TRÂNSITO

Capital tem recorde de congestionamento na saída para o feriado

ÀS 18 horas, CET registrou 317 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas

Por: Estadão Conteúdo - Atualizado em

transito-23-maio-congestionamento
Tiradentes: lentidão e congestionamento na Avenida 23 de Maio, Zona Sul da capital (Foto: Levi Bianco/Folhapress)

A cidade de São Paulo registrou, nesta quarta (20), véspera do feriado de Tiradentes, recorde de congestionamento para o ano de 2016, segundo informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Foram medidos, às 18 horas, 317 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela empresa.

+ Contra prostituição, moradores do Butantã fecham ruas à noite

+ Feriado prolongado terá dias de sol e calor

O índice de congestionamento, que corresponde a 36,5% das vias monitoradas, ultrapassou até o limite do gráfico da companhia que mostra a lentidão do trânsito na cidade. O recorde anterior para o ano de 2016 havia sido registrado em 8 de abril, quando a CET mediu 290 quilômetros de lentidão às 19 horas.

Já o recorde histórico foi medido em 23 de maio de 2014. Na data foram registrados 344 quilômetros de lentidão às 19 horas. Nesta quarta, após atingir o pico às 18 horas, o índice de lentidão caiu gradualmente. Por volta das 19h30, a cidade registrava 205 quilômetros de congestionamento. 

Rodovias

Em torno de 6 milhões de veículos devem circular pelas rodovias de acesso ao litoral e interior de São Paulo durante o feriado prolongado de Tiradentes (21). Cerca de 2,8 milhões devem usar as rodovias sob concessão, confirme previsão da Agência de Transportes do Estado (Artesp), enquanto 1,4 milhão seguem por rotas administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem.

As vias federais recebem 1,8 milhão de veículos, segundo as concessionárias. A previsão é de tráfego maior que na Semana Santa.

Fonte: VEJA SÃO PAULO