Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Guerra Mundial Z

VejaSP:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

O dia parece tranquilo em Filadélfia para Gerry Lane (Brad Pitt), sua mulher (Mireille Enos) e as duas filhas. Até que, dentro do carro e parados no trânsito, um tumulto cria um clima tenso para os personagens – por tabela, também para o espectador. Automóveis vão pelos ares, pedestres se apavoram e se instaura o caos. Os primeiros minutos de Guerra Mundial Z atraem com sua azeitada mistura de filme-catástrofe e thriller. A seguir, vem o conteúdo da ficção científica: por causa de um vírus, as pessoas pelo mundo estão se transformando em zumbis. Lane, funcionário da Organização das Nações Unidas (ONU), é a pessoa mais indicada para ir atrás do paciente zero. Ele deixa a família, parte para a Coreia e, de lá, vai a Jerusalém. Na cidade sagrada de Israel, os mortos-vivos foram isolados por um muro gigantesco. O longa-metragem do mesmo diretor de 007 – Quantum of Solace traz imagens impactantes e impressiona pelo ritmo ágil, mas, passada a primeira hora, perde o fôlego e se encaminha para uma solução frágil. Estreou em 28/6/2013.

    info
  • Direção: Marc Forster
  • Duração: 116 minutos
  • Recomendação: 14 anos
  • País: EUA
  • Ano: 2013
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.