As Sessões

VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Inspirado em caso real e extraído de um artigo escrito pelo próprio biografado, o drama recria a trajetória de superação de Mark O’Brien (papel de John Hawkes, em atuação fascinante). A trama tem início em 1988 e mostra a situação desconfortável desse poeta e jornalista. Preso a uma maca desde que teve poliomielite aos 6 anos, O’Brien dorme e passa algumas horas do dia com um respirador artificial sobre seu corpo inerte. Quando é escalado para fazer uma matéria sobre relações sexuais entre deficientes físicos, ele decide testar os prazeres em si próprio. Sem amigos próximos ou parentes, aconselha-se com um padre (William H. Macy) e contrata o incomum trabalho da terapeuta sexual Chreyl (Helen Hunt, indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante). Em até seis sessões, a profissional garante que O’Brien perderá a virgindade com ela. Conduzido com leveza, o enredo traz um personagem limitado de movimentos que se revela doce no modo de tratar as mulheres. Difícil não simpatizar com sua história e se emocionar no desfecho dela. Estreou em 15/02/2013.

    info
  • Direção: Ben Lewin
  • Duração: 95 minutos
  • Recomendação: 16 anos
  • País: EUA
  • Ano: 2012
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s