Cinema

Sexta-feira (01)

É Tudo Verdade: confira a programação do dia e as sinopses dos filmes

Por: Camila Taira - Atualizado em

É tudo verdade - sária cor de rosa
Pelos direitos da mulher: tema do documentário 'Sáris Cor-de-Rosa' (Foto: Divulgação)

+ Veja a programação completa do festival É Tudo Verdade

CINE LIVRARIA CULTURA - SALA 1

15h00 – “Uma Odisseia Iraniana”, de Maziar Bahari (GBR/IRN, 2010).

Em 1951, o primeiro-ministro iraniano Mohammad Mossadegh tentou romper o domínio britânico sobre o país, nacionalizando a produção de petróleo, que vinha sendo monopolizada pela British Petroleum. Lutando contra inimigos internos e externos, Mossadegh terminou sendo derrubado por um golpe de Estado, planejado e executado pela CIA, em agosto de 1953. PROGRAMAS ESPECIAIS.

17h00 – “A Queda de um Xá”, de Maziar Bahari (GBR/IRN, 2009).

História da ascensão e queda do xá iraniano Mohammad Reza Pahlevi a partir de personagens próximos aos acontecimentos da vida do líder – cujo governo começou com um golpe planejado pela CIA, em 1953, e terminou com a Revolução Iraniana, em 1979. PROGRAMAS ESPECIAIS.

19h00 – “Academia de Boxe”, de Frederick Wiseman (USA, 2010).

Numa academia de boxe em Austin, Texas, convivem lado a lado pessoas de todas as idades, sexos e condições sociais. Donas de casa, imigrantes, jovens que desejam ardentemente se profissionalizar e amadores em busca apenas de um pouco de atividade física ou autoafirmação misturam-se nesta singular comunidade. PROGRAMAS ESPECIAIS

21h00 – “Black Power Mixtape 1967-1975” (2011), de Göran Hugo Olsson (SWE, 2011).

Um mergulho na história do movimento negro dos EUA a partir de um rico material de arquivo da TV sueca. Lançado no último Sundance Festival, o filme apresenta comentários de líderes da luta pelos direitos civis nos EUA dos anos 60 e 70, como Angela Davis, e de artistas engajados contemporâneos, como Spike Lee. 

CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL

13h00 – “Você Não Gosta da Verdade - 4 Dias em Guantánamo”, de Patricio Henriquez Luc Cote (CAN, 2010)

Baseado em material inédito, este documentário revela um contato entre agentes secretos canadenses e o prisioneiro de Guantánamo Omar Khadr. Capturado quando ainda era menor de idade, aos 15 anos, ele é mantido na prisão há oito anos, acusado de matar um soldado norte-americano no Afeganistão. COMPETIÇÃO INTERNACIONAL - LONGAS

15h00 – “Cliente 9 - A Ascensão e Queda de Eliot Spitzer”, de Alex Gibney (USA, 2010)

História do ex-governador e ex-procurador geral de Nova York Eliot Spitzer, suas lutas contra os crimes de colarinho branco e o envolvimento num escândalo sexual que manchou sua biografia. COMPETIÇÃO INTERNACIONAL – LONGAS.

17h00 – Exibição de quatro curtas.

“Castro Alves” (1847 – 1871), de Humberto Mauro (BRA, 1948)

Vida e obra do poeta baiano que desempenhou importante papel para a abolição da escravatura.

“Do Sertão ao Beco da Lapa - E o Mundo de Oswald”, de Rudá de Andrade (BRA/1972).

Rudá de Andrade reconstitui os anos paulistanos de formação de seu pai, Oswald de Andrade (1890-1954), a partir de imagens, textos e poemas do escritor modernista.

“O Guesa”, de Sérgio Santeiro (BRA, 1969)

O filme examina a figura do poeta romântico maranhense Sousândrade (1833-1902).

“O Poeta do Castelo”, de Joaquim Pedro de Andrade (BRA, 1959)

Na rotina simples e solitária de Manuel Bandeira, exprime-se a essência de sua poesia. RETROSPECTIVA BRASILEIRA - “POESIA É VERDADE”

19h00 – “Camponês de Archangelsky”, de Marina Goldovskaya (URSS, 1986).

A história de Nikolai Semenovich Sivkov, primeiro a opor-se ao sistema de coletivação rural imposto por Josef Stálin. RETROSPECTIVA INTERNACIONAL: MARINA GOLDOVSKAYA

 

CINEMATECA

18h00 – “Confissões”, de Gualberto Ferrari (ARG, 2009)

Gustavo Scagliusi, um ex-integrante do temível Batalhão 601, protagonista da guerra suja durante a ditadura argentina, encontra-se frente a frente com o passado e as próprias culpas. FOCO LATINO-AMERICANO

20h00 – “Camponês de Archangelsky”, de Marina Goldovskaya (URSS, 1986).

A história de Nikolai Semenovich Sivkov, primeiro a opor-se ao sistema de coletivação rural imposto por Josef Stálin. RETROSPECTIVA INTERNACIONAL: MARINA GOLDOVSKAYA

 

RESERVA CULTURAL

13h00 – “Vovôs”, de Carla Valencia Dávila (CHL/ECU, 2010).

A diretora estreante tece um retrato intimista de seus dois avôs, um chileno, outro equatoriano, evidenciando um peculiar encontro entre sua história pessoal e a do continente sul-americano num período de ditaduras. FOCO LATINO-AMERICANO

15h00 – “Katka”, de Helena Trestísková (CZE, 2010).

Ao longo de 14 anos, a diretora acompanhou a história de sua personagem, Katka, uma mulher viciada em drogas desde a juventude e experimentando altos e baixos em suas tentativas de recuperação. COMPETIÇÃO INTERNACIONAL – LONGAS

17h00 – “Sáris Cor-de-Rosa”, de Kim Longinotto (GBR/IND, 2010).

Um perfil de Sampat Pal, mulher que sofreu agruras e maus-tratos decorrentes de um casamento arranjado na infância, como tantas indianas, e tornou-se uma referência na luta pelos direitos femininos em seu país. O ESTADO DAS COISAS

19h00 – “Vapor da Vida”, de Joonas Berghäll e Mika Hotakainen (FIN/SWE, 2010).

Uma visita à na sauna, lugar que representa, para os homens finlandeses, um refúgio onde, muito mais do que nos divãs de qualquer terapeuta, podem abrir seu coração. O ESTADO DAS COISAS

21h00 – “Loucasmulheres”, de Maria Elena Wood (CHL, 2010).

A abertura de arquivos desconhecidos da poeta Gabriela Mistral revelam aspectos inéditos da personalidade da vencedora do Prêmio Nobel de Literatura em 1945. COMPETIÇÃO INTERNACIONAL – LONGAS

Fonte: VEJA SÃO PAULO