Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

O Sétimo Selo

VejaSP:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Paladares mais refinados têm muito para comemorar. Do mestre sueco Ingmar Bergman, O Sétimo Selo inaugura uma nova sessão no circuito Espaço que, em parceria com a Zeta Filmes, vai reprisar grandes clássicos em cópia restaurada — o próximo título deve ser A Doce Vida, de Fellini, em agosto. A história, também escrita por Bergman, se passa no século
XV e fagra um cavaleiro (Max von Sydow) de volta das Cruzadas. No encontro com a Morte (Bengt Ekerot), ele propõe um
jogo de xadrez para ganhar tempo. A esplêndida fotografia em preto e branco sustenta um registro medieval em que a Peste Negra domina um cenário desolador, uma mulher é condenada à fogueira por falar com o demônio e, entre moribundos e traidores, o protagonista questiona a existência de Deus. Quase sessenta anos após sua realização, o filme não perdeu o impacto visual, uma das marcas registradas de Bergman naquela época. Reestreou em 23/7/2015.

    info
  • Direção: Ingmar Bergman
  • Duração: 96 minutos
  • Recomendação: 16 anos
  • País: Suécia
  • Ano: 1957
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.