Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

O Homem da Máfia

VejaSP:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Cinco anos depois do sensacional faroeste O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford, o diretor neozelandês retorna com mais um filme não menos perturbador. Polêmico em sua crítica explícita aos Estados Unidos contemporâneo, o thriller é ambientado em 2008, às vésperas da eleição para presidente, disputada por Barack Obama e John McCain. Enquanto aquele país atravessava uma de suas piores crises econômicas, o realizador, inspirado no livro Cogan’s Trade, de George V. Higgins, foca a trama nos bastidores dos jogos de azar clandestinos. A mando do contraventor Johnny Amato (Vincent Curatola), os desocupados Frankie e Russell (os excelentes Scoot McNairy e Ben Mendelsohn) são contratados para assaltar a casa de Markie (Ray Liotta), onde a jogativa ilegal rola solta. Quando a máfia fica a par do ocorrido, escala o matador Jackie Cogan (Brad Pitt) para investigar quem foram os responsáveis pelo roubo — e tirá-los da jogada. Em um clima constantemente tenso, a história é feita de diálogos cortantes e violência crua para atirar o espectador num redemoinho de situações desconfortantes. Estreou em 30/11/2012.

    info
  • Direção: Andrew Dominik
  • Duração: 97 minutos
  • Recomendação: 16 anos
  • País: EUA
  • Ano: 2012
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.