Doutor Estranho

Tipos de Gêneros dramáticos: Aventura
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Em um ano em que os filmes de super-herói tiveram como ponto alto um personagem desbocado e anarquista (Deadpool), Doutor Estranho também entra na galeria das boas surpresas do gênero. Grande parte do êxito se deve à escolha do protagonista. Elegante e esguio, Benedict Cumberbatch encarna muito bem o doutor Strange, um neurocirurgião tão habilidoso quanto arrogante. O destino, porém, vai pregar uma peça no médico quando ele sofre um terrível acidente de carro e o resultado é o esmigalhamento de suas mãos. Sem nenhuma chance de retomar a profissão, Strange decide ir atrás de uma cura “alternativa” no Nepal. Lá, encontra a Anciã (a igualmente impecável Tilda Swinton), não muito disposta a ensinar lhe métodos pouco ortodoxos de luta marcial. Numa espécie de viagem lisérgica, a história traz um drama bem amarrado em efeitos visuais deslumbrantes. Faz falta, sim, um vilão à altura de Strange/ Cumberbatch, mas nada que desabone a diversão. Estreou em 3/11/2016.

    info
  • Direção: Scott Derrickson
  • Duração: 115 minutos
  • Recomendação: 12 anos
  • País: EUA
  • Ano: 2016
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s