silveira – Tramados

Resenha por Julia Flamingo

Convidada a participar da Trienal de Setouchi do Japão, Regina Silveira acaba de transformar a fachada cinza de uma escola em um gigantesco desenho de céu codificado em ponto de cruz, feito em estêncil — semelhante também à obra que embalou os vidros do Masp, em 2010. Na exposição Tramados, na Luciana Brito Galeria, Regina apresenta agora o tema da mostra japonesa em grandes peças de cerâmica. Em outra sala da bela casa modernista projetada por Rino Levi, uma série de desenhos datados principalmente da década de 80 mostra registros de processos. Exibidos pela primeira vez, os interessantes rascunhos permitem que os visitantes acompanhem a linha de pensamento que permeia o desenvolvimento de obras icônicas da artista. Até 13/8/2016.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.