Clique e assine por apenas 6,90/mês

O Homem do Futuro

VejaSP:

Resenha por Miguel Barbieri Jr

Nessa nova comédia do diretor de “A Mulher Invisível”, Wagner Moura faz o mesmo personagem, porém em três momentos distintos — e em todas as etapas consegue convencer muito bem. Nos dias atuais, Zero (Moura), brilhante e solitário cientista, virou um cara rancoroso por ter sido humilhado por Helena (Alinne Moraes), a grande paixão de sua juventude, numa festa em 1991. Às voltas com uma nova forma de energia, o protagonista acaba experimentando uma espécie de máquina do tempo e… volta vinte anos atrás, na sua época de estudante de física. Lá no passado, Zero terá a chance de saber os motivos que levaram Helena a desprezá-lo para virar modelo ou, então, mudar os rumos de sua história. O roteiro tem algo da cinessérie “De Volta para o Futuro” e, igualmente, de “Redentor” (2004), o genial longa-metragem de estreia de Claudio Torres. Mesmo sem ter um roteiro totalmente original, a fita traz efeitos visuais formidáveis, ritmo alucinante e uma proposta reflexiva bacana: o que você mudaria na sua vida se pudesse retroceder no tempo? Gabriel Braga Nunes faz o vilão da trama. Estreou em 02/09/2011.

    info
  • Direção: Claudio Torres
  • Duração: 103 minutos
  • Recomendação: 10 anos
  • País: Brasil
  • Ano: 2011
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.