Mostra Quebec – CineSesc

VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

De 21 a 26 de junho – mês em que se comemora a data nacional do Quebec, o CineSesc receberá a primeira edição do Projeta: Filmes de Quebec,  com curadoria de Katia Adler, a mostra exibirá, ao todo, 15 longas produzidos por cineastas independentes da província canadense. Entre os filmes está o aclamados O declínio do império americano de Denys Arcand. Confira a programação completa abaixo ou visite o site do estabelecimento.

 

CÃO DE GUARDA:

Dia 20 (abertura), às 20h30

Dia 21, às 19, sessão seguida de debate

JP mora com o irmão Vincent, sua mãe Joe e sua namorada Mel em um pequeno apartamento em Verdun. Constantemente em corda-bamba, JP tenta manter o equilíbrio entre as numerosas necessidades de sua família, pela qual se sente responsável: o trabalho de coleta que faz com o irmão e o envolvimento no cartel de drogas de seu tio, a principal figura paterna da casa. O drama social que traz questões relativas às relações tóxicas traz no elenco Jean-Simon Leduc, Theódore Pellerin, Maude Guérin, Paul Ahmarani, Claudel Laberge, além da roqueira popular canadense Marjo, em sua primeira incursão na grande tela.

 

CRAZY:

Dia 24, às 21h

Comédia/Drama – Canadá (2016), 127 minutos, 16 anos – Direção: Jean-Marc Vallée

No dia 25 de dezembro de 1960, nasce Zachary Beaulieu. É o 4º entre 5 irmãos, todos meninos. Sua infância é marcada pelos aniversários natalinos em que seu pai, invariavelmente, encerra a festa imitando Charles Aznavour. Sua adolescência traz a descoberta da homossexualidade e a negação profunda para não decepcionar a família. E a maturidade, enfim, chega com uma libertadora viagem mística por Jerusalém, a cidade que sua mãe sempre sonhou conhecer.

GABRIELLE

Dia 24, às 17h

Dia 26, às 21h

Drama/Musical/Romance – Canadá (2013), 104 minutos, 10 anos – Direção: Louise Archambault

Gabrielle é uma jovem com síndrome de Williams que tem uma joie de vivre contagiante e dom musical excepcional. Desde que conheceu seu namorado Martin, no centro recreacional onde os dois participam do coral, estão sempre juntos. No entanto, como os dois são “diferentes”, seus entes queridos têm receio do relacionamento. Quando o coral se prepara para um importante festival de música, Gabrielle faz de tudo para conquistar a independência. Determinada como é, deve enfrentar os preconceitos alheios, assim como suas próprias limitações, na esperança de  experienciar  um amor longe do normal.

 

HOCHELAGA, TERRA DAS ALMAS

Dia 23, às 19h

Dia 25, às 15h

História – Canadá (2017), 100 minutos, 10 anos – Direção: François Girard

Um aguaceiro tremendo atinge Montreal, e um escoadouro espetacular acontece no Estádio Percival Molson, no meio de um jogo de futebol. O estádio é evacuado, e, algumas horas depois, torna-se uma área arqueológica protegida. Séculos de história são revelados por baixo do campo. O arqueólogo Mohawk Baptiste  Asigny  começa a  investigar, e irá descobrir a multidão de gerações que ocuparam aquela terra, cada qual com seus segredos enterrados. Baptiste então se propõem a encontrar aquilo que passou toda sua carreira procurando: os vestígios do vilarejo de Hochelaga, onde seus ancestrais Iroquoian conheceram o explorador francês Jacques Cartier, em 1535. O filme explora 750 anos de história em um único lugar, onde as almas de todos os séculos e todas as culturas se juntam.

INCÊNDIOS

Dia 21, às 21h

Drama, mistério, guerra – Canadá (2010), 131 minutos,- 14 anos – Direção: Denis Villeneuve

Jeanne e Simon são irmãos gêmeos e acabaram de perder a mãe, Nawal Marwan. Eles vão ao escritório do notário Jean Lebel para saber do testamento. No documento, Nawal pede que seja enterrada sem caixão, nua e de costas, sem que haja qualquer lápide no túmulo. Ela deixa também dois envelopes, um a ser entregue ao pai dos gêmeos e outro para o irmão deles. Apenas após a entrega de ambos é que Jeanne e Simon receberão um envelope endereçado a eles e será possível colocar uma lápide. Só que Jeanne e Simon nada sabem sobre a existência de um irmão e acreditavam que seu pai estava morto. É o início de uma jornada em busca do passado da mãe, que os leva até a Palestina. O filme fez grande sucesso, quando esteve em cartaz em São Paulo.

 

INCH´ALLAH

Dia 22, às 15h

Drama – Canadá (2014), 102 minutos, 14 anos – Direção: Anais Barbeau-Lavalette

Chloe, uma jovem médica, divide o tempo entre Ramallah, onde trabalha, e Jerusalém, onde vive. Ela passa pela rotina diária de atravessar os pontos de verificação para alcançar o campo de refugiados onde monitora as gestações de jovens grávidas, e torna-se cada vez mais ciente, e sensível, sobre o conflito recorrente. Enquanto cultiva amizades tanto em Israel quanto na Palestina, Chloe fica dividida entre os dois lados, tentando ao máximo construir pontes, mas eventualmente percebendo que está condenada a ser uma forasteira.

 

A RAIVA DOS INUK

Dia 23, às 17h

Dia 16, às 19h

Documentário – Canadá (2017), 85 minutos, livre – Direção: Alethea Arnaquo-Baril

Em seu premiado documentário, a diretora Alethea Arnaquq- Baril se junta a uma nova geração tecnológica de Inuítes enquanto eles lutam para desafiar a percepção estabelecida da caça às focas. Armados com as mídias sociais e seu próprio senso de humor e justiça, esse grupo está trazendo sua própria voz para a conversa e se apresentando ao mundo como um povo moderno em extrema necessidade de uma economia sustentável

 

A PAIXÃO DE AUGUSTINE

Dia 22, às 17h

Dia 24, às 19h

Drama – Canadá (2015), 103 minutos, livre – Direção: Léa Pool

Simone Beaulieu, mais conhecida como Madre Augustine, dirige um colégio de freiras para garotas nos anos 1960. Ela transformou o pequeno convento em um tesouro musical, no qual as estudantes ganharam todas as competições musicais prestigiosas da região. Quando sua talentosa porém rebelde sobrinha junta-se ao convento e o governo ameaça fechar a escola em prol da educação pública, o mundo de Augustine vira de ponta cabeça, repentinamente. Ela e suas colegas freiras são forçadas a enfrentar as ondas de modernidade e a própria Madre Augustine deve procurar em si uma nova vocação. Ela conseguirá aceitar seu passado para seguir em frente? Ou  perecerá  com  a  tradição.

LAURENCE ANYWAYS.

Dia 22, às 21h

Drama, romance, Canadá (2012), 168 minutos, 12 anos – Direção: Xavier Dolan.

O filme conta a história de um amor impossível entre Frédérique e seu namorado de longa data, Laurence, um homem que revela seu desejo interior de se tornar seu verdadeiro eu: uma mulher. Ambientado durante o final dos anos 80 e começo dos 90, a história se passa ao longo de uma década, narrando o amor condenado de Fred e Laurence, assim como os testes e turbulências que eles enfrentam

 

O DECLÍNIO DO IMPÉRIO AMERICANO

Dia 25, às 17h

Comédia, drama, Canadá (1986), 101 minutos, 12 anos – Direção:Denys Arcand

 Quando um professor de Montreal e sua esposa reúnem seis de seus amigos eruditos  para um jantar, o assunto acaba sendo sexo. Enquanto preparam a refeição, os homens conversam sobre assuntos diversos. Ao mesmo tempo, em uma academia de ginástica, as mulheres conversam sobre os problemas de relacionamento. Mas o que era um tema divertido e excitante se transforma em catalisador de sentimentos feridos e acusações quando um convidado inesperado revela segredos chocantes. O filme traz no elenco Dominique Michel, Louise Portal e Pierre Curzi, entre outros, e foi indicado ao Bafta de Melhor Filme Estrangeiro em 1989 e ganhou Prêmio do Júri em Cannes.

 

 O JARDINEIRO

Dia  23,às 15h

Dia 26, às 17h

 Documentário, Canadá, (2016), 88 minutos, livre – Direção: Sébastien Chabot.

O filme reflete sobre o significado da jardinagem e seu impacto em nossas vidas. Pouco antes da morte, aos 86 anos, o influente jardineiro e horticultor Frank Cabot reconta sua busca pessoal por perfeição no Les Quatre Vents, seu jardim de estilo inglês e casa de veraneio de vinte acres, aberto para uma equipe de filmagem pela primeira vez em 2009. Les Quatre Vents se tornou um dos mais importantes jardins privativos do mundo. Criado ao longo de três gerações, é um lugar encantado de beleza e surpresa, uma obra-prima horticultural do século XXI. Por meio das palavras de Cabot e sua família, e com a participação de experts e escritores especializados em jardinagem, o filme relembra a história pessoal desse memorável homem e a filosofia artística que deu a luz à um dos maiores jardins no mundo. O filme foi apresentado no festival da Cidade do Quebec, recebendo prêmio de Melhor Filme escolhido pelo Público.

 

TATUAGENS FALSAS

Dia 23, às 21h

Dia 25, às 19h

Drama, romance, Canadá (2017), 87 minutos, 14 anos – Direção: Pascal Plante

Theo passa seu aniversário de 18 anos sozinho, embebedando- se em um show de punk rock. Lá, conhece Mag, adolescente marginal que o convida para passar a noite em sua casa. Uma história de amor se desenrola entre eles, mas Theo tem que se mudar para uma cidade pequena no final do verão, longe de um passado doloroso. Pascal Plante, o diretor, classifica a produção como filme romântico,gênero que ele diz ser fã. “Mas é um filme romântico sem as tradicionais receitinhas de amor. Posso dizer que é um filme indisciplinado”, diz o diretor Pascal Plante.

 

MOMMY

Dia 25, às 21h

Drama, Canadá (2014), 139 minutos, 14 anos – Direção: Xavier Dolan

 Além de Laurence Anyways, a curadoria do Projeta: Filmes do Quebec selecionou outro filme de Xavier Dolan para a mostra. Mommy foi lançado em 2014 e conta a história de Diane Després, quando é surpreendida com a notícia de que seu filho, Steve, foi expulso do reformatório onde vive por ter incendiado a cafeteria local e, com isso, provocado queimaduras de terceiro grau em um garoto. Os dois voltam a morar juntos, mas Diane enfrenta dificuldades devido à hiperatividade de Steve, que muitas vezes se torna agressivo. Os dois apenas conseguem encontrar certo equilíbrio quando a vizinha Kyla entra na vida de ambos. Mommy é ambientado num Canadá fictício em que vigora uma lei que permite que mães abandonem filhos problemáticos sob tutela do governo. O filme surpreende já no primeiro take, numa cena de mãe (interpretada por Anne Dorval) e filho (interpretado por Antoine-Olivier Pilon).

 

 PEGADINHAS

Dia 22, às 19h

Dia 24, às 14h

Comédia, Canadá (2016), 78 minutos, 12 anos – Direção> Vincent Biron

Stefie, um jovem solitário comum, é recrutado por Jean-Sé, Martin e Lea para gravar pegadinhas diárias com um telefone celular. Os brincalhões decidem montar uma peça maior… Mas, dessa vez, quem seria a vítima? A brincadeira é engraçada e cruel, transgredindo contos de fadas sobre primeiros amores, amizade e perda da inocência. Os jovens atores Étienne Galloy, Constance Massicotte, Alexandre Lavigne e Simon Pigeon interpretam os personagens de forma sensível e bastante convincente, num filme que, conforme o diretor Vincent Biron, retrata a “idade ingrata”, ou seja, a adolescência, abordando aspectos agridoces de amizade que nascem nessa fase.

 

TUKTUQ

Dia 21, às 17h

Dia 26, às 15h

Documentário, Canadá (2016), 95 minutos, livre – Direção: Robin Aubert

Um cinegrafista é enviado até uma comunidade em Nunavuk, no norte do Canadá. Sua função será filmar os habitantes e seus costumes e, com essesregistros, criar um arquivo de imagens para o governo. Enquanto grava, passa a conhecer profundamente a economia de subsistência desse povo e a incrível riqueza do território.Então, ele é informado de que seu trabalho será usado para convencer a comunidade a deixar o local em prol da exploração de minério Robin Aubert, o diretor, assina igualmente a fotografia, que é um show à parte. As tomadas fotográficas se impõem. A aldeia onde aconteceram as filmagens se tornou personagem do filme, assim como as casas e edificações. A crítica canadense disse que a produção não é um filme de personagens, mas de casas e de um território. Foi apresentado no Festival de CinemaInternacional de Abitibi-Témiscamingue.

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s