no feriado

Saiba tudo sobre o Satyrianas 2013

De quinta (14) a domingo (17), a Praça Roosevelt fica 78 horas ligada numa intensa programação cultural

Por: Redação Veja São Paulo - Atualizado em

Édipo na Praça - Teatro
Cléo de Páris é Jocasta em 'Édipo na Praça': tragédia grega é encenada na Roosevelt (Foto: Divulgação)

Este ano, a Satyrianas traz em sua abertura uma variedade de estilos e ritmos para festejar o começo da maratona em saudação à Primavera. Confira abaixo a programação completa:

Abertura: quinta-feira, 14 de novembro

  • 18h - Show Escola de Samba – Conexão Balanço – Onde: Praça Roosevelt.
  • 18h30 - ShinkyoDaiko – Grupo de Taikô – Onde: Praça Roosevelt.
  • 19h - Show Jukebox – Grupo WOOP'Z -  Onde: Praça Roosevelt.
  • 19h30 - Fábrica de Animais – O nome é empréstimo de um romance de Edward Bunker, narrativa dos tempos do autor norteamericano na penitenciária de San Quentin, e a sonoridade é rock’n’roll bluesy para maiores. Onde: Tenda de Música - Praça Roosevelt.
  • 23h - Gambiarra - A Festa – Na véspera de feriado, a Gambiarra invade o centro de Sampa e arma uma mega edição especial em comemoração à abertura da Satyrianas. DJs Convidados: Fabio Penna e Henrique Mello. DJs residentes: Miro Rizzo, Taiguara Chagas e Evelyn Cristina. Onde: Grand Metrópole. (Apresente o voucher disponível nesta programação na entrada da festa e pague R$ 20,00).

DRAMAMIX

As Satyrianas convidaram quarenta autores para desenvolverem textos curtos inéditos. Esses textos são montados por artistas do teatro brasileiro e apresentados durante os quatro dias da programação.

Local: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt

Quinta-Feira, 14 de novembro

  • 20h30 – A Turma do Meia Nove, de Mário Viana - Sinopse: Niltinho e Carlão acordam num hotel desconhecido, depois da noite de reencontro da turma do colégio. A reconstituição das últimas horas traz algumas surpresas. Direção: Isser Korik Elenco: Eduardo Leão e Fábio Ock.
  • 21h30 – wawewiwowu, de Luiz Päetow - Sinopse: Caixa preta de cor laranja fluorescente florescendo no teatro carbonizado ao caos (só ouço) que diz )*(. Direção e Elenco: Luiz Päetow.
  • 22h30 – Histórias de Segunda Mão, de Marici Salomão - Sinopse: Rasgar a veia, tentar respirar, viajar, mudar o ritmo - mesmo que tudo esteja (muito) perto do final. Direção: Eric Lenate. Elenco: Cléo de Páris e Tato Consorti.
  • 23h30 – Sushiman, de Zen Salles - Sinopse: Cida e Nonato se encontram em um Karaokê no centrão da capital paulista em uma madrugada chuvosa... E cantando músicas de Lindomar Castilho, As Marcianas, Fagner e Kátia, a cega, os dois acabam descobrindo os segredos de uma boa gastronomia japonesa made in Ceará. Direção: Germano Melo Elenco: Ivan Capúa e Atriz Surpresa.

Sexta-Feira, 15 de novembro

  • 00h30 – Antonia, de Carlos Hee - Sinopse: Vozes cruzadas de uma mãe – estilhaços de tempos distintos – acompanham dois momentos fundamentais na vida de seu filho: o primeiro dia de aula e o leito de morte. “Antonia”, desta forma, propõe uma reflexão acerca do feminino, da maternidade e do amor. Direção: Joaquim Gama e Bernadeth Alves Elenco: Dione Leal e Elen Londero.
  • 01h30 – Ordo ab Chaos, de Daniel Graziane - Sinopse: Um garoto foge da casa dos pais. Vai parar numa ilha só com crianças, na marcenaria da cidade e muitos outros lugares. Encontra a si mesmo construindo uma cabana na selva.  Um lugar isolado? É lá conhecerá “A SEITA” seus segredos e será convocado a passar pelo abismo. Direção: Daniel Graziane Elenco: Debora Oliveira, Igor Pushinov e Thiago Henrique.
  • 15h30 – As Crianças Estão Bem, de Hayaldo Copque Sinopse: Na sala, em meio a questões diversas – desde o movimento que dá mais prazer no sexo até o destino de um terreno –, dois irmãos dialogam e desvelam as pequenas crueldades da infância e das relações familiares. Direção: Douglas Lima.
  • 16h30 – O Fio Vermelho, de Celso Cruz - Sinopse: Uma sessão com o Dr. Wilhelm Reich, o pai das terapias corporais. A vida e a obra de um dos mais controversos analistas e ativistas do século XX, num encontro intenso e revelador. A Função do Orgasmo. A Análise do Caráter. A Energia Cósmica. Freud, Hitler, Stálin, Einstein, Eisenhower. Família e filhos. Paixões e utopias. As guerras. A prisão nos EUA. A matéria da dor e a energia da vida. Será que um fio vermelho ata as palavras, sonhos e atos de Reich, inventando novos caminhos para todos nós, as crianças do futuro?. Direção: Celso Cruz. Elenco: Carlos Rahal.
  • 17h30 – Saly, Saly, Saly, de Jarbas Capusso Filho - Sinopse: O cantor Carlos Parada tem seu camarim invadido por Washington, um fugitivo da polícia. O autor do sucesso "Lágrimas do Coração" dá conselhos ao jovem meliante, apaixonado por Saly, uma paraplégica que está prestes a se casar com outro homem. Direção: Renato Andrade Elenco: Gerson Almoster e Márcio Cardoso.
  • 18h30 – Só... entre Nós, de Franz Keppler - Sinopse: Uma história sobre o tempo e sobre o  amor  envolvendo um professor de música, sua mulher e seu aluno. Direção: Joca Andreazza Elenco: Marcia Nemer Jentzsch, Ricardo Henrique e Tiago Martelli.
  • 19h30 – A Escalada, de Antonio Rocco -Sinopse:  Em uma corrida de aventura, a “equipe verde” encontra um obstáculo quase intransponível. Direção: Antonio Rocco Elenco: Grupo  “Os amigos do próximo”.
  • 20h30 – Gestos de Amor, de Flavio Goldman - Sinopse: Sangue, suor e lágrimas? Isso não é nada! De acordo com os mais modernos métodos de gestão, as empresas devem exigir muito mais de seus funcionários: uma entrega completa, literalmente de corpo inteiro. Uma legítima relação de amor. Direção: Marco Antonio Pâmio. Elenco: Hugo Coelho e Rubens Caribé.
  • 21h30 – Ilhada Em Mim - Sylvia Plath, de Gabriela Mellão - Sinopse: Entregue em seu universo particular, um mundo habitado por lembranças e devaneios, a poetisa norte-americana Sylvia Plath materializa experiências reais e imaginárias, regida pela força destrutiva que orientou sua vida.Direção: André Guerreiro Lopes Elenco: Djin Sganzerla e Eduardo Mossri.
  • 22h30 –  Um Homem – Ato 2, de Rubens Rewald & Thais de Almeida Prado  - Sinopse: Na casa de Elena seu roomate acabou de fazer uma festa de aniversário. Todos os convidados estão bêbados e enlouquecidos e vão embora para uma balada deixando Elena sozinha no apartamento com toda a sujeira e bagunça. Ela olha para o apto desolada e repara que tem um homem dormindo no sofá. Direção: Rubens Rewald Elenco: Thais de Almeida Prado.
  • 23h30 – Peter Pã, de Roberto Alvim - Sinopse: Uma mulher procura seu filho, sem saber que ele está morto. Um menino vai ao encontro de um cadáver que bóia no rio, sem saber que trata-se de sua mãe, morta por afogamento. Vida e morte se confundem em um poema cênico sobre infância, velhice, maternidade, orfandade: encontrar-se e perder-se.Direção: Roberto Alvim Elenco: Bruno Ribeiro, Gabriela Ramos, Martina Gallarza, Renato Forner.

Sábado, 16 de novembro

  • 00h30 – “O Encontro”, de Celso Dossi Sinopse: A cena reúne três encontros inusitados que acontecem na cidade de São Paulo. Como quase tudo o que se ocorre nesta metrópole maluca, nada é o que parece ser. Direção: Fábio Ock  Elenco: Julia Bobrow, Fábio Penna e Tiago Leal.
  • 01h30 – “Tentativa sobre o Amor”, de Cláudia Maria de Vasconcellos Sinopse: Tentativa sobre o Amor é uma investigação sobre a possibilidade de inocência e compaixão em tempos de avidez. Uma estrangeira chega na cidade à noite e não entende o perigo que corre e por isso mesmo pode transformá-lo. Direção: Cláudia Maria de Vasconcellos Elenco: Vera Bonilha e Rosângela Frasão.
  • 15h30 – “A Verdadeira História de Santa Joana D´Arc”, de Renata Pallottini Sinopse: Não existe  uma história de Joana D'Arc, existem centenas. Por que não localizá-la no nosso mundo, entre os nossos problemas, para que ela possa indicar-nos um caminho? Direção: Marcella Piccin.
  • 16h30 – “Mofo”, de Maria Shu - Sinopse: Quando uma cidade é devastada por um furacão, o mofo é tudo o que resta a duas mulheres. Direção: Alex Araujo Elenco: Dione Carlos e Carolina Erschfeld. Sonoplastia: Carlos Ronchi.
  • 17h30 – “A Conquista da Peste”, de Evaldo Mocarzel - Sinopse: Sobre "A conquista da peste", de Mocarzel, o dramaturgo Luiz Alberto de Abreu diz que ficou “vivamente impressionado com a potência do discurso do personagem”. Direção: Óscar Cutello Elenco: Ivam Cabral.
  • 18h30 – “Nós”, de Renato Andrade - Sinopse: Ela é uma artista que encara a decadência da carreira. Ele é um sonhador desocupado. Os dois, às vésperas da separação,  lidam com suas diferenças e desatam angústias nunca ditas. Direção: Renato Andrade Elenco: Yheuriet Kalil e Tita Garcia.
  • 19h30 – “Paralaxe”, de Paula Autran Sinopse: Lá onde o amor encontra com a ciência o imprevisível pode acontecer. E acontece. Direção, Cenografia e Iluminação: Daniel Ribeiro Elenco: Danielle Lopes, Renata Giriolli, Daniel Calmon e Maurício Mascarenhas.
  • 20h30 – “Tempos de Marilyn”, de Sérgio Roveri - Sinopse: A peça combina fatos reais ocorridos na vida da atriz Marilyn Monroe com elementos fictícios surgidos de exercícios de improvisação e pesquisas para compor um painel fragmentado da vida de uma das mulheres mais famosas do século 20. Surgem em cena os momentos finais de seu casamento com o dramaturgo Arthur Miller, sua passagem por clínicas psiquiátricas e os constantes e já históricos atrasos aos sets de filmagens. A personagem que emerge deste jogo cênico reflete, obviamente, o modelo inatingível de beleza e sucesso representado pela atriz, mas não esconde as contradições de uma personalidade estilhaçada. Direção: José Roberto Jardim Atrizes-criadoras: Bia Borin, Debora Vivan e Priscila Oliveira.
  • 21h30 – “Um Gênio do qual se Desconfia”, de Vincent Villari. Adaptação: Vanessa Goulartt - Sinopse: Patapinho Verve decide ser escritor, mais do que escritor, um gênio. Sua obra acontece de forma retumbante entre a crítica literária. Mas ele escreve o que já foi escrito, sem saber da existência das obras anteriores. Sua trajetória meteórica surge do dia para noite, embora ele sempre tenha tido o desejo de viver de palavras. Sua ascenção é tão rápida quanto sua queda e sua vida jamais será a mesma. Direção: Dionísio Neto. Elenco: Vanessa Goulartt, Dionísio Neto e Tiago Martelli.
  • 22h30 – “Julgamento”, de Cristina Mutarelli - Sinopse: Condenada a ficar confinada num reformatório para loucos, Sofia, depois de anos de tratamento, será finalmente reavaliada por uma comissão que julgará se ela tem condições de ser liberada do encarceramento.Para garantir sua saída, ela foi treinada por uma coach comportamental que ensina seus clientes o que, é para a sociedade, o comportamento de um "normal", ou seja, de uma pessoa que tem condições de viver em sociedade. Durante a peça Sofia responde a todo tipo de perguntas da maneira mais educada possível. Direção: Marcia Abujamra Elenco: Cristina Mutarelli Assistente de direção: Lena Roque Trilha Sonora: Flávio Pereira Produção: Sarah Nasralla.
  • 23h30 – “Prólogo”, de Veronica Stigger - Sinopse:  Em 24 de agosto de 1984, nevou em Porto Alegre. Há mais de 70 anos não nevava na cidade. Houve quem dissesse que era o fim dos tempos. Direção: Henrique Stroeter Elenco: Fernanda Cunha.

Domingo, 17 de novembro

  • 00h30 – “Hello Facers”, de Otávio Martins - Sinopse: Hello Facers é uma peça escrita totalmente a partir da linguagem escrita nas redes sociais (facebook, twitter, instagram). Tendo como pano de fundo as manifestações de junho, o texto acompanha as postagens de um rapaz que decide participar dos protestos, e revela como as novas formas de comunicação influem para a compreensão dos fatos. Direção: Ruy Filho Elenco: Ana Carolina Marinho, Breno da Matta, Guilherme Gorski, Johnnas Oliva e Marina Morena.
  • 01h30 – “Pela Hora da Morte”, de Clovys Torres - Sinopse: Personagens discutem questoes corriqueiras enquanto preparam uma mudanca urgente. Entre pausas, poesia e devaneios, levam o publico a um passeio pela propria memoria, pautando a morte pra falar sobre a necessidade de estar presente em situacao. aos poucos, a historia se abre e ha a possibilidade de qualquer um, ou todos, ja terem morrido. Direção: Clovys Torres Elenco: Adriana Londono, Cristina Cavalcanti, Wagner Molina, Gabriela Alves e convidada.
  • 15h30 – “TURing, TURNing”, de Alessandro Toller - Sinopse: O matemático Alan Turing criptoanalisa sua vida e códigos alemães. Mas ele não passa de um bordado numa toalha de mesa de um astrólogo. Que não é outra coisa senão um cartaz num poste durante um ato de slut-shaming. Que, no fundo, é apenas uma tatuagem no cóccix de uma militante celebridade. Que... Direção: André Grynwask Elenco: Asnesio Bosnic, Natasha Karasek, Emiliano Favacho Trilha: André Grynwask e Alessandro Toller.
  • 16h30 – “Lúmen”, de Ricardo Marques - Sinopse: Um casal de atores convive num palco sem muito a esperar um do outro, ou do mundo. Falam sobre as suas expetativas e de como era bom quando não era assim. No fim das contas, terão sempre o teatro. Direção: Alvise Camozzi Elenco: Alvise Camozzi e Renata Hardy.
  • 17h30 – “O Mar Além”, de Guilherme Dearo - Sinopse: Dois amigos tentam juntar os cacos que sobraram de uma grande amizade e entender o que aconteceu com o amigo deles - que foi descobrir o que havia além mar e nunca mais voltou. Direção: XXX. Elenco: Thiago Mendonça, Fernanda Boechat, Henrique Mello e Samira Lochter.
  • 18h30 – “Aos Oito - Sua História”, de Lucianno Maza - Sinopse: Então você tem oito anos. Você é um garoto como os outros. Você mora em um apartamento velho no centro velho de uma cidade velha. Você tem uma mãe velha. Uma mãe velha num apartamento velho no centro velho de uma cidade velha. Você é novo. Você ainda não sabe das coisas da vida. Você ainda não sabe de nada. Direção: Lucianno Maza. Elenco: André Fusko Participação especial: Phedra De Cordoba.
  • 19h30 – “A Geometria do Absurdo”, de Marcio Aquiles - Sinopse: Gerald Thamos vive a surreal e ficticia experiencia de ser um motorista de onibus entrevistado e reproduzido em serie por seus proprios fantasmas. Direção: Mauricio Paroni de Castro Elenco: Marcelo Coelho, Marcelo Szykman, Raissa Peniche, Helena Magon, Thais Simi, Livio Tassan Mangina, Sylvia Soares, Zoe Barossi, Simone Limase e Marcio Aquiles.  Colaboração na criaçao cenica: Renata Bonvino e Bruna Kalil.
  • 20h30 – “Ninguém Vai Rir”, de Vinícius Piedade  (livremente inspirado em conto de Milan Kundera) - Sinopse: Obsessivo crítico de arte persegue outro crítico de arte em busca de aprovação de um artigo seu para uma revista importante. Direção e Elenco: Vinícius Piedade.
  • 21h30 –“Espelhos Paralelos”, de Lauro César Muniz - Sinopse: Espelhos Paralelos refletem ao infinito qualquer objeto colocado entre eles, animado ou inanimado. Independente da época e do espaço a situação mais corriqueira, de uma mulher esperando seu amado em uma estação ferroviária, terá uma reação  e uma emoção multiplicada, de forma enfadonha, ao infinito. Qualquer novidade que se apresente nessa relação de casais, por mais absurda que possa parecer na situação inicial, se tornará  banal,  quando levada ao infinito. Nada de novo. Trata-se de um exercício dramático, uma experiência sobre o velho teatro de vanguarda. Direção: Barbara Bruno Elenco: Paloma Duarte, Bruno Ferrari e Daniela Galli.
  • 22h30 - “Merde-merde / Bang-bang (Duchamp-au-West / Eastwood-au-France)”, de Bráulio Mantovani - Sinopse: A ideia de "Merde-merde / Bang-bang (Duchamp-au-West / Eastwood-au-France) veio da leitura do livro "The Power of Movies: How Screen and Mind Interact". Em um trecho, o autor -- Colin McGinn -- conta ter assistido, em Paris, a um filme com Clint Eastwood em que o personagem do pistoleiro durão entoava em perfeito francês: "Fermez la porte". Ri tanto que pensei: e se os personagens dos Westerns falassem o francês do meu francês preferido, Marcel Duchamp? Étant donnés: Marcel, Clint et Rrosé Selavy... Uma peça ready-made.. Direção: Pedro Granato. Elenco: Paula Cohen, Paulo Federal e Roney Facchini.

AUTOPEÇAS

O projeto “AutoPeças” propõe uma encenação inusitada: dentro de carros estacionados, em movimento ou nos mais improváveis lugares do centro do São Paulo serão interpretadas pequenas cenas de autores convidados. Ingressos: Tenda Bilheteria – Praça Roosevelt

  • Apneia – Sinopse: Eles só queriam sair da cidade surreal numa véspera de feriadão. Mas no meio do caminho deles havia um braço.Texto: Zen Salles Direção: Rafael Bicudo Elenco: Gabrielle Lopez e Jhe Oliveira Quando:  Sábado, 16/11 às 21h30 e 23h.
  • A Seita do Vazio – Sinopse: Três mulheres em busca de uma suposta instituição. Uma instituição ideal, uma casa de saberes onde o universo é relativizado e visto em desencanto. Três mulheres em busca. Texto e Direção: Marcio Tito Pellegrini Elenco: Renata Zettler, Su Norissada e Tuany Mancini Quando:  Sábado, 16/11  às 01h, 01h30 e 23h59 e Domingo, 17/11 às 0h30.
  • Manual de Sobrevivência para Aqueles que Não Sabem Dirigir – Sinopse: É como o próprio nome indica, uma peça-manual. Um manual de sobrevivência. Um desabafo-peça. Um bem-humorado tratado sobre a única pessoa da maior cidade da América Latina que não sabe dirigir.  Texto: Letícia Simões Direção: Robson Catalunha. Elenco: Dagoberto Feliz Quando: Quinta-feira, 14/11 às 23h59; Sexta-feira, 15/11 às 23h59 e Sábado, 16/11 às 23h59.
  • Noir  – Sinopse: Um cineasta perdeu a esposa. Ele pede a um amigo que leia em seu túmulo seus livros favoritos, estilo noir. Nada é simples. Texto, Direção e Elenco: Afonso Lima e Nanda Intelizano Quando:  Quinta-feira, 14/11 ás 20h e 20h30; Sexta-feira, 15/11, Sábado, 16/11 e Domingo, 17/11 às 18h, 18h30, 19h e 19h30.
  • Onã – Sinopse: Encontros entre figuras baseadas no mito bíblico de Onã, punido por Deus por ter se negado a fecundar a esposa ao preferir a masturbação. Texto: Dione Carlos Direção: Alex Araújo Elenco: Felipe Aidar e Zenaide Denardi Quando:  Sábado, 16/11 às 19h, 19h30, 20h e 20h30.
  • O Melhor Ainda Está Por Vir – Sinopse: Recém-casados, os noivos saem da igreja para a sessão de fotos e depois para a festa. No entanto, as coisas não saem conforme o planejado e eles vão descobrindo que não se conhecem tão bem quanto pensavam. Texto e Direção: Kiko Rieser. Elenco: Paula Cohen, Daniel Faleiros e José Roberto Jardim. Quando: Quinta-feira, 14/11 às 20h30 e 21h; Sexta-feira, 15/11 às 0h30, 01h, 21h, 21h30 e 23h59; Sábado às 0h30, 23h30 e 23h59 e Domingo às 0h30, 18h, 18h30, 20h e 20h30.
  • Roda, roda, roda BABUSKA  – Sinopse: Babuska é um show de inutilidades, variedades, amenidades, algumas utilidades, bizarrices, sexo e política. Trata-se de crítica social vista por meio da comédia. Texto e Direção: Viviane Figueiredo Elenco: Ruy Jobim Neto, Viviane Figueiredo e Babuskete Quando:  Sábado, 16/11  às 0h30, 0h45, 01h, 01h15 e 01h30 e Domingo, 17/11 às 0h30, 0h45, 01h, 01h15 e 01h30.
  • Bate-papo com Bob Sousa e Miguel Arcanjo Prado

CONEXÕES INTERNACIONAIS

Estreando este ano, o Projeto Conexões Internacionais nasce com uma missão ousada: conectar a Satyrianas com o mundo e o mundo com a Satyrianas, por meio da apresentação, via internet, de performances e espetáculos de artistas de outros países.

  • DÉPAYSEMENT <<EXTRAITS D’HIVER #89 (Paris) - Sinopse: A palavra francesa DÉPAYSEMENT não tem tradução literal para o português. Mas em termos gerais simboliza o sentimento de não pertencer a um país. Afinal, pertencemos a que lugar? Como nos tornar parte, de fato, de onde escolhemos para viver e nos inspirar? Dois atores e uma pequena "performance teatral", criada especialmente para o projeto: um francês de poucas palavras divide o palco com a atriz brasileira (atuando em  português) trazendo à tona monólogos internos. Duas pessoas de países diferentes, que não se conhecem, travam um diálogo com seu inverno interior. Após 89 dias de sua chegada à Paris, a atriz  apresenta a desconstrução de um sujeito (mútilplo) -  frente a um código de linguagem desconhecido. A impossibilidade de construir esse código pela fala, nesta outra língua, provoca confusão, horror, silêncio, beleza, ruído, conformismo e rara prospecção filosófica sobre o TEMPO, o ESPAÇO, o SUJEITO, a VIDA e produz muitas perguntas. Ausência e presença, testemunha reversa do real (marcada por desconhecidas sensações) que afeta e é afetada, produzindo transformações irreversíveis. A impossibilidade de ser compreendido - o maior obstáculo para quem atua no mundo e nos palcos gera quais des-confortos? Mise en Scène, Scénographie, Lumières et Costumes: Danielle Cabral. Avec: Danielle Cabral et Thomas Poitevin. Son: Raul Boudoin. Collaboration: Jonas Rama. Durée: 20 min. Quando: Quinta-feira, 14 de novembro, 23hs. Onde: Casa de Vidro.
  • Desdita (Portugal) - Desditas são deambulações de mãos dadas por onde os dias nos levam. Nesta primeira, a mando do coração, escolhemos o Zeca. Na próxima, o coração há de dizer. É ele quem diz. A nós cabe desdizer as palavras e os sons, despi-las e despi-los como quem os ama. A mando do coração que tudo diz. Música: Joaquim Pavão. Textos: Isabel Fernandes Pinto. Canções: Zeca Afonso. Poemas: Vários autores. Interpretação: Isabel Fernandes Pinto e Sofia Lemos. Grupo: Fugir do Medo Associação Cultural. Quando: Sexta-feira, 15/11, 20h. Onde: Casa de Vidro (Praça Roosevelt).
  • O Ciclo do Linho (Portugal) - Ao ritmo do ciclo do linho as voltas que dá o amor com o tempero das sonoridades da música tradicional portuguesa. Uma narrativa em teatro de papel para plateias intimistas de todas as idades. Texto e encenação: Ricardo Alves. Música tradicional portuguesa e temas originais: Alfredo Teixeira, Carlos Adolfo e Sérgio Carvalho. Direção plástica: Sandra Neves. Interpretação: Teresa Alpendurada. Grupo: Teatro da Marca Branca. Quando: Domingo, 17/11, 20h. Onde: Casa de Vidro (Praça Roosevelt).
  • Satyríase (Los Angeles) - Criada por Patricia Aguille e Raissa Peniche, Satyríase é uma experiência de total imersão sensorial. A companhia Chevaux Legers investiga todas as possibilidades de interação, texto, atores e público, estimulando um "mergulho" numa realidade alternativa. A literatura erótica é o ponto de partida de uma viagem transformadora para aquele que permite a entrega. Criação: Patricia Aguille e Raissa Peniche. Curadoria: Patricia Aguille, Raissa Peniche e Luiza Pastor. Produção: Chevaux Legers. Cenário: Otavio Azevedo. Elenco: Patricia Aguille, Raissa Peniche, Luiza Pastor, Adriana Viegas, Egbert Mesquita, Maurício Paroni, Danilo Amaral, Dexter, Maria Andrade, Magé Tititil, Sylvia Soares, Ricardo Cruz, Flavio Ferrari, Princesa e WZ. Textos: Patricia Aguille, Raissa Peniche, Luiza Pastor, Luiz Augusto Contador Borges, Maurício Paroni, Egbert Mesquita, Marquês de Sade, Bataille, Anais Nin, Gertrude Stein. Quando: Sábado 16/11 e domingo 17/11 às 01h00. Onde: Miniteatro. 18 anos.
  • Vientre (Montevidéu) - Espetáculo que experimenta, por meio da robótica e de novas tecnologias, as relações entre uma mulher/menina e sua mãe. Relações de poder, dor, falta de comunicação, falta de liberdade, de silêncio, de esquecimento... O espectador poderá manipular a atriz e os elementos cênicos através de diferentes dispositivos tecnológicos. O espetáculo terá conexão ao vivo com o Uruguai. Texto e Direção: Pablo Benítez Tiscornia. Elenco: Suzana Muniz (Brasil) e Florencia Lindner (Uruguai). Iluminação e efeitos visuais: Alfredo Laguarda. Quando: Domingo 17/11 às 18h. Onde: Satyros I. 18 anos.

HQMix

O HQMix está completando 25 anos. Para comemorar esta marca significativa, programou uma série de eventos e festas, em vários lugares, durante o ano. A Satyrianas de 2013 foi escolhida para dar início às comemorações. Durante os vários anos em que funcionou na Praça Roosevelt, a Livraria HQMix sempre participou do evento realizando parcerias memoráveis, como a Jam Session e Satyros em Quadrinhos. Para a Satyrianas 2013, o HQMIX terá a seguinte programação:

  • Jam Session - A ideia do projeto Jam Session é realizar uma única obra onde toda uma geração de desenhistas brasileiros participe, criando um importante registro dos grandes artistas da área. Uma história em quadrinhos coletiva e sem fim. No ponto em que um artista termina o outro continua e assim por diante, sempre mantendo as características pessoais de cada artista, integrando uma produção coletiva. Cada página será desenvolvida por um artista gráfico diferente, com seu estilo, técnica, processo de criação, argumento, roteiro e narrativa. Neste projeto, que teve início na Satyrianas de 2007, já passaram 437 artistas, entre eles, André Kitagawa, Fábio Moon, Fernando Gonsales, Fido Nesti, Floreal, Gabriel Bá, Guazzelli, Gustavo Duarte, Jal, Laerte, Laudo, Luiz Gê, Luke Ross, Rafael Coutinho, Rodolfo Zalla, Spacca, Zélio, Lourenço Mutarelli, Grampá, Marcatti, Onesto, Celso Gitahi, Orlando Pedroso e João Montanaro. Sem dúvida, o evento é a História em Quadrinhos com a participação do maior número de artistas em uma única HQ já feita no mundo. Nesta edição aumentamos este número, que já poderia constar do Livro dos Recordes.
  • Exposição - Satyros em Quadrinhos - Na Satyrianas de 2009 demos início a este projeto visando comemorar os 20 anos do Satyros. Na ocasião, artistas de teatro se confraternizaram com artistas dos quadrinhos criando uma obra inédita e em conjunto contando a trajetória histórica do grupo. O ponto de partida para estas 60 HQs foram trechos do livro “Cia. de Teatro Os Satyros - um Palco Visceral”, de Alberto Guzik. A obra foi esta finalizada e será lançada em breve um álbum com todas os quadrinhos.
  • Exposição - Fotos de André Bogdam com as várias customizações do Live Painting of The Giant Art realizadas na HQMIX Livraria.
  • Live Painting The Giant Toy Art, realizada pelo artista Guazzelli.
  • Lançamento dos cards de quadrinistas do HQMIX.
  • Noite de autógrafos com artistas consagrados, e revelações, da cena HQ independente.
  • Livraria HQMIX.
  • DJs e música ambiente.
  • Palestras e bate-papos.
  • Gincana com prêmios para quem trouxer a revista EM quadrinhos mais antiga.
  • Caricaturistas ao vivo desenhando o público presente.

Sarau O Levante

“O Levante” na Praça Roosevelt - Depois de junho de 2011, a Rua Suacuapara nunca mais foi a mesma. Foi neste período que o Coletivo Marginaliaria realizou a primeira edição do Sarau O Levante. Pouco tempo depois o sarau, ou a “reunião de amigos”, foi transferida para outro local muito próximo, o Urbanos´s Bar, localizado na Rua Santa Rosa de Lima, 197A. Realizado mensalmente, em 2012, a atividade foi aprovada pelo Programa de Valorização de Atividades Culturais (VAI).  Mais uma vez aprovado pelo VAI, em 2013, o Levante vai às ruas e promete sacudir a rua conhecida como "Rua do Crime". Atividade cultural do Coletivo Marginaliaria, desenvolvida desde 2011 em São Miguel Paulista, Zona Leste de São Paulo, reúne a cultura de rua e a cultura periférica em um dia inteiro de atividades das mais variadas linguagens artísticas, mensalmente. Nesta edição O Levante invade a Satyrianas, confira:

Domingo, 17 de novembro - Tenda de Música

  • 12h: Discotecagem
  • DJ Thiago Soares - Rock It: set musical de Rock contemporâneo.            
  • Primeira bateria do King Size Game of Skate Praça Roosevelt. Jurado Convidado: Skatista Lucas Oliveira.
  • Início da grafitagem dos painéis de madeirite
  • Exposição das roupas do Coletivo Abayomi Atêlie.
  • 13h:  Banda Jah Armonia – Reggae
  • 14h:  Discotecagem - Dj Jesu - Mista Fire - Set Musical de música jamaicana undeground (Ragga, Rock Stead, Ska)
  • Segunda Bateria de King Size Game of Skate Praça Roosevelt. Jurado Convidado : Lucas Oliveira
  • 15h:  Mic Azausky – Hip Hop
  • 16h: Discotecagem - Dj Negrito – Set Musical de Rap, Soul, Nu Jazz, e Funk Soul.
  • Final do Campeonato King Size Game of Skate Praça Roosvelt - Jurado Convidado: Lucas Oliveira.
  • 17h:Microfone Aberto com convidado Aloysio Letra - MPB
  • Banda Residente – Coletivo Marginaliaria
  • 18h: Encerramento
  • Corpo técnico da atividade - Apresentador e Diretor Geral: Andrio Candido – Coletivo Cultural Margialiaria.
  • Andrio Candido é ator, escritor e professor de historia, fundador do coletivo cultural marginaliaria, lançou uma antologia literaria, “Antologia Marginal Baseado de Ponta” , um dvd musical – Cenopoesiamusicada Marginal, e atualmente escreveu o roteiro e produz o longa-metragem colaborativo Um Salve Doutor. Idealizou o Levante em 2010 e passou a realiza-lo em 2011 junto com o coletivo que fundou.
  • Dj Negrito  - Coletivo João de Barro Estudio
  • Coletivo Estudio João de Barro é um estudio de criação sonora contruido com materias que seriam descartados e sendo utilizados para a aquisição de uma acustica profissional, alinhando assim, conceitos de sustentabilidade e renovação de fontes de energia e de vida, em seus próprios trabalhos. Artevidadiva é um exemplo claro da pratica deste trabalho, uma coletanea de musica autentica, autoral e toda composta por fazedores de cultura periferica
  • Dj Tiago Soares: Rock It
  • Dj Jesu: Mistafire
  • Jurado do King Size Game of Skate: skatista categoria amador Lucas Oliveira
  • Grafiteiras e Expositoras: Pamela Rosa, Lais Lamah e Marisa Souza – Coletivo Abayomi Ateliê.
  • Abayomi Atelie é um coletivo formado por tres jovens mulheres grafiteiras, rimadoras, que criam roupas e figurinos com a proposta de ao produzir cultura, alinhar elementos que se referem a resgate etnico afro abrasileiro, indigena e nordestino.Imbuidas de pesquisa ritmica e cultural, ambas escrevem versos e grafitam maracatus e favelas, referencia  da assumida influencia destas, o movimento mangue beat.
Andreia Dias - cantora
A paulistana Andreia Dias (Foto: divulgação)

Residência Fora do Eixo

Dando continuidade a relação estabelecida com os Satyros em Cabo Verde - África, a rede colaborativa de coletivos Fora do Eixo, com curadoria de Gabriela Veiga e Gabriel Ruiz, fará uma residência na Satyrianas. Um dos objetivos do encontro no continente africano foi o intercâmbio no teatro, o que dialoga muito com a plataforma do FDE. A residência conta com atrações musicais de bandas de São Paulo parceiras do coletivo, como o trio que Daniel Scandurra, atual integrante da casa FDE - SP, faz parte; Germana Guilhermme, também parceira, e Juca Culatra, parceiro de Belém do Pará que vem acompanhado da Banda Strobo. A programação contará também com a apresentação do espetáculo paulistano que está em turnê nacional/internacional, "4 ESTAÇÕES". E para concretizar  os diálogos globais estabelecidos em Cabo Verde, teremos a participação dos cabo-verdianos do Centro Cultural Português de Mindelo, que trarão para a Satyrianas o espetáculo "Teorema do Silêncio". Fora do Eixo e Satyros, juntos, alimentando as conexões.

Sábado, 16 de novembro

  • 13h - Batalha Santa Cruz
  • 14h - Banda EuEuEu - Trio composto por Bruno Schiavo, Francisco França e Daniel Scandurra
  • 15h30 - Andreia Dias
  • 17h - Germanna Guilhermme
  • 18h30 - JExuca Culatra + Banda Strobo - Juca Culatra, músico de Belém do Pará, vem acompanhado pela Banda Strobo, dupla formada por Léo Chermont (Guitarra e Efeitos) e Arthur Kunz (Bateria e Programações)

Exposição

  • "Vendo", exposição de Daniel Scandurra - Onde: Tenda de Música.
  • Exposição de Fotos Mídia Ninja - Mídia Ninja (sigla para Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação), é um grupo de mídia formado em 2011. Onde: Tenda de Música. Exposição permanente.
  • Instalação: Móbile Sonoro – Instalação de Daniel Scandurra - Com o nome de "Móbile Sonoro" a instalação consiste placas de acrílico translúcidas em cores primárias penduradas em cabo de aço, roldanas e rodadores de pesca. As placas são dispostas de modo que se sobreponham e criem as cores secundárias conforme ponto de vista. A instalação originalmente possibilita a determinação da altura das placas em relação ao chão pelo público, mas isso depende da estrutura em que for instalada. Tem "sonoro" no nome porque parte de uma pesquisa entitulada "partintura" onde a instalação pode ser vista como uma partitura a ser interpretada pelos olhos e ouvidos livres. Onde: Tenda de Música. Instalação permanente.

Debate

  • PÓS TV - A Pós TV é a verdadeira TV aberta onde não existe censura. As pessoas falam livremente e não depende de patrocínio. O patrocinador é o povo, as entidades e os movimentos sociais. Onde: Satyros Um. 21h – José Celso Martinez Corrêa e Ivam Cabral e  22h – Claudio Prado

Teatro

  • 23h30 - O Teorema do Silêncio, um texto escrito para e no processo de ser representado (eminentemente colectivo, embora apareça assinada em meu nome), resulta acima de tudo de um desafio de João (a quem agradeço um crédito maior do que talvez prometa a minha alma humana). Texto: Caplan Neves. Encenação, Cenografia e Direção Artística: João Branco. Interpretação: Fonseca Soares e Janaina Alves. Desenho de Luz: Edson Fortes. Fotografia: Tchitche – Photo Gira. Design do Cartaz: Neu Lopes. Onde: Espaço dos Satyros II.
  • 23h59 - “4 ESTAÇÕES” - A peça é constituída por quatro histórias diferentes, mas com alguns pontos de contato. Com: Gabriela Veiga e Vinícius Piedade. Direção: Vinícius Piedade. Assistência de direção: Simone Carleto. Som: Will Saint Claire. Onde: Satyros I.
  • Multiversos - Grupo Sensus -  uma performance “ambulante”. Argumento e Direção: Thereza Piffer. Roteiro: Juliano Hollivier, Nina Marquetti e Thereza Piffer. Textos: Nina Marquetti e Juliano Hollivier. Elenco: Grupo Sensus. Produção: Grupo Sensus. Quando: Dias 14, 15, 16 e 17 de novembro, das 20h30 às 22h30 e das 23h às 01h. Onde: Tenda Sensorial (Praça Roosevelt).

Programação Musical

  • Agna Maria e Rubya Caroline - Quando: Domingo, 17/11, 20h30. Onde: Satyros III. Livre.
  • Aos “Baiano e os Novos Caetanos” - Direção: Gero Camilo. Participações: Tata Fernandes e Rubi. Equipe técnica: Karine Spuri (iluminação), Edu Garcia (técnico de som). Figurinos: Paula Cohen. Produção: Flavia Correia, Talita Vecchia. Quando: Sexta-feira, 15/11, 23h.  Onde: Tenda de Música.
  • Caldeirão do Negão – Casa das Caldeiras & Instituto Feira Preta apresentam Caldeirão do Negão. Quando: Domingo 17/11 às 15h00. Onde: Casa das Caldeiras. Grátis. Livre.
  • Canções Fatais - Cida Moreira e João Leopoldo - Voz e Piano: Cida Moreira e João Leopoldo. Direção, cenário e iluminação: Humberto Vieira. Quando: Quinta-feira, 14/11, 21h30. Onde: Satyros III.
  • Hip Hop 83 - Venha relembrar os tempos da São Bento. Quando: Sábado 16/11 de 16h às 22h. Onde: Matilha Cultural.
  • Jazz Notas Reais - Happy hour com Walmir Gil e convidados. Quando: Quinta-feira 14/11 de 19h às 22h30. Onde: Matilha Cultural.
  • Le Dancê Brazyl! - Músicas: Naomy Schölling. Trilhas: Rodrigo Gava e Naomy. Guitarra: Magno Ascime. Quando: Domingo,17/11-às 20:00 Onde: Tenda de Teatro. Classificação: 14 anos.
  • Loop B e Caco Pontes - Quando: Sábado,16/11, 18h.  Onde: Tenda de Teatro
  • Nu Balde – Um trabalho músico/ performático de rua que consiste na utilização de materiais recicláveis e elementos do espaço físico urbano para obtenção de sonoridades. “Ressignificados. Eles pulsam vivos percutindo uma inquietação. Quando: Sexta-feira, 15/11, 15h. Onde: Praça Roosevelt. Livre.
  • Projeto Owl - O Projeto Owl é formado por apenas um músico que equipado com loopstation e pedais para guitarra, mistura elementos eletrônicos aos saxofones e flautas, transformando e abrindo os horizontes dos instrumentos de sopro. Autor: Eramir Neto. Produtora: Nicole Velloso Marangoni. Quando: Sexta-feira, 15/11, 19h. Onde: Praça Roosevelt. Livre.
  • Reflexões sobre O Segundo Sexo - Vanessa Bumagny - Quando: Quinta-feira, 14/11, 23h; Sexta-feira, 15/11, 21h; Sábado, 16/11, 22h30 e domingo, 17/11, 22h. Onde: Tenda de Música.
  • Saco de Ratos - A banda também recria músicas de Roberto Carlos, Barão Vermelho e Itamar Assumpção. Vocal: Mário Bortolotto. Guitarras: Fabio Brum e Marcelo Watanabe. Baixo: Fábio Pagotto. Bateria: Rick Vecchione. Rold: Ayala Alvarez. Produção Executiva: Dani Dezan. Quando: Sábado, 16/11, 21h. Onde: Tenda de Música.
  • Santo Menino Vagabundo -  Quando: Sábado, 16/11, 23h. Onde: Satyros III. Classificação: Livre
  • Vitrine Parlapatões Especial Satyrianas - Show de Amanda Yamada, Fabrício Oliveira e Wallace Kyoskys - Quando: Sábado 16/11 às 17h30. Onde: Espaço Parlapatões.
  • Vitrine Parlapatões Especial Satyrianas - Sarau AP71 Habita - Arthur Krokovec Tenca, Daniel Brou, Desa Pauline, Edu Sereno e San Leite comandam o AP71 Habita em sua quinta edição, desta vez no Espaço Parlapatões. O show trará textos e canções dos artistas que frequentam o Habita que em todas as edições recebe muitos músicos do novo cenário musical paulistano. Quando: Domingo 17/11 às 17h30. Onde: Espaço Parlapatões.
  • Encerramento - Para aqueles que sobreviveram depois das 78 horas de espetáculos de teatro, dança, shows, performance, debates, exposições e bate-papos, preparamos uma programação especial, com direito a mais um show (o último, prometemos), uma festinha infantil com direito a balas e doces, a eleição da nova Garota(delícia)Satyrianas e uma boa GAMBIARRA!

Domingo, 17 de novembro

  • 22h30 - Podem vaiar Agora! - Pocket show com o ator Thiago Mendonça que, no cinema, deu vida ao roqueiro legionário Renato Russo. Neste show estilo garagem, Thiago Mendonça e mais os artistas Bruno Boaro, José Sampaio, Pedro Blanco e Raphael Bontempi interpretam sucessos do Rock Brasiliense dos anos 80. Elenco:  Thiago Mendonça – voz, Bruno Boaro – Guitarra, José Sampaio – Bateria, Raphael Bontempi – Baixo, Pedro Blanco – Guitarra. Onde: Satyros III. Livre.
  • 23h15 – Entrega dos troféus do “Grande Prêmio ‘Os Mais Mais’ da Semana da Criança” 1ª Edição Foram dias de ansiedade e insônia para a qualificada comissão. Local: Espaço dos Satyros III. Livre.
  • 23h30 - Garota Satyrianas - Eleição, por meio de voto popular, da nova Garota(delícia)Satyrianas. Local: Espaço dos Satyros III. Livre.
  • 23h59 - Festa de Encerramento - GAMBIARRA  A FESTA! -  Onde: Open Bar Club.

ÔNIBUS M364

O M364 é um coletivo de artistas itinerante que utiliza um ônibus como moradia de alguns membros e palco de suas apresentações. O ônibus em si pode ser considerado uma instalação, do artista Loro Verz.

Quinta-feira, 14 de Novembro

  • 20h - Jantar Performático - Instalação performática - um jantar comemorativo que será realizado na parte superior (teto) do ônibus, numa mistura de ficção e realidade. Com Steves Hiandrey e convidados. Duração: 2 horas.
  • 23h - Faca que não Corta - Monólogo em que uma noiva, prestes a realizar seu maior sonho, que é o casamento, divide com o publico suas angustias e devaneios. Exercício cênico realizado pela atriz Izabel Lima, a partir das oficinas culturais, na Fundação Casa e de fragmentos literários de textos de Carlos  Drummond de Andrade e do poema Os Três Mal-Amados, de João Cabral de Melo. Direção e elenco: Izabel Lima. Duração: 40 minutos.

Sexta-feira, 15 de Novembro

  • 20h - Historias que sua mãe (não!) contou - Contação de Historias. Em um espaço delimitado, em frente ao ônibus, será estendido um tapete com diversos títulos da literatura, numa abordagem individual e intimista, oferecendo leituras de diferentes gêneros literários: histórias, contos, poesia, poemas, crônicas, etc.. O título deverá ser escolhido pelo ouvinte. Será facultativo ao ouvinte ouvir a  historia inteira, ou interrompe-la à seu gosto.Neste momento fica aberto para devolutivas, caso a pessoa queira relatar algo.Direção e elenco: Eliana Bach e Rosa. Livre.

Sábado, 16 de Novembro 

  • 17h - Historias Bem Contadas ou O Sumiço do Joãozinho (Leitura dramática) - Texto e direção: Cia dos Clownstrofóbicos. Elenco: Eliana Bach, Rosa e Carina Gotardelo. Duração: 40 minutos. Livre.
  • 22h - Na Garagem - Bailinho dos anos 80 e 90 - Performance interativa. Criação e elenco: Coletivo M364. Participação do publico em geral.
  • 23h -  PLÁG!US – Edições, reedições, leituras, releituras. Direção e elenco: Izabel Lima e Valter Nu. Duração: 40 minutos.

 Domingo, 17 de Novembro

  • 18h - Historias que sua mãe (não!) contou - Intervenção. Direção e Elenco: Eliana Bach – Rosa.
  • 20h - Luxúria - Leitura dramática com Eliana Bach. Direção: Tadeu Loppara. Duração: 40 minutos.

OUVI CONTAR

Ingressos: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt

  • Um lugar para a solidão de Cecilia Bilanski. Cinco personagens forçados a habitar uma enigmática montanha. Cada um deles, confrontados com si mesmos. Não há tempo para o equivoco. A verdade deve trasbordar para a superfície. Direção: Douglas Lima. Elenco: Isabela Delambert, Nina Denobile, Nanda Intelizano, Zé Motta, Douglas Lima. Quando: Sábado 16/11 às 15h (10 espectadores) e às 17h (30 espectadores).
  • Tríade do Silêncio de Fábio Melo. Nem tudo que é dito e respondido é escutado. Uma partitura que pode ser tocada mas não ouvida. Dois ou mais falam mas não conversam. Não há acordos, só acordes. O provocante som do que não se escuta. Direção: Fábio Melo. Atores: Danilo Dal Lago, Leonardo Oliveira, Simone Pierri. Quando: Sexta-feira 15/11 às 16h (6 espectadores) e Domingo 17/11 às 19h (8 espectadores).
  • A Última Noite de Nina D'Antonio. Festa e depois a rua e na rua sete anos. Depois de trabalharem juntos por sete anos, os atores Erin e Oliver saem pela noite tentando evitar a despedida e resumir os anos em uma última noite, em uma conversa que tem hora marcada para terminar: cinco horas da manhã. Direção: Rafael Dias Gomes. Atores: Alex Aino e Douglas Lima. Quando: Sábado, 16/11 às 19h (8 espectadores) e Domingo 17/11 às 15h (10 espectadores).
  • Contra o Jazz de Viviane Roesil. Jovem músico é reverenciado pela crítica e idolatrado pelos fãs. Durante uma entrevista, tem expostos seus meios nada convencionais de composição, e acaba mostrando que toda sua inspiração surge de forma cruel. Direção: Victor Hugo Valois. Atores: Asnésio Bosnic, Stella Menz, Anah Laise e Juan Manuel Telategui. Quando: Sexta-feira 15/11 às 14h (10 espectadores) e às 17h (10 espectadores).
  • Corpo Fora de Ordem de Gabriela Ghetti. Quando um cruzamento é bloqueado por causa de um brutal assassinato, a vida de seis mulheres se entrelaça e revela como o íntimo e o público se confundem. Direção: Talita Rosa. Elenco: Vivian Valenti Petri, Maria Shu, Carol Carolina, Débora Ribeiro, Fernanda Otaviano, Juliana Ostini, Cristiano Alfer. Quando: Domingo 17/11 às 16h (20 espectadores).
  • ENTReNóS de Jairo C. Alves. Os desafios de contar uma história são discutidos em uma mesa de pôquer. Diretor: Paulo Araújo. Elenco: Herácliton Caleb, Antônio de Salles, Filipe S. Pereira. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 15h (30 espectadores) e Sábado, 16/11 às 17h (10 espectadores).

PERFORMANCES

  • #experimento#rua#fase1 - As estátuas de nossa cidade mostram o império dos poderes condicionados em nós. Texto: O Grupo. Direção: José Sampaio. Elenco: Marco Mariano, Carlos Jordão, Paulo Matias, Letícia Gomes, Vinícius Tabarini, Tom Rocha, Mariana Zóboli, Allan Dourado, Rafa Gif, Carlos Mourão e Meire Melo. Quando: Sábado, 16/11 às 16h30. Onde: Praça Roosevelt. 14 anos.
  • A Boa Crise - Palestra / Work In Progress - O objetivo do trabalho é levantar hipóteses sobre os benefícios trazidos pelas crises nos âmbitos dramatúrgicos, estéticos-teatrais, de grupos e pessoais. Nesse campo, Michel vai relatar suas experiências de cadeirante na profissão, crises financeiras, dança (sobre o período que fez o espetáculo Via Sem Regra), curiosidades dos quiproquos em suas duas viagens à Europa, suas crises afetivas e sexuais.Concepção e atuação: Michel Fernandes. Supervisão geral e direção: Elias Andreato. Quando: Sábado, 16/11, 01h. Onde: Satyros III.
  • Corpos em Fluxo - Diferentes corpos se misturam na cidade, passam e re-significam lugares. Texto: O grupo. Direção: José Sampaio. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 18h. Onde: Praça Roosevelt. Livre.
  • Dança Comigo?_ ou a geladeira - Delicadamente provocadora, a artista se propõe a dançar com totais desconhecidos, aceitando um simples "sim" ou "não" ao convite de bailar. Criando novos laços, novos fios condutores: de amor, amizade, energia! É na verdade uma grande busca de novos/velhos valores, em tempos de tanta tecnologia, de virtualização e distância. Onde momentos tão simples podem gerar impacto e sensibilidade. Caso contrário em breve teremos por companhia somente nossas televisões, liquidificadores e geladeiras. Texto, Direção e Elenco: Samanta Olm.  Quando: Domingo, 17/11 às 19h30. Onde: Praça Roosevelt. Livre.
  • Doce Paraíso - Vicentinho recebe ligações de um anônimo, alertando de uma possível traição de sua mulher, Bruna. Inspirado nas obras de Nelson Rodrigues, Jô Bilac traz essa ressignificação da passionalidade do universo carioca do final do século passado. Texto: Jô Bilac. Direção: Pedro Machado Granato. Elenco: Ed Moraes e daphne Bozaski. Quando: Domingo, 17/11 às 22h Onde: Bar do Satyros I. 16 anos.
  • Ensaio para uma mensagem qualquer - .Quando: Sábado, 16/11 às 15h e às 17h. Onde: Satyros I
  • Espiando Pequenas Histórias Sob Duas Rodas - O projeto Ciclistas Bonequeiros é a junção de arte, consciência urbana e meio ambiente. Artistas munidos de suas habilidade plásticas e cênicas, e sob um meio de transporte alternativo e sustentável, a bicicleta. Texto: O grupo. Direção: Gustavo Guimarães Gonçalves. Elenco: Gabriela Fiorentino, Lucciano Franco. Quando: Sábado, 16/11 às 18h30. Onde: Praça Roosevelt.  Livre.
  • Eu e Ela -  Uma performance inédita do Coletivo Pi, em que duas mulheres  se relacionam trocando objetos, roupas, fluídos que carregam consigo. A exploração do universo feminino e dos signos que representam a mulher permeiam as ações. Texto: criação coletiva. Direção: sem direção. Elenco: Pâmella Cruz, Priscilla Toscano.  Quando: Sexta- feira, 15/11 às 19h30. Onde: Tenda Teatro. 16 anos.
  • EuPresente – Corpos presentes. Uma cor que habita um embrulho. Um corpo que habita uma cor. Um presente que habita um espaço. Direção: Roberto Audio. Elenco: Dyl Pires, Tadeu Ibarra, Luana Ostan, Guilherme Smidi, Alexandre Quintas, Andressa Crossetti, Flavio Monteiro, Juliana Pina, Patricia Sampaio, Diego Pinotti, Maria Fernanda Gagliardi, Rogerio Marcon, Mariana Machado, Bruna Brito, José Luis de Carvalho e Fatima Paulino. Quando: Sábado 16/11, às 22h. Onde: Praça Roosevelt.
  • Gohonzon - Performance baseada no ato de se olhar ao espelho, onde o espelho é simbolizado por outra persona. - As performers idealizaram este trabalho durante a oficina do Satyros Módulo Performático, onde se escollheram pelo fato de terem se incomodado uma com a outra. Assim, desenvolveram este projeto baseado nos próprios incômodos que, aos poucos, descobriram que eram semelhantes. Texto, Direção e Elenco: Daniele Oliveira e Gabriela Pas. Quando: sexta-feira, 15/11 às 22h. Onde: Praça Roosevelt. Livre.
  • Green - Performance fake neo-tropicalista que trabalha o olhar estrangeirista de si mesmo, engolindo para subverter. Texto: Thais Di Marco e Sofia Tsirakis. Direção: Thais Di Marco e Sofia Tsirakis. Elenco: Sofia Tsirakis e Thais Di Marco. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 19h30 . Onde: Satyros I. 18 anos.
  • In<Ctrl>Me ou Mecanismos Pra Minimizar Solidão: espetáculo performativo que trata dos mecanismos-equipamentos-aplicativos de caça e conquista, da necessidade do prazer imediato e do corpo como objeto de consumo; no ciclo-vicioso-interminável-insaciável dos amores virtuais. Direção: Robson Catalunha. Supervisão: Rodolfo García Vázquez. Elenco: Aline Souza, Amanda Alencar, Ana Carolina Souza, Anaterra Ribeiro, André Alencar, André Dallan, Antônio Marques, Diego Chimenes, Dico Paz, Ediceu de Carvalho, Fábio Franco, Fábio Lopes, Felipe Reis, Gabriel Fabosa, Giovanna Romanelli, Jeanne Gerin, Michel Oliveira, Pedro Blanco, Rodrigo Vieira e Tamara Pinheiro. Quando: 15 e 16 de novembro, 16hs. Onde: Satyros II.
  • Lumus - O trabalho põe em cena a trajetória de personagens fruto da dramaturgia gerada no próprio grupo. Elenco: Jones Mota, Juma Mascarenhas, Daniel Moreno, Marcus Lobo, Jonatas Pinheiro, Izabella Valverde, Carla Lucena e Amanda Maia. Quando: Domingo, 17/11 às 02h30. Onde: Satyros I. 18 anos.
  • Mobiliários - A peça, composta de quatro cenas, foi desenvolvida a partir de estudos sobre objetos presentes em uma loja de móveis da avenida São João, em frente ao famigerado Minhocão. Ao falar sobre os objetos, o espetáculo reflete também sobre as mazelas da metrópole e a ação do tempo sobre espaços urbanos e pessoas. Como é a proposta do grupo, as cenas são moduladas conforme o espaço em que são apresentadas e as situações do momento do espetáculo, em um misto de teatro e performance. Texto: João de Freitas. Direção: Vanessa Frisso. Elenco: Lucas França, Mayra Bertazzoni, Sandra Vilchez, Valmir Martins. Quando: Domingo, 17/11 às 21h30.  Onde: Satyros I. Livre
  • Olho Preto - Performance individual baseada em questões existenciais da artista tendo como ponto de partida suas inquietações em diálogo com o texto Teatro dos Ouvidos, de Valere Novarina. Texto: Karina jacob. Direção: Karina Jacob. Elenco: Karina Jacob.  Quando: Sábado, 16/11  às 16h00. Onde: SP Escola de Teatro - Sede Roosevelt. Livre.
  • Palco de Bonecos - Essa forma de atuação constitui-se em enorme gama de possibilidades criativas, com pouca exigência cenográfica, uma vez que o ator é o seu próprio ambiente teatral. Homenageando nomes consagrados da cultura brasileira. Valendo-se da imagem que remete às caricaturas, o ator cria um clima tragicômico em suas apresentações que podem ser feitas de forma dinâmica e interativa. Texto, Direção e Elenco: Luís Mauricio. Quando: Quinta-feira, 14/11 às21h; Sexta-feira, 15/11 às 21h e Sábado, 16/11 às 21h30. Onde: Praça Roosevelt.   Livre.
  • Pocket Freak Show - A estrutura dos freak shows serve de modelo e pretexto para experiências na busca por perceber quais corpos supostamente anômalos, surgem da hibridização entre palavra e imagem, entre mídia e linguagem, da simbiose entre performers, da liminaridade entre natural e artificial, entre poesia e prosa, entre performance e literatura, entre cênico e visual, corpos como excesso e como exceção, para além ou aquém de usuais taxonomias. Elenco: Eduardo Baumann e Melanie Peter.  Quando: Sexta-feira, 15/11 às 20h. Onde: Praça Roosevelt. 18 anos.
  • Varre Dor de Vadiagem - Um varredor de rua vive seu oficio num contato íntimo, grotesco, lírico com seus espectadores-personagens, que aqui vivenciaram e participaram com significância de toda uma reinventada passagem de vida deste brincante varredor. Texto e Direção: Rodrigo Romão Batista. Elenco: Rodrigo Romão Batista e Dani Dias. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 16h30. Onde: Praça Roosevelt. Livre.

SATYRIANINHAS

A Satyrianinhas inclui espetáculos de teatro infantil, para a criançada se divertir e aprender. São peças inscritas no evento por grupos de São Paulo e outros estados que serão apresentadas na Praça Roosevelt bem como espetáculos em cartaz em diversos teatros da cidade.

  • 1ª Colegassão de Palhaças Fabulosas da Velha Guarda & Infiltrados - Um espetáculo que reúne grandes esquetes clássicos, meio esquecidos hoje em dia, tais como a porta da morte, as cadeiras, e outras. Constitui-se em um trabalho de pesquisa  orquestrada por Verônica Tamaoki e seu acervo, e também pelas vivências dos próprios artistas. Repare que em meio ao elenco de palhaças, um homem compõe o time, o que suscitará muitas confusões, já que ele está infiltrado nessa formação feminina. Texto: Viviane Figueiredo & amigos.  Direção: Verônica Tamaoki. Elenco: Cássia Venturelli, Elaine Frere, Mirtes Ladeira, Paulo Caverna, Viviane Figueiredo. Quando: Sábado, 16/11 às 17h30. Onde: Tenda de Teatro. Livre.
  • A Menina Que Sonhava Em Ter A Lua - Mesmo a lua sendo longe e fria, a mamãe de Lilika contava historias aterrorizantes para ela desanimar e a garota insistia em querer a lua fria e distante.Durante esta caminhada a menina se depara com situações fantásticas de tristezas e superações. Uma intervenção encenada com momento de cantos e sonoplastia de instrumentos tudo ao vivo. Direção e texto: Angrei Fiel. Elenco: André Jesus, Leticia Rosseto, Eduardo Montanari, Angrei Fiel, Salomão Polegar, Vivian Zanelli.  Quando: Sexta-feira, 15/11  às 16h.  Onde: Tenda de Teatro. Livre
  • Brinca Comigo Na Rua Dos CATAVENTOS - Combina elementos de comédia e romance, tentando demonstrar a fragilidade do homem e a força bruta dos seus próprios sentimentos os quais se personificam. Direção: Elias Miguel e Jaime Sebastian. Elenco: Adrielly Barros, Airton Santos, Akira Sensei; César Pereira, Elias Miguel, Gaby Mendez, Giovani Martins, Liliana Romero, Stella Giuntini. Quando: Sábado, 16/11 e Domingo, 17/11 às 16h. Onde: Teatro do Ator. 7 anos.
  • Brincar de Pensar - Brincar de Pensar é um espetáculo inédito criado a partir de oito contos e/ou crônicas de Lispector: Felicidade Clandestina; Restos do Carnaval; Come, Meu Filho; Uma Esperança; Sou Uma Pergunta; Das Vantagens de ser Bobo; Se Eu Fosse Eu e Brincar de Pensar, que compõem o espetáculo, trazem em comum as memórias da infância e devaneios próprios de todas as idades. Suas narrativas de prosa poética contam memórias e situações cotidianas normalmente vividas por crianças e adultos (como pedir um livro emprestado, vestir-se para um baile de carnaval, ou observar um inseto em cima de um quadro) quando, subitamente, presenciam um evento que ilumina a vida. Direção: Vanessa Bruno. Apoio dramatúrgico: Michelle Ferreira. Elenco: Isabel Wilker, Livia Vilela e Cesar Genaro. Quando: Sábado 16/11 às 18h00. Onde: Teatro MuBE Nova Cultural. Entrada Pague quanto puder (R$ 5, 10, 20 ou Grátis). 7 anos.
  • Buba no Mundo das Cantigas - Deu a louca no Marcha Soldado! Ele acha que as crianças não gostam mais de cantar cantigas de roda e escondeu todas. Para convencê-lo de que está errado, Buba, uma boneca muito esperta, pede ajuda para as crianças e juntas buscam pistas e procuram lembrar das cantigas e convencer o Marcha Soldado de que sim, elas não só lembram como se divertem muito com elas. Texto, Direção e Elenco: Trupe Parafraseando. Quando:  Domingo, 17/11 às 16h30. Onde: Praça. Livre.
  • De Onde o Sol se Esconde - Histórias do Japão - “BOBO SABURO” - é um menino que recebe esse apelido porque sempre faz coisas muito tolas. “A DANÇA DO MACACO E DO PARDAL” - um casal de velhos lenhadores vive aventuras. “A PRINCESA E O VASO” - a mãe da princesa, muito doente, coloca um vaso na cabeça da filha, prometendo que aquilo lhe traria muitas felicidades. “O CASAMENTO DA RATINHA” - um casal de ratinhos deseja que sua linda filha se case com o ser mais poderoso do mundo. Ao longo do espetáculo, essas são as quatro histórias contadas; ligadas entre si, por uma visão de mundo e por uma moral diferente da que nós temos no mundo ocidental. Os atores contam com a participação das crianças que interagem opinando ou fazendo parte da cena. Direção, Texto e Elenco: Perla Frenda e Pedro Guilherme. Quando: Sábado, 16/11 às 16h. Onde: Teatro Martins Penna. Livre.
  • Em Busca da Boneca Azul - Tulipa e Tabefe recebem uma mensagem revelando o desaparecimento de uma bailarina, conhecida como boneca Azul. Eles transformam-se em detetives para encontrá-la, porém são surpreendidos pelas armadilhas e magias da Velha Líria que, auxiliada por seu assistente Panklata, tenta capturá-los para torná-los seus trabalhadores escravos. Direção geral: Marcya Harco e Paulo Drumond. Dramaturgia: Paulo Drumond e Marcya Harco. Elenco: Marcya Harco e Júlia Mariano. Quando: Sábado, 16/11 às 15h30 e Domingo, 17/11 às 11h00. Onde: Teatro MuBE Nova Cultural. Entrada Pague quanto puder (R$ 5, 10, 20 ou Gratis). Livre.
  • Livres e Iguais - Inspirado na Declaração Universal dos Direitos Humanos, o autor Perito Monteiro apresenta quatro personagens de uma forma lúdica, que vivem na Idade da Pedra. Quando tomam contato com um livro eles vão pouco a pouco aprendendo a linguagem oral e escrita. A partir desta experiência, eles acabam descobrindo os valores dos Direitos Humanos. Temas como a solidariedade, fraternidade e respeito ao próximo são abordados pela peça de uma forma alegre e mágica. Autor: Perito Monteiro. Diretor: Fabiola Moraes. Elenco: Rennata Airoldi, Olivia Araujo, Paulo de Almeida e Ando Camargo. Quando: Sábado, 16/11 às 16h00 e Domingo, 17/11 às 16h00. Onde: Teatro Zanoni Ferrite. 7 anos.
  • No Jardim de Cecília – Espetáculo dá voz à poesia de Cecília Meireles, livremente inspirado no livro “Ou isto ou aquilo”. Dois atores contam histórias em que os personagens dos poemas saltam das páginas do livro para o imaginário do público.  Texto, Direção: Coletivo Tátil. Elenco: Danilo Yabíku e Gabriela Leite. Quando: Sábado, 16/11 às 14h30. Onde: Praça. Livre.
  • O Sonho de Tupã - Em uma tribo muito distante vive um indiozinho chamado Tupã. Um dia ele acorda e escuta um belo canto que o atrai. A partir daí começa a aventura de Tupã em busca pela bela voz misteriosa, passando por um reino mágico onde Livros e Borboletas apresentam-lhe um mundo novo através de caminhos desconhecidos. Será que Tupã conseguirá desvendar esse mistério e encontrar a dona da bela voz? Quando: Domingo, 17/11 – às 16h. Onde: Tenda de Teatro. Livre.
  • Os 3 Porquinhos e o Lobo - Os irmãos Juvenal, Ferdinando e Bartolomeu decidiram aventurar-se a construir suas próprias casinhas longe de casa. Juvenal e Ferdinando eram dois porquinhos preguiçosos e não queriam saber de esforço, enquanto Bartolomeu fazia todo o tipo de serviço. O lobo, que há dias não se alimentava, decidiu aproveitar-se da inocência dos irmãos e colocar em prática seu plano para devorá-los. Mas a vontade de conseguir as coisas de modo fácil coloca a vida de Juvenal e Ferdinando em risco assim que o Lobo coloca suas casinhas de palha e madeira no chão! É aí que Bartolomeu cria uma outra armadilha e espanta o Lobo para bem longe da floresta para que eles vivam em harmonia como irmãos! Adaptação: Edson Mendez. Direção Geral: Renato Alves. Elenco: Ian Dantas, Letícia Di Buono, Aline Cunha e Elaine Oliveira. Quando: Domingo, 17/11 às 17h. Onde: Piccolo Teatro. Livre.
  • Pandolfo Bereba - Pandolfo Bereba era príncipe. E todos sempre esperam que os príncipes sejam lindos, encantadores e perfeitos.  Acontece que Pandolfo  não era lindo, nem encantador e muito menos perfeito, mas queria que os outros fossem... Adaptação do livro Pandolfo Bereba de Eva Furnari: Fábio Brandi Torres. Direção: Fábio Brandi Torres. Elenco: Marco Ponce, Rosana Borges e Verônica Nóbili. Quando: Sábado, 16/11 às 18h e Domingo, 17/11 às 17h. Onde: Teatro Sergio Cardoso - Sala Paschoal Carlos Magno. Ingresso: R$ 2,00. Livre.
  • Pé Cá Pé Lá - Ao completar seis anos, Dandara recebe de Dadá, sua tia madrinha, um porongo encantado. Com ele, a garota é incumbida de libertar a alma de sua tia, que há muito se encontra presa nesse encantamento. Para enfrentar os desafios dessa tarefa, Dandara conta com a ajuda do amigo Tereré, de Dadá, e do velho baobá, a Maria Gorda, que mora no Parque dos Baobás. Autor: Débora Brenga. Diretor: Luisa Juppe. Elenco: Priscila Gomes, Bruna Potenza, Fernando Lopes, Cristiano Dantas. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 16h. Onde: Praça. Livre.
  • Procurando Firme - A peça conta com muito bom humor e ironia a história de uma princesa criada para ficar no castelo à espera do seu príncipe encantado que virá resgatá-la. Mas quando os pretendentes chegam, ela não gosta de nenhum deles. Cansada dessa vida a princesa decide tomar o mesmo rumo que o príncipe, seu irmão, e sair pelo mundo. Direção: Kleber Montanheiro. Texto: Ruth Rocha. Adaptação: Neyde Veneziano. Elenco: Daniela Flor, Erica Montanheiro, Gabriela Segato, Mateus Monteiro, Paulo Vasconcelos e Pedro Bacellar. Quando: Sábado, 16/11 e Domingo, 17/11 às 16h00. Onde: Teatro Cacilda Becker. Livre.
  • Rádio Popular Da Criança - Um programa recheado de diversão e conhecimento. Diversos quadros como Ecologia, Reciclagem e Consumo desfilam pela programação, que inclui música ao vivo, radionovela, previsão do tempo e entrevistas. Não deixe de sintonizar a Rádio Popular da Criança, no número 806,9.  Texto: Gabriela Cerqueira. Direção: O grupo. Elenco: Everton Santos, Gabriela Cerqueira e Michele Araújo. Quando: Sábado, 16/11 às 18h.  Onde: Praça. Livre.
  • SUKATA O Musical - O Musical Sukata é um texto que teve sua estreia no Festival de Curitiba Fringe em 2013. O espetáculo se passa nos dias atuais e retrata a vida de 3 atendentes, que buscam melhorar suas vidas através da reciclagem e da sustentabilidade, mas sua chefa Claudia é o personagem que é exemplo de como a sociedade é irredutível e nada maleável na hora de mudar seu comportamento e aceitar uma vida mais sustentável. Direção e dramaturgia: Alexia Annes. Direção Musical e Arranjos: Dan Ricca. Elenco: Aline Neves, Camila Rocha, Rafael Braga, Rodrigo Giacomin, Giovana Annes, Carina Valle, Julia Costa e Milena Martines. Quando: Domingo, 17/11 às 17h30. Onde: Praça. Livre.
  • Se chove não molha - Uma família de palhaços, o pai e seus dois filhos, chegam para apresentar um espetáculo, mas se atrapalham ao fazer os números, que acabam sempre da forma errada. Os 3 ficam nesse “chove não molha” e então  percebem no final que, sem querer, apresentaram um espetáculo divertidíssimo. Nessa montagem o grupo traz esquetes tradicionais circenses adaptadas para a linguagem contemporânea do Circo Vox. Direção: Elena Cerântola e Gallo Cerello. Elenco: Gallo Cerello, Elena Cerântola e André Farias. Quando: Sábado, 16/11 e Domingo, 17/11 às 16h. Onde: Teatro Alfredo Mesquita. 5 anos.
  • Silêncio - Numa tarde pacata, um guri é levado pela sua imaginação a um mundo mágico e com amigos bem diferentes. Venha se divertir e descobrir conosco as aventuras de Silêncio! Direção: Gustavo Sibem e Sérgio Carrera. Elenco: Andréa Garcia, João Luis Barbosa, Raquel Rosarouge e Sérgio Carrera. Texto: Gustavo Sibem. Quando: Sábado, 16/11 às 16h30. Onde: Tenda de Teatro. Livre.
  • Zizi Conta Ziraldo, O Menino Maluquinho - Usando de cenário todo em velcro, o boneco Zizi tira suas dúvidas sobre como é ser um menino normal. Usando um cenário colorido e elementos de velcro, as contadoras brincam com as crianças e contam para Zizi como é ser um Menino Feliz. Texto: Ziraldo. Direção: Troupe Parafraseando. Elenco: Rossana de Marchi e Kelly Guidotti.   Quando: Sexta-feira, 15/11 às 17h30.  Onde: Praça. Livre.
Cãominhada
Donos passeiam com os cães no centro da cidade durante a Cãominhada (Foto: Mario Rodrigues)

SATYRICÃES

A segunda edição da Satyricães está cheia de novidades. Pra você: diversão e arte; pros animais: saúde e proteção. Organização: Julia Bobrow, Celebridade Vira-Lata, Criss Paiva e Mari Coelho.

  • Arrecadação de doações para animais, sob os cuidados das ONGs Segunda Chance e Natureza em Forma: Entregue sua doação de medicamentos, ração, produtos de limpeza e/ou jornal no Centro de Adoção Natureza em Forma. Quando: De Quinta-feira, 14/11 a Domingo, 17/11 das 10h às 20h. Onde: Rua General Jardim, 234.
  • Exposição Celebridade Vira-Lata – Fotos e histórias com finais felizes dos simpáticos vira-latas que estrelam a quinta edição do calendário Celebridade Vira-Lata, que conscientiza sobre adoção. O calendário é comercializado e tem toda a renda revertida para a castração de animais carentes. Quando: De Quinta feira, 14/11 a Domingo, 17/11. Onde: Satyros II (saguão).
  • Cãominhada – Venha dar uma volta com seu melhor amigo num passeio pelo minhocão. Não se esqueça de trazer o saquinho para recolher a sujeira e mantenha na guia. Quando: Sexta-feira 15/11 às 10h. Onde: Saída do cachorródromo da Praça Roosevelt.
  • Stand Up Comedy – Show de Stand Up com Cris Paiva, Luiz França e convidados. Toda renda será revertida para vermifugação de animais carentes das ONGS Segunda Chance e Natureza em Forma. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 18h. Onde: Satyros III.
  • Feira de Adoção: Vá ao Matilha Cultural, visite a casa, se inspire com arte e conheça simpáticos cães e gatos que estão disponíveis para adoção todos os domingos. Os animais são castrados, vermifugados, vacinados e identificados. Para adotar é necessário passar por entrevista pessoal, assinar Termo de Adoção e entregar cópia do RG, CPF e comprovante de residência. Quando: Domingo 17/11 das 12h às 19h. Onde: Matilha Cultural.

STAND-UP COMEDY

As Satyrianas trazem pela terceira vez na programação apresentações com atores de Stand Up Comedy. Local: Palco Bar - Espaço Parlapatões.

Quinta-feira, 14 de Novembro

23h30 - Paulo Prazeres – Com 13 anos de carreira nas artes cênicas, tem em seu currículo importantes passagens no cenário baiano e paulista. Fez parte da Outra Companhia de Teatro e encenou peças como “A Sacanagem da Outra” e “O Contêiner”. Esta última levou o ator a participar da Mostra Oficial do Festival de Curitiba, em 2007. Em São Paulo atuou em diversas peças, dentre elas “Smack!”, no Centro Cultural de São Paulo. Em 2008 o ator fez sua primeira apresentação de stand up, dividindo o palco com grandes nomes, como os humoristas Danilo Gentilli, Luiz França, Fernando Caruso, entre outros. É o principal representante baiano no cenário nacional do stand up e reside em São Paulo, onde se divide entre as suas atividades de publicidade e apresentações. Já passou pela Seleção do Humor, 3tosterona, Pay per riu, Café com Bobagem, Comedia em Preto e Branco e Segundas Cômicas..

Sexta-feira, 15 de Novembro

  • 20h - Caique Dumont - Estudou atuação teatral no Galpão Cine Horto em Belo Horizonte (2009/ 2010). Foi um dos fundadores do grupo de stand-up e improvisação teatral, Liga da Comédia (2009). Em 2012 concluiu a formação de ator para Humor na SP Escola de Teatro em São Paulo. Na TV fez participações nos programas “Comédia MTV” e “Trolalá”, na MTV, integrou em 2012 os quadros Concurso de Stand-up e Maratona do Humor no programa “Tudo é Possível” na Rede Record (programa da Ana Hickmann). Este ano foi convidado do “Programa da Tarde” (Rede Record) e “Programa Raul Gil”. Idealizou o “Cabarezim de Humor”, espetáculo com cenas de diversas linguagens do humor, como mímica, palhaço, esquetes, sátiras e stand-up.
  • 23h30 - Fernando Strombeck - Um dos fundadores do grupo sorocabano de humor Comédia Instantânea, faz parte do grupo de improvisação teatral Contra-Regras e coordena a equipe de formação do novos palhaços do grupo social Brincatrapos. Desde 2008 o humorista dedica-se ao stand up comedy e a criação de personagens cômicos, trajetória que inclui participações em diversos programas de televisão, dentre eles: “Programa Sílvio Santos”, “Programa do Jô”, “A Praça é Nossa”, “Domingão do Faustão”, “Quinta Categoria MTV”, “Programa do Gugu” e Programa “Tudo É Possível”. O humorista também é conhecido por interpretar a personagem Alice Box (A Bancária), sucesso no youtube e que em 2010 teve sua atuação homenageada pela Câmera Brasileira de Cultura.

Sábado, 16 de Novembro

  • 20h - Paloma Santos - ¬*¢ anos, descobriu que esconder idade é coisa de gente velha. Natural de Belo Horizonte. Iniciou sua carreira de humorista em 2008, ano que ajudou a fundar o 1º grupo de comédia stand-up de Minas Gerais – o Queijo Comédia & Cachaça. Junto ao coletivo está em cartaz pelo país há cinco anos. Dona de um humor energético e descontraído deixa qualquer evento animado! Uma de suas marcas registradas é a interação com o público. Fiel seguidora do ditado mineiro: “SE NÃO TEM MAR, VAMOS PRO BAR!” Deixa o stand-up com cara de bate papo descontraído. Já passou por vários humorísticos da TV tais como: “Novos Humoristas” do programa Sílvio Santos, Quadro Procura-se do “Caldeirão do Huck”, “Legendários”, Quadro Quem chega lá no “Faustão” e foi finalista do Festival de Piadas do “Show Do Tom”.
  • 23h30 - Alex Paim - Roteirista do programa “Legendários” da Rede Record. Já produziu textos para comediantes como Danilo Gentili (Especial IG sobre o Chaves) e Rodrigo Fernandes (Jacaré Banguela – Fora do Ar). Começou a atuar com stand-up comedy no Rio de Janeiro, fazendo parte da primeira geração de open mics (o quadro “Mico Aberto”) do Comédia em Pé. Foi um dos fundadores do grupo Ponto Cômicos, ao lado dos comediantes Nigel Goodman, Ronald Rios e Ulisses Mattos. Integrou também o grupo Louco é Pouco com Eduardo Jericó e Pierre Rosa. Atualmente mora em São Paulo onde já fez participações no Bar Comedians e em shows como Seleção do Humor, Comédia ao Vivo, Segundas Cômicas, dentre outros. Pelo fato de ser jornalista, sempre aborda assuntos factuais, deixando seus shows e apresentações sempre “quentes” em relação às notícias e assuntos do momento.

Domingo, 17 de Novembro

  • 19h30 - Davi Mansour  - 26 anos, paraense, ator e comediante, iniciou suas apresentações de stand up comedy em Belém há 4 anos, onde criou o grupo Em Pé na Rede, que em pouco tempo, tornou-se referência nacional do gênero no Norte do país, o grupo foi apontado por vários humoristas renomados, como um dos melhores grupos do Brasil. Além de atuar em comerciais para a TV, teve a oportunidade de mostrar seu trabalho com o roteiro e a locução em uma série de spots para a rádio Jovem Pan. Participou de programas de TV como “Tudo É Possível” e “A Praça é Nossa”. Foi premiado como ator revelação no Festival da FESAT, além de ter sido selecionado, com seu grupo de humor, pela Lei SEMEAR de Incentivo à Cultura e atua ao lado da humorista Criss Paiva com o quadro Casal Ciumento na “A Praça é Nossa”.

TEATRO - ESPETÁCULOS EM CARTAZ (COM VOUCHER)

A Satyrianas conta este ano com a parceria de teatros/produções teatrais espalhados pela cidade de São Paulo que cederam convites para os espetáculos, contribuindo para a disseminação da arte e da cultura por toda a população. Espetáculos com convites gratuitos – trocar o voucher gratuito na bilheteria dos teatros. O voucher está disponível neste programa ou para download no site www.satyrianas.com.br. Os ingressos gratuitos são limitados e respeitam a quantidade de convites estipulada por espetáculo. A troca dos vouchers deverá ser efetuada até uma hora antes dos espetáculos na bilheteria dos teatros.

  • A Bala na Agulha - Quando: Sexta-feira, 15/11 às 21h30 e Domingo, 17/11às 19h00 – 150 ingressos gratuitos por sessão. Onde: TUCARENA. 14 anos.
  • A Casa de Bernarda Alba - Quando: Sexta-feira, 15/11 às 21h30 - 40 cortesias; Sábado, 16/11 às 21h00 - 20 cortesias; Domingo, 17/11 às 18h30 - 30 cortesias. Onde: Cultura Artística Itaim. 14 anos.
  • Alguns Blues do Tennessee - Quando: Domingo, 17/11 às 18h – 20 cortesias. Onde: Teatro de Arena Eugênio Kusnet. 14 anos.
  • Amor Brigas e Novela das 8 - É uma divertida comédia que nos apresenta o cotidiano de um jovem casal, trazendo uma gostosa narrativa de todas as fases enfrentadas do namoro ao desgaste do casamento. Trata-se de um teatro vivo, em que, de alguma maneira, a plateia se sente parte da grande trama promovida pelos personagens Edgar e Maria Antônia. É uma deliciosa  comédia romântica  e também uma verdadeira guerra dos sexos. Texto: Raul Franco. Direção: Chico Cabreira. Elenco: Pâmela Galvão e Felipe Pirillo. Quando: Domingo, 17/11 às 21h00 - 100 ingressos cortesia. Onde: Teatro Juca Chaves. 12 anos.
  • Antígona 2084 - Quando: Sexta-feira, 15/11 às 21h – 25 cortesias; Sábado, 16/11 às 21h – 25 cortesias; Domingo 17/11 às 19h – 25 cortesias. Onde: Funarte. 16 anos.
  • Conexão Marilyn Monroe - Quando: Sexta-feira, 15/11 às 21h; Sábado, 16/11 às 22h e Domingo, 17/11 às 20h - 200 pares de ingressos gratuitos por sessão. Onde: Teatro Gazeta. 16 anos.
  • Improvável – Quando: Quinta-feira, 14/11às 21h30 - 20 ingressos gratuitos. Onde: Teatro TUCA. 14 anos.
  • Trair e Coçar... É Só Começar - Quando: Sexta-feira, 15/11 às 21h30 – 50 cortesias; Sábado, 16/11 às 21h – 20 cortesias; Domingo, 17/11 às 19h – 50 cortesias. Onde: Teatro APCD. 14 anos.
Antígona 2084
Cena da peça 'Antígona 2084' (Foto: João Caldas)

TEATRO ADULTO

Além das inscrições recebidas de diversas propostas teatrais de diferentes localidades do país que se apresentarão nos espaços da Praça Roosevelt, a Satyrianas também conta este ano com a parceria de teatros/produções teatrais espalhados pela cidade de São Paulo, que abriram para preços populares/ingresso consciente, contribuindo para a disseminação da arte e da cultura por toda a população. Espetáculos com ingresso consciente: os valores dos ingressos são definidos pelo próprio espectador.

  • 4 Estações -  Quatro histórias sobre encontros e desencontros. Personagens em situações limite, elementos Cênicos simples/essenciais e relação/jogo com o público.  Texto e Direção: Vinicius Piedade. Elenco: Gabriela Veiga e Vinicius Piedade.  Quando: Sábado, 16/11 às 23h30. Onde: Satyros I. 13 anos.
  • 700 mil Horas - Quinta-feira, 14/11 às 21h. Onde: Espaço Parlapatões. Livre.
  • A Casa Amarela - Quando: Domingo, 17/11 às 20h. 14 anos. Onde: Espaço Parlapatões.
  • A Hora da Verdade - O espetáculo A mostra um casal de Clowns enfrentando a hora mais difícil da vida deles... a hora de sua morte. Os dois Clowns entram em cena prontos a apresentar um número de extrema dificuldade. Ao executar o número acabam sofrendo um acidente terrível em pleno espetáculo e passam pela experiência de quase morte, que fará com que os dois enfrentem questões existenciais e relembrem os piores e melhores momentos de suas vidas de palhaço. Direção: Paulo Vinícius. Roteiro: Gallo Cerello e Elena Cerântola. Elenco: Elena Cerântola, , Gallo Cerello, Gui Bressane e Mateus Bonassa. Quando: Sexta-feira 15/11 e Sábado, 16/11 às 21h; Domingo 17/11 às 19h. Onde: Teatro Alfredo Mesquita. 12 anos.
  • A Ida ao Teatro - Um casal ganha de presente da vizinha um par de ingressos para irem ao teatro. Mas tudo parece ir contra, e impedir este casal, que tem de driblar situações do cotidiano, para que consigam chegar em tempo ao espetáculo. Texto: Karl Valentin. Direção: Ricardo Nash. Elenco: Ricardo Nash e Sylvia Prado.  Quando: Domingo, 17/11 às 21h. Onde: SP Escola de Teatro. Livre.
  • A Liga do Improviso - Show de Improviso onde os Improvisadores são desafiados pelo publico a criar cenas a partir de suas sugestões e temas.A plateia sugere os temas, personagens, e até mesmo qual dos Jogadores vai participar das cenas. A Liga do Improviso toma os palcos para um desafio em que espontaneidade e agilidade são as protagonistas. Texto: O público presente. Elenco: Cristiano Dramasi, Daniel Uemura, Dani Lavorent, Caique Dumont e convidado. Quando: Sexta-feira, 16/11 às 22h. Onde: Tenda Teatro. 12 anos.
  • A Luz Dos Olhos Teus - Um autor cego, vive em um teatro abandonado, em completa escuridão – em uma metáfora com o esquecimento da arte, o desrespeito ao seu ofício e sua vida sem sentido. A vida do autor e a perspectiva do espectador, são alteradas no momento em que uma mulher entra, por acaso e ele passa a enxergar através dos olhos dela. Uma personagem esquecida neste teatro abandonado, uma Greia, passa a ameaçar o autor. Diretor: Paulo Rogério Rocco. Elenco: Fernanda Fenner, Natasha Curuci e Barros Batista. Quando: Domingo, 17/11 às 17h30. Onde: Tenda de Teatro. 10 anos.
  • A Mulher do Trem - Quando: Sábado, 16/11 às 21h e Domingo 17/11 às 20h. Onde: Espaço dos Fofos. 12 anos.
  • A Nossa Gota D’água - Livre adaptação da peça “Gota DÁgua” de Chico Buarque e Paulo Pontes, em uma comunidade aqui adaptada para Heliópolis em São Paulo, Joana se vê abandonada por Jasão que se torna um sambista renomado. Dramaturgia: Grupo Expresso Heliópolis. Direção: Tatiana Rehder. Elenco: Beatriz Souza, Tatiana Teixeira, Larissa Souza, Rayane Magda, Vitor Lima; Lowrhan e Jackson Alves. Quando: Sábado, 16/11 às 17h. Onde: Espaço Cultural Pinho de Riga. 12 anos.
  • A pior das intenções - Uma escritora se refugia numa casa de uma cidade do interior para terminar de escrever o seu livro. Sua melhor amiga a acompanha e está determinada a frustrar os planos da escritora. Durante a peça, as duas conversam sobre planos, esperanças, solidão e relembram momentos do passado que marcaram as suas vidas. Texto e diretor: Mário Bortolotto. Elenco: Wanessa Rudmer e Maria Tuca Fanchin. Quando: Sábado 16/11 às 21h30. Onde: Satyros I  14 anos.
  • A Resistível Ascensão de Arturo Ui - A ascensão de Arturo Ui elabora cenicamente aspectos de um processo de conversão fascista de uma sociedade, desde o cotidiano, de modo a flagrar seus momentos e movimentos, tendo como referência maior – para Brecht – a figura de Adolf Hitler. Em cena, Arturo é um gangster, e sua ascensão revela uma sociabilidade tomada pelo capital e as formas de dominação e violência que lhe são sucedâneas. Do imbricamento entre crime e política, uma ascensão resistível, até a próxima “crise final”. Criação Teatro de Narradores. Texto Bertolt Brecht. Tradução Angelika Köhnke. Atores: Bárbara Rodrigues, Conrado Caputto, Daniel Aureliano, Laís Uesato, Lucas Oranmian, Mayra Coelho, Nathália Bonilha, Raquel Sousa, Teth Maiello, Vinicius Meloni, Vitor Placca. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 20h. Onde: Espaço Maquinaria. Grátis. 14 anos.
  • A Vida Dos Homens Infames - Pierre Rivière, jovem camponês que degolou a golpes de foice a mãe grávida, a irmã adolescente e um irmão de sete anos. Preso, escreve um memorial sobre as razões de seu ato. Herculine Barbin, hermafrodita criada em conventos femininos até 22 anos, é obrigada a assumir seu “verdadeiro” sexo masculino e relata suas memórias num diário. Ambos se suicidam. Essas estranhas e selvagens autobiografias, juntamente com os dossiês médicos e jurídicos, foram trazidas à luz pelo filósofo francês Michel Foucault - que escreve um texto: “A Vida dos Homens Infames”, que dá título ao espetáculo. Direção: Cristiano Burlan. Elenco: Adriana Guerra e Henrique Zanoni. Dramaturgia: Henrique Zanoni e Marcela Vieira. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 18h. Onde: Satyros II. 18 anos.
  • Adoniran - Em uma casa chamada a ”Casa de Adoniran” cada cômodo é ocupado por cenas que homenageiam as músicas de Adoniran Barbosa com uma mistura ficcional entre a história de Adoniran Barbosa, suas músicas e histórias verídicas dos atores e músicos. Dramaturgia: Criação coletiva. Elenco: Grupo Experimental de Histórias contadas e descontadas. Quando: Sábado,16/11 às 21h. Onde: Espaço Cultural Pinho de Riga. Livre.
  • Adormecidos - A peça aborda a temática dos relacionamentos e a maneira como cada indivíduo projeta as suas próprias aflições e anseios em seu parceiro. Dois casais se revezam no palco, num ambiente onírico em que sonho e realidade se confundem. Luz, espelhos e transparências os levam para outros planos que ora se fundem, ora se opõem. Onde: Espaço dos Satyros I. Quando: Quinta 14/11, Sexta-feira 15/11 e Domingo 17/11 às 22h30. 14 anos.
  • Agruras – Ensaio Sobre o Desamparo - Quando: Sábado, 16/11 às 20h e Domingo, 17/11 às 19h. Onde: Teatro Heleny Guariba.
  • Aípod - Quando: Sexta-feira, dia 15/11 e sábado, 16/11 às 21h30; Domingo, 17/11 às 18h30. Onde: MuBE Nova Cultural. Entrada Pague Quanto Puder (R$ 5, 10, 20 ou Grátis) – Limitado a 96 lugares. 12 anos.
  • Alá autorizara Maomé a casar-se com a filha de seis anos de seu amigo Abu Bakr - Inspirado em histórias de mulheres que desafiaram o Islã, mulheres que sofreram algum tipo de violência e ainda sofrem com imposições de crenças e tradições. A Cena retrata a condição da mulher no mundo, o universo feminino inserido numa cultura, até hoje, essencialmente masculina. Texto: Grupo de Teatro Experimental Letimotive. Direção: Nathalia Mafort. Elenco: Layna Bueno, Lorena Rebello, Patrícia Heit e Sheila Almeida. Quando: Domingo, 17/11, às 22h30. Onde: SP Escola de Teatro. 12 anos.
  • Aldeotas - Conta a história de Levi e Elias, dois amigos da cidade fictícia de Coti das Fuças que crescem juntos e montam um jornal de colégio, no qual Levi é o poeta e Elias, o crítico. Ao correr do tempo, os dois descobrem a própria sexualidade e o ponto em que a de um cruza com a do outro – além das reações do mundo com relação à amizade “diferente” que alimentam. E só, nada mais. Situações entre eles são emblemáticas, algumas até mesmo previsíveis e não menos grandiosas. Até porque não necessitamos de mais: é essa simplicidade a chave para que seja um bom espetáculo. Direção: Cristiane Paoli-Quito. Texto: Gero Camilo. Elenco: Gero Camilo e Vitor Mendes. Quando: Sábado, 16/11 às 21h. Onde: Espaço Parlapatões. 14 anos.
  • Algo Que Você Precisa Saber Sobre Mim - “Em um mundo descartável, o que são nossas vidas, nossas experiências, nosso tempo vale?” (Vivian Telles). Duas pessoas compartilham e refletem sobre seus afetos, numa trama de encontros e desencontros misturando ficção e realidade. Texto, Direção e Elenco: Marcos Pereira e Maysa Gomes. Quando: Domingo 17/11 às 22h Onde: Tenda Teatro. 16 anos.
  • Alguém Vai Vir - Um casal decide viver isolado numa casa velha, no alto de uma colina com vista para o mar. O sonho da vida a dois logo se esvai com a certeza iminente de que alguém vai vir. O medo intuitivo e a real presença de um estranho expõem um relacionamento tomado por inseguranças e mágoas. A complexa fragilidade transborda sutil e subliminarmente, num ambiente em que se tornou impossível realizar o desejo de estar sós e juntos. Texto: Jon Fosse. Direção: José Sampaio e Tiago Leal. Elenco: Carlos Jordão, Débora Tieppo, Ediceu de Carvalho, Erika Romay, Israel Silva, Lidi Seabra, Silvia Alencar, Tom Rocha e Tuany Mancini. Quando: Domingo, 17/11 às 19h. Onde:  Martins Fontes. 16 anos.
  • Amém - Clara vê sua família ruir por culpa do fundamentalismo do padrasto pastor. Seu meio-irmão revela que é gay e é expulso de casa. O rapaz não resiste à pressão e se enforca. Anos depois, Clara é vítima do padrasto. Engravida-se dele e é levada a fazer um aborto. Clara então passa a vagar como uma pastora impostora, ironizando com humor crítico a hipocrisia humana. Texto: Laerte Silva Junior. Direção: Alexandre Melinsky. Elenco: Laerte Silva Junior. Quando: Domingo 17/11 às 16h.  Onde: SP Escola de Teatro - Roosevelt.  18 anos.
  • Amor sem Limites - Ao sinal de “no ar” na rádio se inicia “Amor sem Limites”, que entre sonoplastias e comerciais narra a história de Roberta Carlas – menina humilde e inocente do interior que, cansada de sua vidinha, busca um recomeço na cidade grande; lá encontra Erasmo Augusto, iniciando uma paixão. Mas os acontecimentos dão rumos inesperados à vida do casal, nesta atípica história de folhetim, parodiando a época de ouro do rádio com ironia, humor e um toque “kitsch”. Texto: Silviane Ticher. Direção: Carlos Pasqualin. Elenco: Alex Rosa, Carol Reto, Elis Braz, Jimmy Toseli, Mariana Benatti, Renato Viana, Ricardo Carvalho, Ricardo Seringe, Ulisses Vertuan. Quando: Sábado, 16/11 às 16h. Onde: Espaço Parlapatões. Livre.
  • Antes do Café da Manhã - Peça curta que se passa num pequeno apartamento em Nova York. No início da manhã, vemos uma mulher falando com o marido “ausente” (fora de cena). Como em muitas de suas peças, O’Neill nos apresenta personagens à margem da sociedade, lutando para manter suas esperanças, mas que acabam deslizando para a desilusão e o desespero. Texto: Eugene O’Neill. Direção: Malú Bazán. Elenco: Mariana Hein. Quando: Sábado, 16/11 às 01h  Onde: 01h.  12 anos.
  • Antes Que a Vida Baste - Uma companhia de teatro consegue patrocínio para encenar a peça que alavancará as suas carreiras. E agora, qual texto teatral escolher? Enquanto discutem a relação ator-teatro, o ensaio é invadido por seis personagens que decidiram mudar as próprias histórias, trazendo discussões sobre a loucura, a função da arte, a imortalidade e a beleza do cotidiano. Texto: criação coletiva. Direção: Bárbara Melo. Elenco: Allan Dourado, André Baliera, Carlos Mourão, Carol Cucick, Cláudia Luz, Cláudio Junior, Daniele Modolin, JoãoColaço, Juliana Pontes, Nana Soma, Patrick Correia e Ricardo Caetano. Quando: Sexta-feira, 15/11 às  16h30   Onde: Satyros I.    Livre.
  • Antígona Recortada – Contos que Cantam Sobre Pousopássaros - Quando: Sexta-feira, 15/11 e Sábado, 16/11 às 21h e Domingo, 17/11 às 20h. Onde: Núcleo Bartolomeu de Depoimentos. 12 anos.
  • Aproximadamente 17 - A história se passa numa sala de interrogatório na qual uma jovem é indagada sobre a morte de seus pais. A montagem perpassa pela trajetória de vida dessa jovem, suas memórias e descobertas. Um suspense intrigante, sensível e surpreendente. Texto: Leticia Argolo, Marina Ramos e Pedro Henrique Ramos. Direção: Letícia Argolo e Marina Ramos. Elenco: Marina Lua Ramos e Leticia Argolo. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 21:30. Onde: Satyros II.  16 anos.
  • Aquela que Sonhava ter Sido - A peça gira em torno de uma família perfeita aos olhos da sociedade: um pai religioso, uma mãe fiel e uma criança inocente e curiosa. Um barquinho de papel em um dia chuvoso passa pela calçada da família, levado pela enxurrada o barquinho segue seu destino, despertando sonhos na menina. Sonhos que podem tornar-se pesadelos. Texto: Bárbara Teodósio e Tiago Junqueira. Direção: Tiago Junqueira. Elenco: Bárbara Teodósio, Evandro Cláudio, Renata Carvalho, Tiago Junqueira.  Quando: Domingo, 17/11 às 21h30.  Onde: Miniteatro. 14 anos.
  • As Virgens - Descreve através de imagens poéticas, os caminhos internos pelos quais passamos no momento de morrer: lembranças de amores e desamores, à espera e a decepção que teremos que deixar para depois ascender no reino dos mortos, no qual toda evidência mostra nosso próprio rosto. Fabíola, sofre pela morte do seu homem, pela agonia da separação do amor da sua via, enfrentando seu passado e seus fantasmas da vida cotidiana e de outras já vividas. Texto: Gabriela Sáenz. Direção: José Rubén Torres. Elenco: Suzzel Borgonov, Cícera Carmo, Eder Brito, Vidah Santos, Rodrigo Alcayaga. Quando: Sábado, 16/11 às 22h. Onde: Satyros II. 14 anos.
  • Asilo Serafim - O espetáculo traça um paralelo entre o modernismo e o movimento tropicalista. Aproveitando a ideia do pintor recluso no juqueri (Thony Leon) o texto propõe que, na obsessão de conhecer seu retratado, o pintor acaba acreditando ser ele mesmo o próprio Serafim. Vive com Lucrécia (Luciana Lucca), sua cuidadora no asilo, confundindo situações, realidade e imaginação, memória e personagens inventados.  Texto e Direção: Marcus Vinicius de Arruda Camargo. Elenco: Thony Leon, Luciana Lucca, Cristiano Bianchini, Gisela Estella, Alexandre Ell, Anna Korby, Denis Doná, Bruna Brito, Graziele Grassone, Janaina Izzo e Tiago Gomes. Quando: Quinta-feira, 14/11 às 21h00. Onde: MuBE Nova Cultural. Entrada Pague quanto puder (R$ 5, 10, 20 ou Gratis). 14 anos.
  • Até que a Morte lhe Apareça - Falar em morte sempre trás arrepios, mas a Autora Eliana Ravanhani encontrou uma maneira bem divertida de contar três histórias sobre a Morte que vai fazer você Morrer.... de Rir!!! Texto: Eliana Ravanhani. Direção: Eduardo Moreno. Direção de vídeo: Vitor Miranda. Elenco: Alexandre Zanchetta, Eliana Ravanhani, Marcos Manrai, Maria Fernanda Peres e Mariana Moraes. Elenco vídeo: Antonella Altana, Gê, Giselle Campanilli, Leonardo Araújo, Thiago Henrique (KBÇA) e Sara Mazzucca. Quando: Sábado, 16/11 às 19h. Onde: Teatro do Ator.
  • Ator Mentada - Quando: Quinta-feira, 14/11 às 21h13. Onde: Teatro Incenna. 13 anos.
  • Aquele que nasceu - Conta entre outras, as histórias de Severino, Ela e Romeu. Todas as suas aventuras, amores e equívocos e como ele acabaram partindo dessa para melhor, o que une os três.  Com depoimentos baseados apenas no personagem/ texto.  O grupo Proposta A6 estreia o espetáculo nas Satyrianas fazendo um intercâmbio entre artistas do Rio de Janeiro e São Paulo. Autor: Pedro Uchoa . Direção: Liliane Rovaris e Pedro Uchoa. Elenco: Pedro Uchoa e Carolina Henriques.  Quando: Quinta-feira,14/11 às 20h.  Onde: Tenda de Teatro.  14 anos.
  • Baixo Augusta - Temas como tolerância, memória e a revitalização da região central paulistana são o mote da peça, ambientada na rua Augusta, no trecho entre a avenida Paulista e a praça Franklin Roosevelt. Texto e direção: Renato Andrade. Elenco: Márcio Cardoso, Gerson Almoster, Tatiana Ribeiro e outros. 14 anos. Quando: Sábado, 16/11 às 23h59. Onde: Espaço Parlapatões. 14 anos.
  • Baleia - A peça aborda o universo das barcas Rio-Niterói, a partir da história de quatro pessoas que se conhecem no transporte entre suas origens e destinos. Vidas que se cruzam por uma sensação em comum de inadequação e vontade de permanecer no meio do caminho. Inês, Rory, Ana e o Homem pegam a mesma barca todos os dias, na mesma hora e com o tempo já não sabem mais se não se conhecem ou se são íntimos. Texto: Clarice Lissovsky. Direção: Bernardo Lorga. Elenco: Bel Flaksman, Elisa Ottoni, Fernanda Nascimento, Victor Seixas. Quando: Sábado 16/11 às 19h30. Onde:  Espaço Cia da Revista. Livre.
  • Banana Mecânica - Foi escrito por Francisco Carlos a partir de uma rigorosa pesquisa sobre o carnaval carioca – de personas como Chiquita Bacana, Zé Pereira, Eva, Adão, Pierrot, Moleque Indigesto que figuram na mitologia das marchinhas carnavalescas de Noel Rosa, Lamartine Babo e Braguinha; de textos do teatro de revista, roteiros cinematográficos de chanchadas, de blocos de rua e dos aspectos sagrados e profanos e das filosofias laicas e religiosas do livro “História do Carnaval Carioca” de Eneida de Moraes. A encenação é um teatro de múltiplas linguagens. Uma tragédia urbana carnavalizada sobre mitos alucinantes, oníricos, surrealistas e fantasiosos que dialogam com autores da literatura universal: Homero, dramaturgos gregos, Shakespeare, Jean Genet, Bertolt Brecht, cultura pop, surrealismo e Dadá. Texto e direção: Francisco Carlos. Elenco: André Hendges, EloisaLeão, Fabianna Serroni, Day Porto, Germano Mello, José Trassi, Hélio Toste, Mafalda Pequenino, Ondina Claiss. Quando: Quinta-feira, 14/11 às 21h e Sexta-feira, 15/11 às 21h e às 23h30. Onde: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt. 16 anos.
  • Beatriz, Antes que o Holofote se Apague - Livremente inspirada na música “Beatriz” de Chico Buarque e Edu Lobo, a peça mostra um autor perseguido pela lembrança de seu grande amor. Sua ex-mulher, Beatriz, é uma atriz excêntrica que mescla sentimentos antagônicos pra fugir da sua realidade. Uma história de amor, escolhas e suas perdas inevitáveis. Texto e Direção: Renato Andrade. Elenco: Edson Aranha e Marlene Prado. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 23:30. Onde: Satyros III. 12 anos.
  • Binóculos, o amor e a morte - Garota com passado e presente enigmático é perseguida insistentemente por homem que utiliza binóculos para espioná-la à distância. Encontram-se num café e, num jogo de gato e rato, estabelecem uma relação momentânea – por alguns instantes, extremamente intensa e comprometedora - que revela a relação de ambos com o amor e a morte. Diretor: Marcos Loureiro; Produção própria; Argumento e autores: Renata Gouveia e Rodrigo Contrera; Atores: Paloma Souza, Renata Gouveia e Rodrigo Contrera. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 23h59. Onde: Espaço Parlapatões. Livre.
  • Borrasca - Por meio da história de três amigos, o espetáculo fala de amizade, traições, compreensão e decisões que precisam ser tomadas para prosseguir com as vidas dos que ficaram. A novidade é que onze atores se revezam nos dois personagens da peça em cada apresentação. Texto e Direção: Mário Bortotto. Elenco: Carlos Carah e Pablo Perosa. Quando: Sábado, 16/11 às 20h. Onde: Satyros I. 14 anos.
  • Cais ou da Indiferença das Embarcações - Quando: Sábado, 16/11e Domingo, 17/11 às 20h. Onde: Instituto Cultural Capobianco. 14 anos.
  • Carcará - A cia Patoktak faz uma releitura da musica carcará e cria uma intenção movimentada. Trata-se de uma crítica social sobre migração, preconceito e a pouca valorização de sentimentos. A relação das pessoas com o contexto material. A ave carcará é conhecida nos sertões pela resistência, uma metáfora. Quando diz "carcará num vai morrer de fome, carcará mais coragem do que homem" É um tremendo puxão de orelha em quem sonhava com um novo mundo, pois o sistema sempre vence. Texto, Direção e Elenco: Angrei Fiel. Quando: Sábado, 16/11 às 17h. Onde: Praça. 14anos.
  • Ceci N’Est Pas Une Pipe (Este não é um cachimbo) - Um espetáculo inspirado pelo surrealismo de René Magritte, para contar a história do Homem que decide deixar de ser o Homem e mudar seu sexo para passar a ser uma Mulher. A peça é uma leitura sobre a cirurgia de transgenitalização, o procedimento que o transgênero se submete para a readequação de sexo. Texto: Rafael Carvalho. Direção: Rafael Carvalho. Elenco: Fernando Catelan, Flaviana Benjamin, Leo Lee, Lika Rosa, Marcos Medeiros, Wallace Ruy. Quando: Sexta, 15/11 às 01h  Onde: Satyros I. 14 anos.
  • Cleide Eló e As Pêras - Uma peça que retrata o amor. Conta uma impressionante história de amor regada de confusões provocadas pela paixão. Entre encontros e desencontros, o espetáculo fala sobre Ernesto, vigia de uma fábrica que vive uma história de amor com Eló e Cleide, em uma trama cheia de aventuras sobre o relacionamento de amor e liberdade. O enredo mostra insanidades decorrentes da paixão, citando versos e prosas sobre carne e alma, contando aventuras libertárias e perigosas que os encontros proporcionam, demonstrando que qualquer maneira de amor vale à pena. Texto: Gero Camilo. Direção: Gustavo Machado. Elenco: Gero Camilo e Paula Cohen. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 21h. 14 anos. Onde: Espaço Parlapatões.
  • Coletânea - um documentário cênico em homenagem a obra do cineasta Eduardo Coutinho, que completou 80 anos neste ano. Na peça, um grupo de atores compartilha histórias que mesclam situações reais, textos clássicos e algumas “mentiras sinceras”. O texto aborda temas como relações familiares, violência urbana, amores, preconceito, além da vocação e do ofício. Dramaturgia e Direção: Renato Andrade. Elenco: Bruna Casadei, Fábio Monteiro, Helena Esteves, Iona Damiana, João Carlos Mattos, Karina Yanata, Lu Grillo, Lua Selmer, Mila Bueno, Ricardo Guerra e Valerya Borges. Quando: Quinta-feira, 14/11 às 21h30. Onde: Satyros II. 14 anos.
  • Como Pode Um Peixe Vivo Viver Fora D’Água Fria - Um aquário. Um peixe morto. Duas personagens em relação com a morte e consequentemente, com os seus próprios demônios. (Se não se afogar, morre). Dramaturgia e direção: Natália Xavier. Elenco: Erica Montanheiro, Giulianna Santana, Thais Podestá.Quando: Sexta-feira, 16/11, às 19h  Onde: Espaço Cia da Revista. 14 anos.
  • Como Ser Uma Pessoa Pior - Amabile, uma mulher viciada em relacionamentos destrutivos, mergulha em profunda crise e se tranca num apartamento, acompanhada de uma samambaia e uma garrafa de uísque. Frustrada com a impossibilidade de melhora cria o seu próprio método de auto-ajuda para se tornar, em doze passos, uma pessoa pior. Texto de Germano Melo e Michelle Ferreira. Direção: Mário Bortolotto. Elenco: Lulu Pavarin. Quando: Domingo, 17/11 às 02h00. Onde: Espaço Parlapatões. 14 anos.
  • Confesso! - Monólogos e depoimentos que revelam desencontros e impasses com as quais nos confrontamos. Esses discursos são dirigidos a alguém que não se sabe se está lá. São confissões de segredos. E reflexões em torno do tema do fracasso, do erro, do aborto. O exercício cênico faz alusão a uma sessão de psicanálise. Texto e direção: Sergio Zlotnic. Elenco: Hená Deslandes, Denise Sefer, Luciano Falcão, Ronaldo Villar, Nilton Melo, Jamil Torquato, Flavio Costa, Andre Castelani, Evie Milani, Barbara Apalg, Fer Guedella, Jomo Faustino, Alexsandreo Alves de Matos, Alvaro Angelo, Giovana França, Fabio Domingues, Flavia Dessoldi e Sergio Zlotnic. Quando: Sexta,15/11 às 15h   Onde: Satyros I .  14 anos.
  • Corrente Fria, Corrente Quente - A cada sete dias, uma menina vai ao Porto de Naha, em Okinawa, Japão, esperar pela chegada do pai, que é pescador. Mas após uma semana de fortes chuvas, o navio pesqueiro dele não retorna. A menina compartilha a sua história e assimila a dor da perda, celebrando a memória do pai e dos outros pescadores mortos no mar. Autor: Fernanda Fuchs. Diretor: Hermison Nogueira e Franco Fuchs. Elenco: Fernanda Caldas Fuchs. Quando: Domingo, 17/11 às 02h30. Onde: Satyros II. 12 anos.
  • Cuidado Frágil - Uma professora dá aula para ovos. Ela quer aproveitar que seus alunos ainda estão no ponto de partida e prepará-los para as provas que estão por vir. Aulas sobre a vida, o amor e as relações são algumas das disciplinas. O novo choca, mas ovos que vem ao mundo mais preparados certamente ficarão menos mexidos.  Direção: Daniel Viana e Julia Barnabé. Texto: Priscila Jácomo. Elenco: Priscila Jácomo. Quando: Quinta-feira, 14/11 às 23h. Onde: Satyros I. 12 anos.
  • Da Valsa As Ruínas - Trata-se de um paralelo entre as vidas de Sarah Kane e Camille Claudel, duas grandes artistas aparentemente distintas, mas que sucumbiram, em parte, por falta de conhecimento do mal que as afetava. Uma visita às obras e vidas dialogando diretamente com o papel da mulher na arte nos dias de hoje. O que ocasionou a repetição perturbadora das duas histórias? Por que a loucura esta sempre tão  ligada as artes e a figura feminina? Direção: André Mendes. Elenco: Lilian Prado e Tâmara Vasconcelos. Quando: Sexta-feira, 15/11, às 18h.  Onde: Tenda de Teatro. 12 anos.
  • Das Ruas, Um Orfeu de Mochila - Em um dia de festa dois amores se encontram, Orfeu e Eurídice, trazendo em suas mochilas seus encantos, músicas e alegrias, ela com seus balões inesperados e ele com seu pandeiro encantado. Juntos encontram o amor, mas vem o destino e muda tudo. Orfeu terá que provar o quanto ama a “doidinha dos balões”. Baseado na mitologia grega – mito de Orfeu - e adaptado para os dias atuais. Texto: Andreza Rodrigues e Thuane Campos. Direção: O Grupo. Elenco: Andreza Rodrigues, Bárbara Clara ,Camila Rosa, Cristiano Santos, Diego Melo ,Diogenes Souza ,Edemi Jr, Fernanda Xavier, Jorge Alves, Julia Mendes, Nalva Felix, Néia Ferreira ,Thuane Campos. Quando: Domingo, 17/11 às 15h. Onde: Praça. Livre.
  • Dear Glory, estudo do soundtrack - Co-criação entre dois artistas portugueses que moram em São Paulo que se propõem a construir um espetáculo sobre distância e memória transdisciplinar. Um estudo sobre trilhas sonoras em teatro, em forma de music hall. O espetáculo tem como base um dispositivo sonoro que obrigará a uma resposta cênica. A performance será um questionamento constante da integridade do narrador, da sua capacidade de se revelar enquanto ser divido e deslocado relativamente aquilo a que se costuma chamar de país. Texto, Direção e Elenco: Carolina Matias e Ricardo Marques.  Quando: Sexta-feira, 15/11, às 02h.  Onde: Satyros I. 16anos
  • Deixe-me Contar de Novo - A peça "Deixe-me Contar de Novo", livremente inspirada no conto "Transformações" de Caio Fernando Abreu trata da solidão e da falta, questões intrínsecas e recorrentes ao homem moderno. Os atores buscam universalizar a história de um homem que vive uma espécie de Grande Falta, que o impede de se relacionar e reagir à vida, até que um encontro o redimensiona. Texto: Livre adaptação de contos de Caio Fernando Abreu feita pelo grupo. Direçao: Einat Falbel. Elenco: Arthur Miranda e Vanessa Garcia. Quando: Sábado, 16/11 às 21h. Onde: Estação 574. 14 anos.
  • Dentro, do que parecer ser real - “Qual a sua doença?” E dessa pergunta, nasce o espetáculo que fala do desamor, do medo, da injustiça. Humanos, muitas vezes nos sentimos perseguidos por essas dores. Mas, como lutar contra algo que já está implícito em nós?  Texto: Coletivo. Direção: coletivo, orientados por Verônica Mello e Fabiana Monsalú.  Quando: Domingo, 17/11 às 17h. Onde: Praça.  14 anos.
  • Dentro É Lugar Longe - No chão imenso, meninos narram o ir e vir da vida, do nascimento à morte, da peleja à conquista. Entre vindas e partidas, no ônibus em movimento onde é encenada a peça, são contadas histórias tantas. Num ato de valentia, são desveladas, com sagacidade poética invejável, memórias de dor e contentamento. Texto: Rudinei Borges. Direção: Anderson Maurício. Elenco: Alessandra Della Santa, Junior Docini, Maria Alencar, Priscila Reis e Tatiane Lustoza. Quando: Quinta-feira 14/11 às 23h59 e sexta-feira 15/11 às 02h00. Onde: ônibus estacionado na Praça Rooselvelt. Livre.
  • Desconcertos - São pequenas historias do dia a dia, em que a argucia do mestre GILVICENTE, nos deixa ver o travejamento moral, (e por isso também politico), de uma sociedade onde so provam ventos de mudança, mas onde o desconcerto permanece. Texto: Gil Vicente. Direção. Elenco: Nuno Correia Pinto e Paulo Cintrão. Quando: sexta-feira, 15/11 às 20h. 12 anos. 
  • Désir - Fragmentos do Desejo - O espetáculo, sobretudo explora as personagens femininas de Nelson Rodrigues, que possuem uma gama de aspectos sobre o desejo muito fortes e evidentes em cada uma das narrativas e que são trabalhados em fragmentos, de forma a evidenciar os desejos de cada uma das personagens, não apenas para saciar a curiosidade do espectador, mas sim manter um contínuo estado de excitação mental. Texto: Compilação (Nelson Rodrigues, François Truffaut, entre outros). Direção: Pedro Bonzanini. Elenco: Aline Ribeiro, Iara Marcek, Nina Santos, Samantha Nascimento e Thalita Martins. Quando: Domingo, 17/11 às 19h. Onde: Cia do Topo. 16 anos.
  • Dias e Noites - É a reunião de cinco contos brevíssimos. Os textos guardam em comum a banalidade aparente do cotidiano. Numa das histórias, um casal mobiliza o passado para entender o presente. Noutra, uma filha apresenta o diagnóstico médico do pai. Temos ainda o encontro confessional de duas prostitutas, a paixão de um catedrático por uma aluna e um velho golpista e sua namorada planejando enganar os jurados de um concurso de sósias. Texto: Lucas Mayor. Direção, sonoplastia e iluminação: Mário Bortolotto. Elenco: Antoniela Canto, Francisco Eldo Mendes, Gabriela Fortanell, Helena Cerello, León Contrera e Mauricio Bittencourt. Quando: Sábado, 16/11 às 01h30. Onde: Teatro Cemitério de Automóveis. 14 anos.
  • Distopias - Distopias se passa em uma atmosfera de desolação. Com alto teor de questionamento incutido nas diversas contradições e aparente desordem; o público tem a oportunidade de exercitar os seus sentidos cinestésicos numa ocupação de transição. Embasado em três ícones literários que inclui; Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley; 1984, de George Orwell e Laranja Mecânica, de Anthony Burgess, conhecida como Trilogia Distópica. Direção: Cristiano Dantas. Elenco: Daniela Bontempi, Priscila Senegalho, William Raphael, Flávio Sales, Luiz Carlos Comenale, Raffab Viana e Rosadark Raquel. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 01h. Onde: Satyros II. 12 anos.
  • Ditirambo - Das Origens Gregas o Cia Dioros de Teatro traz para a Satyrianas a Festa do Olimpo “Ditirambo”. Convidando o público a se unir a esta manifestação artística trajando branco e trazendo uma garrafa de vinho para compartilharmos com os Deuses e evocando Dionísio. Texto: Daniela Bontempi. Diretor: Priscila Senegalho. Elenco: Priscila Senegalho, Fábio Dias, Tuane Marcini, Renata Zettler, Marizelia Luz, Amanda Nascimento, Tiane Costa, Taila Lis, Flávio Sales, Raffab Viana, Tom Garcia, Jéssica Gracia. Quando: Quita-feira, 14/11 às 20h. Onde: Praça. 18 anos.
  • E Se Não Tivesse Amor No Título? - Comédia dramática constituída de três solos sobre o universo feminino. Inspirada em relatos verídicos, a peça retrata, de maneira sutil, poética e descontraída, histórias de amores partidos, idos e não concluídos. O amor, como conhecemos, seria na verdade uma ilusão? Texto: Renato Andrade. Direção: Renato Andrade. Elenco: Bia Toledo, Luiza Andrade, Maria Fernanda Batalha, Tania Kesselman.  Quando: Sábado, 16/11 às 18h  Onde: Satyros II . 12 anos.  
  • Ecos de Mulher - O grupo tem como desafio maior deste trabalho o diálogo entre arte e vida, trazendo suas próprias experiências pessoais como ferramentas para a construção de uma reflexão cênica a respeito das provocações expostas por Heiner Muller no texto A Missão.  Texto: Cia. Cem Flautas Sem Armário. Direção: Karina Jacob. Elenco: Karina Jacob, Jonas Mendes, Ida Weitheimer, Carol Costa e Carol Guimaris.  Quando: Sábado, 16/11 às 19h Onde: SP Escola de Teatro.  16 anos.
  • Édipo na Praça - Nova produção teatral da companhia Os Satyros o trabalho será a primeira iniciativa dos Satyros com deriva pela nova Praça Roosevelt, marcando a nova etapa da relação da companhia com o seu entorno urbano. A produção tem direção de Rodolfo García Vázquéz em parceria com o Coral da Cidade de São Paulo, regido pelo maestro Luciano Camargo. As apresentações serão realizadas em dois atos (um apresentado nas dependências do teatro e outro apresentado na Praça Roosevelt a céu aberto). Em dias de chuva, será apresentada uma versão integralmente realizada dentro do teatro. Onde: Espaço Satyros I. Quando:  Sexta-feira, 15/11 às 20h. E no Domingo, 17/11 às 20h, a apresentação da peça contará com a presença especial do Coral da Cidade de São Paulo completo, com mais de 100 vozes.
  • Ego - Homem oprimido pela esposa e escravizado por não ser amado faz de tudo por ela, onde vai sendo mutilado diariamente. Sofre por estar perdido e o amor drena sua vitalidade e sua criatividade, deixando-o longe dos amigos e afundando nos negócios. Numa explosão de raiva, a mulher deixa todas as mentiras de lado assume seu amor por outro homem e vai viver com ele. Com seu espirito em conflito, vai ao fundo do poço e precisa recomeçar a vida sem a amada. Texto e Direção: Henrique Bouduard. Elenco: Henrique Bouduard e Rita Niza.  Quando: Domingo, 17/11- às 03h. Onde: Satyros II. 18 anos.
  • Encontro no Cortiço – “O Cortiço” de Aluísio Azevedo, adaptado e baseado em estudos de Jerzy Grotowski, Bertolt Brecht, o teatro de revista, de rua e o circo-teatro. Festa, música, dança e barraco. O grande cortiço de João Romão contado como um épico circo-teatro pobre de revista. Fazendo paralelos entre o Rio de Janeiro do séc. XIX, o cortiço, o Brasil e o circo. Direção: Vinicius Alves. Elenco: Israel Silva, Kamila Capozzi, Marianne Gil, Michel Dias, Rachel Neves, Renata César, Rodrigo Martim, Sérgio Gonçalves e Vinicius Brasileiro. Quando: Domingo17/11 às 21h30. Onde: Satyros II.  Livre.
  • Enquanto Shakespeare Não Vem - Justus e Benigno estão à espera de Shakespeare e enquanto ele não vem vão encenando vários trechos de suas obras ou fazendo referências a elas. O espetáculo é uma tragicomédia que revela a complexa relação de amor e ódio entre Justus e Benigno que acreditam no fim de todos os seus problemas e conflitos com a chegada de Shakespeare. Diretor: Xico Cruz. Elenco: Xico Cruz e Mikaell Carvalho. Texto: Xico Cruz. Quando: Sexta-feira, 15 /11 às 20h30. Onde: Tenda de Teatro. 14 anos.
  • Ensaio Sobre O Feminino em O’Neill - Adaptação teatral com fragmentos de três peças do dramaturgo americano Eugene O’Neill: Antes do Café da Manha (Before Breakfast/1916), Óleo (Ile/1918) e Acorrentados (Welded/1924). Trechos dos textos originais são intersecionados, propondo uma reflexão acerca de temas como casamento, solidão, relações de poder, representações de feminino e masculino, a partir do modo como se apresentam na obra do autor. Texto: Eugene O’Neill (adaptação). Direção: Mariana Hein. Elenco: Briza Menezes, Carol Carreiro, Maria Paula Uchôa, ator convidado. Quando: Domingo, 17/11 às 20h30. Onde: Miniteatro. 14 anos.
  • Epitáfio - Em um intervalo de 20 anos, acompanhamos a trajetória de cinco personagens que se deparam com o envelhecimento: Dédalo, Miguel, Nora, Irina e Sebastião encaram a morte de diferentes maneiras. Elenco: Ana Junqueira; Bianca Sgai Franco; Homero Ligere; Lui Seixas e Rodrigo de Castro. Quando: Quinta-feira, 14/11 e Sexta-feira, 15/11 às 21h00. Onde: Espaço Cultural Pinho de Riga. 16 anos.
  • Escola De Tiranos - A trajetória do autor uruguaio, mago do surrealismo, Isidore Ducasse, vista através da ótica do “Teatro Selvagem”. Quadros cênicos que se destacam pela força e visceralidade, e pela escrita muscular deste poeta singular. Os atores da Cia Ópera Ritüal se jogam em nudez e em atuações baseadas na poética da crueldade contida na estética Artaudiana. Direção: Fransérgio Araújo. Elenco: Marba Goicochea, Carlos Barreto, Albino Ventura, Felippe Francisco, Céli Regina, Wallison Mendes, Antonio Eduardo, André Alencar, Machado Vinícius, Daniela Oliveira, Mariana Zóboli e Felipe Oliveira. Dramaturgia: Fransérgio Araújo, Ana Paula Gouveia e Cia Ópera Ritüal. Quando: Domingo, 17/11 03h30. Onde: Satyros II. 16 anos.
  • Estação Devaneios - Um homem fantasioso e solitário, trabalha no cotidiano de uma estação perdida no tempo, entre os muitos personagens que ali transitam, em suas ações repetidas do dia a dia, o jornaleiro recria suas estórias, através de sua imaginação, de maneira única e fantasiosa. Com movimentações acrobáticas, coreográficas e situações cômicas, transformando ações e objetos rotineiros em estórias sensacionais e irreverentes. Texto: O grupo. Direção: Processo Colaborativo. Elenco: Jeisel Bomfim , Michelli Rebulho, Nayara Tosi, Nathalia Tosi, Otávio Fantinato ou Guilherme Bressane.  Quando: Domingo,17/11 às 16h Onde: Praça. Livre.
  • Estrelas do Orinoco - Duas mulheres sozinhas em um dos maiores rios da Bacia Amazônica criam seu cotidiano de fantasias que lhes dá força e condições para viver a desgraça real e concreta de estar à deriva. Direção: Tatiana Rehder. Elenco: Almara Mendes e Isadora Petrin. Texto: Emilio Carballido. Quando: Sábado, 16/11  às 21h. Onde: Espaço Cia da Revista. 14 anos.
  • Entrelinhas, A Paciente Homossexual de Freud - Margareth oculta um sentimento platônico: sua paixão pela Baronesa Leonie. Imersa num conflito interno, tenta o suicídio. Sua atitude impulsiva a faz deparar-se forçosamente com o divã de Freud. As sessões irão além da reflexão sobre sua orientação sexual, revelando ao público a trajetória psicológica da jovem. A devoção e o amor destinados à Leonie é o que conduz a personagem a esta jornada de descobertas e libertações. Baseado em fatos reais. Texto: Mariana Guedes. Direção: Marta Moreno. Elenco: Letícia Chiochetta, Ighor Wallace, Mariana Guedes, Thais Irentti.  Quando: Sexta-feira,15/11 às 23h. Onde: Satyros II. 14 anos.
  • Fim de Curso - Peça inédita no Brasil de René de Obaldia, com tradução de Claudio Willer, mostra um grupo de alunos que acaba de assassinar o professor, embarcando em uma viagem ritualística de livres associações de questionamento do que se deseja, de quem se é e do direito a cólera da juventude em um planeta dominado pela morte do espírito e pela criatividade oprimida que é geradora da violência, numa discussão sobre liberdade. Uma peça confusa como as ruas da cidade. Tradução de Claudio Willer. Direção de Marcelo Marcus Fonseca. Elenco: Ana Cecília Moretto, Bárbara Santos, Flávio Kage, Gabriela Morato, Nunila Katz, Paula Micchi, Vadim Nikitin e Vinícius Pimentel. Quando: Sábado, 16/11 às 21h. Onde: Teatro do Incêndio. 16 anos.
  • Folias Galileu - Numa espécie de excursão pelos recônditos do Galpão do Folias, o público se depara com um caleidoscópio da narrativa deste importante cientista, Galileu frente ao seu dilema ético. Concepção Cênica: Folias D'Arte. Dramaturgia: Atores Criadores. Ademir Emboava, Adriano Merlini, Alex Rocha, Bete Dorgam, Cacau Merz, Carlos Francisco, Clarissa Moser, Fernando Nitsch, Flavio Tolezani, Gisele Valeri, Helder Mariani, Heloisa Cardoso, Katia Naiane, Laruama Alves, Layla Ruiz, Marcella Vicentini,  Marcellus Beghele, Nani de Oliveira, Osmar Guerra, Paloma Rocha, Rafaela Penteado, Rodrigo Scarpelli, Saryda Andara, Silmara Deon, Suzana Aragão, Tarcila Tanhã e Thiago Bugallo. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 21h00. Onde: Galpão do Folias. 10 anos.
  • Frida Kahlo, Calor e Frio - A história de Frida recriada a partir de suas obras. Através de um teatro que dialoga com as artes performativas, a música, a dança, a poesia, as artes visuais e a festa, a peça evoca o universo da pintora a partir de seu amor, liberdade e potência de vida, bem como da natureza visionária do casal Diego-Frida, sonhando uma América potente, inspirada pela arte pré-colombiana e em apaixonado devir. Texto: Viviane Dias. Direção: Ismar Rachmann. Elenco: Anderson Negreiro, Sandra Lessa, Viviane Dias. Quando: Sábado, 16/11 às 20h30. Onde: SP Escola de Teatro. 14 anos.
  • Gangue - A peça aborda a importância da diversidade por meio da tensão causada por diferentes visões de mundo. Com a necessidade de coexistirem na mesma escola, dois grupos de jovens de diferentes personalidades entram em conflito. Uma história de amores, disputas e descobertas com uma maneira diferente de se expressar: o falar dançando. Texto: Pedro Guilherme. Direção: Mauro Baptista Vedia. Elenco: Carlos Baldim, Paula Arruda, Pedro Guilherme, Ana Tardivo, Bebel Ribeiro, Davi Reis, João Victor D’Alves, Marco Barretho, Mariana Blanski e Michel Matos. Quando: Sábado 16/11 às 20h. Onde: Teatro Martins Penna. 14 anos.
  • Hamlet Machine - mostra o contraste entre o ser humano que deseja se transformar em uma máquina sem dor ou pensamentos, mas também ser testemunha e historiador dos tempos difíceis em que vivemos. Autor: Heiner Muller. Direção: Juliana Galdino. Elenco:  Marcia Nemer-Jentzsch e Tiago Martelli. Quando: sábado, 16/11 às 20h. Onde: Satyros II. 14 anos.
  • Histórias Curtas Sobre Amores Inacabados - O que fica depois do amor? Ele acaba? Ou as histórias de amor são inacabadas? Partindo destas perguntas a peça propõe um encontro com o espectador para que juntos atores e público, enfrentem estas questões e compartilhem seus depoimentos acerca da experimentação do que resta após o término da relação amorosa. Texto e Direção: Rafael Guerche. Elenco: Carol Carolina, Paola Dourge, Giovanna Monteiro, Gustavo Braunstein. Onde: SP Escola de Teatro. Quando: Domingo, 17/11 às 01h. 14 anos.
  • IEPE - Um camponês medieval beberrão que apanha diariamente da mulher acorda um belo dia e descobre que na verdade ele é um barão poderoso. Ou ele estaria sonhando? Texto: Luis Alberto de Abreu. Direção: Pedro Alcântara. Elenco: André Félix, Rodrigo Sampaio, Rosane Rodrigues e Thais Irentti. Quando: Domingo, 17/11 às 20h. Onde: Praça.  Livre.
  • Impromédia – Um projeto de humor baseado nas técnicas do teatro improviso, do teatro esporte, onde a plateia tem fundamental importância para o desenvolvimento do espetáculo. No palco, um mestre de cerimônias aquece o público com uma pequena introdução e seleciona as sugestões da plateia, além de explicar os mecanismos e as regras dos jogos de improviso. Texto: Cristiano Lopes. Direção: André Lamare. Elenco: André Lamare, Celso Jardim, Cristiano Lopes, Fábio Guará, Luiz Carlos e Ricardo Ferreira. Quando: Sábado, 16/11, às 21h. Onde: Satyros III. Livre.
  • Inferno na Paisagem Belga - O espetáculo trata da relação entre dois gênios da Literatura Universal, Paul Verlaine e Arthur Rimbaud, poetas franceses que tiveram suas obras impactadas fortemente pelo tórrido romance que viveram. A trama traz ainda referências da banda The Doors e das performances de Marina Abramovic.. Direção: Rodolfo García Vázquez. Atores-criadores: Henrique Mello, Ivam Cabral, Óscar Silva, Robson Catalunha e Tiago Capela Zanotta. Onde: Espaço dos Satyros I. Quando: Quinta-feira 14/11 às 20h. 18 anos.
  • Ir e Vir - Três homens em um banco. A união dos três repousa em um passado que não deve ser mencionado. Quando muito, reencenado. Um a um, eles saem. Quando cada um está fora de vista, os outros dois compartilham um segredo sobre o terceiro. Direção: Tiago Mariusso e Milton F. Verderi. Elenco: Tiago Mariusso, Milto F. Verderi e Harlen Félix. Quando: Sábado, 16/11, às 20h30. Onde: Praça Livre.
  • Iracema via Iracema (Processo de Criação Compartilhado) - Performance/Vivência em 48 horas ininterruptas dentro de um ônibus urbano. Esta investigação faz parte do “Processo de Criação Compartilhado”  do espetáculo “Iracema via Iracema” da escritora cearense Suzy Élida Lins de Almeida, a montagem surge da parceria e compartilhamento de pesquisas cênicas entre a Trupe Sinhá Zózima e o Agrupamento Andar 7. Conta a história de uma mulher de origem rural, semianalfabeta e ex-usuária de crack, que em um determinado momento de sua vida escolhe viver para sempre dentro de ônibus urbano que se desloca pelas ruas da cidade. Direção: Anderson Maurício. Elenco: Luciana Ramin. Quando: de quinta-feira 14/11 às 18h até domingo 17/11, às 18h. Onde: Ônibus estacionado na Praça Roosevelt. Livre.
  • Irredenta - Esta obra fala de três prostitutas e um travesti, que buscam constantemente afastar a solidão de suas vidas. Fala também da espera, dos sonhos, de concretizar seus profundos desejos e conhecer a felicidade. Cada uma delas com um caminho direto e objetivo marcado por um destino inevitável que as leva de volta ao ponto inicial, sem escapatória. Dramaturgia: Beatriz Mósquera. Direção: Mauro Concha. Elenco: André Castelani, Felipe Alves, Thiago Henrique do Carmo e Walmir Bess. Quando: Domingo, 17/11 às 20h. Onde: Espaço Cultural Pinho de Riga. 16 anos.
  • Jingobel - Sequestros; cativeiro com uma velha inválida; mulheres solitárias e desesperadas sob a mira de um revólver. Tudo isso na noite de natal! Nessa história as personagens estabelecem ao longo do espetáculo, uma relação de amor e ódio, rejeição e amizade. Além de proporcionar boas risadas, decorrentes da situação absurda em que elas se encontram. Tudo regado a Peru, Tiros, Vinho e ao inevitável "Clima Natalino". Texto: Claudio Simões. Direção: Walter Lins. Elenco: Flávia D'Álima, Lídia Sant'Anna e Thânia Rocha. Quando: Sábado, 16/11 às 20h30. Onde: Espaço Cultural Encena. 14 anos.
  • Kahlos – Um Exercício Cênico - Conta de forma poética os desesperos e atribulações das vidas de Frida Kahlo e Diego Rivera. Um retângulo recortado por luzes faz com que participemos das indagações complexas dos pensamentos da pintora mexicana. Através desse universo criado no palco, percebemos que todos nós já sentimos ou sentiremos as mesmas emoções em algum ponto de nossa existência. Texto: Milton F. Verderi (inspirado no “Diário de Frida Kahlo”). Direção: Milton F. Verderi. Elenco: Lawrence Garcia, Vanessa Cornélio. Quando: Sábado, 16/11, às 18h30. Onde: Satyros I. 16 anos.
  • Lagrimentos - Um mundo paralelo, onde a tristeza é o principal sentimento. Em cada performance os habitantes desse planeta azul e triste mostram seus sofrimentos. Dores que escorrem como uma lágrima. Ferida aberta no meio do concreto cinza, dessa cidade nublada e fria. Texto: Criação Coletiva. Direção: Duda oliveira. Elenco: Amanda Carvalho, André di Paulo, Bárbara Baiocchi, Carolina Souza, Diego Chimenes, Duda Oliveira, Gabriela Suaiden, Luciano Fernandes, Victor Lei.  Quando: Quinta-feira 14 /11 às 20h  Onde: Satyros II. 16 anos
  • Leitura Beckett (Ohio Impromptu) - Releitura do dramatículo: Ohio Impromptu, privilegiando a essencialidade da palavra, os silêncios, as pausas, o amor em estado de suspensão, o sentido do luto. Criando assim uma partitura que tem como suporte o corpo em estado de escuta, latência, com gestos minimalistas diretamente relacionados ao repositório do saber: O livro, no seu estado de mundividência. Texto: Samuel Beckett/ Direção e elenco: Carlos Alberto da Conceição Teixeira.   Quando: Sábado, 16/11 às 19h. Onde: Tenda de Teatro. 18 anos.
  • Leitura Encenada de Mátria - Apresenta diversas vozes atravessadas pela experiência do aborto. Figuras conectadas e divididas pelo mesmo evento. Vida e morte unidas de modo drástico, invasivo. Uma viagem ao útero que sangra no esgoto e delega a rios fétidos o que não deve ser dito, mas clama por atenção e se faz presente em silêncios gritantes. Uma viagem para dentro de um altar profanado: A mulher. Dramaturgia: Dione Carlos. Direção: Antonia Mattos .Elenco: Paula Klein e Tâmara David.  Quando: Sexta-feira, 15/11 às 02:30. Onde: Satyros II. 14 anos.
  • Lispectorando: Espera em Movimento - A espera em corpo, a espera em alma. A espera em estado, a espera em dilatação. A espera que permanece, que escorre e cai, a espera em movimento. A espera em Clarice, a espera de uma entre tantas. Espetáculo de dança e teatro inspirado na obra “A hora da Estrela” de Clarice Lispector. Co-Diretores: Márcio Medeiros e Mário Spatziani. Elenco: Priscila Queiroz. Quando: Domingo, 17/11 às 20h30. Onde: Satyros II.  Livre.
  • Loveboxxx - Dois seres sem nomes, enraizados a um presente agonizante, habitam duas caixas transparentes e interligadas. De corpos transfigurados e vacilantes entre o humano e o animal, os seres travam um diálogo desarmônico, expondo conflitos da existência humana e mazelas das instituições contemporâneas. De estética grotesca e dadaísta, Loveboxxx combina elementos da performance e das artes visuais em uma livre adaptação da ficção “Unicórnio” da escritora Hilda Hilst. Texto: Tame Santos. Direção: Tames Santos. Elenco: Carol Fog e Malu Câmara. Onde: Miniteatro. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 21h30. 16 anos.
  • Made by Sade! Romântico...Erótico...Profano - Um conde, duas viúvas e o sadismo oriundo do Marquês, abrem caminhos para um triângulo amoroso com peculiares características que tramitam durante o processo criativo de Sade. Em momentos de devaneios, uma nova obra é contada e transportada para caminhos que nem mesmo o autor imagina. Escrita e reescrita, vista sob a ótica do autor e dos personagens da história, os crimes de um amor duvidoso revelarão personalidades e características surpreendentes.  Direção: Wellington Soares. Texto original: Marquês de Sade. Elenco: Higor Lemo, Tainara Fernandes, Bruna Miranda, Kempes Furtado. Quando: Domingo, 17/11 às 23h. Onde: Miniteatro. 16 anos.
  • Moscou - Quatro irmãos vivem o cotidiano, confinados em uma casa que aos poucos vai sendo tomada por algo ou alguém que não se revela, ao mesmo tempo em que anseiam por uma viagem a Moscou, um lugar  idílico cada vez mais distante e desterritorializado. Texto: Baseado em Anton Tchekhov e Julio Cortázar. Direção: Silvana Garcia. Elenco: Maria Tuca Fanchin, Sol Faganello, Leonardo Devitto, Lucas Brandão. Quando: Sábado, 16/11 às 01h00. Onde: Satyros I. Livre.
  • Mulher-Peixe - Mané Profecia anuncia um dilúvio pela televisão, isso é o bastante para Mulher-Peixe organizar sua vida em torno da espera pelo final iminente. Enquanto isso, lamenta a falta de água em seus encanamentos, revive momentos tragicômicos de sua infância, trava uma luta por sobrevivência contra o gato da vizinha, sonha… Pensa numa salvação: repetir o feito de Noé lhe parece o melhor caminho para a transcendência. Texto: Fausto Ribeiro e Monalisa Machado. Direção: Fausto Ribeiro. Monalisa Ribeiro. Quando: Sábado, 16/11 às 22h30. Onde: Miniteatro. 14 anos.
  • Mundo Bundista - Em um pequeno apartamento com poucos móveis e muito bagunça, vivem os amigos Cirineu e Abelardo. Cansado dessa vida miserável Abelardo decide mudar definitivamente de vida, nem que para isso tenha que utilizar uma nova moeda de troca, aonde percebe em suas divagações que o mundo deixa de ser capitalista, tornando-se BUNDISTA, aonde a bunda resolve tudo. Texto: Ailson Martins. Direção: Naomy Scholling. Elenco: Ailson Martins e Rafael Galvão.  Quando: Sábado,16/11 às 02h. Onde: Satyros II. Livre.
  • Nada Aconteceu, Tudo Acontece, Tudo Está Acontecendo - Uma mulher, um homem, um diário, amores e uma cafetina. A bela Alaíde começa a lembrar de sua vida desde que leu o diário da cafetina Madame Clessi, ao mudar-se para a casa que fora, há 37 anos, um bordel. Em um clima de alucinação e memória, Alaíde se encontra com a mítica cafetina a quem conta tudo o que se passou após a morte e rememora as horas antes do atropelamento. Dramaturgia: Grupo XIX de Teatro e Alexandre Dal Farra. Direção: Janaina Leite e Luiz Fernando Marques. Elenco: Janaina Leite, Juliana Sanches, Paulo Celestino, Rodolfo Amorim, Ronaldo Serruya, Fernanda Brandão e Gabi Costa. Quando: Sábado, 16/11 às 19h. Onde: Armazém XIX. 16 anos.
  • Nós Somos a Letra M - A peça traça a história de três mulheres amigas, porém completamente distintas. Que ao longo do texto mostram suas fraquezas, vontades e qualidades. A peça se passa na rua, ao mesmo tempo em que parece que as personagens estão em seu próprio apartamento. Lá, elas cantam, dançam e brigam. Mostrando o paradoxo feminino. Ao fim, após bebedeiras e brincadeiras, terminam as três em busca de um bar. Autor: Guga Paulino. Direção: Guga Paulino. Elenco: Jamile Luppi, Thaís Rodrigues, Tay Martins e Luiz Gonzaga.  Quando: Domingo, 17/11 às 00h30. Onde: Satyros III.  16 anos.
  • Nosferatu - Na profunda e solitária escuridão de um calabouço, ecoam as litanias e os delírios amorosos de uma mulher contaminada pela mordida de um vampiro. A peça tem trechos recheados de depoimentos pessoais da atriz Cléo de Paris. A origem deles está no blog Pueril que a atriz escreve desde 2006. Direção Fabio Mazzoni. Elenco: Eric Lenate e Cléo De Paris. Quando: Sábado, 16/11, às 02h30. Onde: Satyros I.
  • Nunca Mais - Aborda o universo das relações no ambiente de trabalho, especificamente no meio artístico.  Também mostra  em meta-teatro a relação de um autor com seus personagens. Ao passo que os atores descobrem o rumo dos sentimentos de seus personagens acabam descobrindo também os seus próprios. Texto e Direção: Leo Chacra. Elenco: Livia Prestes e Tiago Moraes.  Quando: Sexta-feira, 15/11, às 22h. Onde: Satyros III. 12 anos.
  • O Despertar da Primavera - É uma peça  que retrata como nenhuma outra a morte da inocência. A difícil passagem da adolescência para a vida adulta. A temática gira em torno de inquietações profundas que envolvem reflexões sobre vida, morte, regras e essencialmente à sexualidade. É o universo de sonhos e desejos dos adolescentes versus o mundo adulto cristalizado e repressor. Texto: Frank Wedekind. Direção: Guilherme Marback. Elenco: Mauricio Destri, Vanessa Goulart, Felipe Sousa, Rosiany Pelizzer, Gabriela Monteiro, Danielle Barros, Dill França, Caio Oviedo, Danillo Augusto, Augusto Simão, Fabiana Araújo, Lucas Valadares, Marcela Arnulf, Guto Mattos e Rodolfo Mozer. Quando: Quinta-feira, 14/11 às 21h. Onde: VIGA Espaço Cênico. 14 anos.
  • O dia em que aprendi a dizer NÃO - Em uma sociedade onde estamos constantemente transitando entre cubos de concreto, Miguel é apenas mais um ser humano que vive, pensa, sonha, fala, e tenta se comunicar com o mundo lá fora. A vida e o mundo avançam muito rápido para que ele possa acompanhar todas as mudanças com a velocidade desejada. “O melhor esconderijo” ou “a maior escuridão” já não o protegem. Miguel tem medo de se expor. Miguel é um homem normal. Texto: Pablo Berned e Maico Silveira. Direção: Camila Bauer e Maico Silveira. Elenco: Maico Silveira. Quando: Domingo, 17/11, às 17h. 14 anos.
  • O Enterro de Lady Gaga - Uma noite, ele (ou melhor, ela) voltou pra casa e encontrou sua melhor amiga morta, no meio da sala. Mal sabia ELA que sua noite estava apenas começando. Texto: Felipe de Moraes. Direção: Daniela Stiburlov. Elenco: Edgar Cardoso, Eliot Tosta, Igor Amanajas.  Quando:Sexta-feira, 15/11 às 23h59. Onde:Tenda de Teatro . 14 anos.
  • O Gato de Botas, uma aventura no Brasil - Baseada no clássico O Gato de Botas, escrito em 1697 por Charles Perrault (1628-1703), a encenação transporta os costumes e personagens do século 17 para o Brasil atual, propondo um diálogo entre o “jeitinho brasileiro” e a conhecida malandragem do Gato de Botas. Direção Geral: Fezu Duarte. Concepção: Fezu duarte e Caru Ramos. Texto: Caru Ramos e Flávia Maria. Elenco: Aline Gabriel, Caru Ramos, Diego Rodda e Willian Frankilin. Quando: Quinta-feira, 14/11 às 23h59. Onde: Espaço Parlapatões. Livre.
  • O Martelo das Bruxas - Pesquisadores encontraram as escrituras de O Martelo das Bruxas perdidas há mais de quatro séculos. Avra Kedabra! A história passa-se em 1486, 1545, 1968 ou hoje. O Sagrado e o Profano! Com o intuito de se trazer luz às trevas, as bruxas ganham vida - e morte -, passando por todos os reinos do além-túmulo. A Humanidade: teria ela salvação? Argumento e roteiro: Alexandre Lindo e Maria Silvia do Nascimento. Dramaturgia: Cida Almeida. Atuação e criação: Alexandre Lindo, Marcela Sampaio e Maria Silvia do Nascimento. Quando: Sexta-feira, 15/11 e Sábado, 16/11 às 20h e Domingo, 17/11 às 19h. Onde: Teatro Zanoni Ferrite. 12 anos.
  • O Natal mais Feliz da Minha Vida - Na noite de Natal, tudo pode acontecer em um bar do Centro de São Paulo. Texto e direção: Antonio Rocco. Elenco: Antonio Destro, Jackeline Obrigon, Javert Monteiro, Celso Melez, Débora Ester, Gigante Cesar, Mário Matias, Sérgio Melo e Ralph Maizza. Quando: Quinta-feira, 14/11 às 21h30; Sexta-feira, 15/11 às 22h30 e Sábado, 16/11 às 21h30. Onde: N.Ex.T. 12 anos.
  • O Palhaço e o Soldado - Em algum lugar entre o agora e o quando, o palhaço crucificado espera pela ressurreição. Ao seu lado, o soldado guarda seu posto. Diretor: Felipe de Moraes. Autor: Felipe de Moraes. Elenco: Eliot Tosta e Verônica Ned. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 01h30. Onde: Espaço Parlapatões. 16 anos.
  • O Pavão Misterioso - Evangelista é um nordestino que sonha com uma condessa que vive trancada no quarto pelo pai e só pode aparecer na janela uma vez por ano. Ele encontra um casal que iria ver Creuza. Só aí descobre que ela é a mulher do seu sonho. Com isso, resolve construir um pavão para conseguir entrar no quarto de sua amada e conquista seu coração. Direção: Rubens Xavier. Elenco: Ana Del Gaudio Mansor, Ellen Velute, Clerisson Silva, Heber Euller. Texto: Benjamin Santos. Quando: Sábado, 16/11 às 16h  Onde: Praça.  Livre.
  • O Problema - Conta a estória de um casal americano da década de 60. Ela exibe sua barriga de grávida que, apesar de enorme, só agora o marido percebe.  Ele aceita e parece pouco interessado no assunto, até que sua esposa conta que existe um pequeno problema: ela não sabe quem é o pai. Com toques de Teatro do Absurdo e cheio de reviravoltas, a peça traz uma crítica bem-humorada sobre preconceitos sociais, sexuais e raciais. Texto: A. R. Gurney Jr. Direção: Brian Renido Ross. Elenco: Jefferson Muller, Sabrina Lavelle.  Quando: Sexta, 15/11 às 23h.  Onde: Miniteatro. 14 anos.
  • O Que Terá Acontecido a Nayara Gloria? - Quem nunca teve curiosidade de saber por onde anda um ídolo do passado? É em cima dessa curiosidade que a comedia “O que terá acontecido a Nayara Gloria?” diverte, discute a fama e passeia por grandes sucessos da televisão brasileira.  Direção: Rodrigo Ferraz. Elenco: Maria Rocha, Alexandra Bastida, Ginger Hot, Mirian Amaral e Rodrigo Ferraz. Texto: Vitor de Oliveira, Carlos Fernando Barros e Fellipe Caurata.   Quando: Domingo, 17/11, às 18h.  Onde: SP Escola de Teatro - Roosevelt. 12 anos.
  • O Show da Percha - Um espetáculo da Companhia Circo do Asfalto para espaços não-convencionais, com situações cômicas, acrobáticas e malabarísticos em um estudo de reinventar o circo em um novo formato, utilizando técnicas circenses em qualquer lugar. O formato de show que escolhemos foi em meio a estudos da historia do nascimento circo antes das lonas onde era realizado nas ruas, praças, feiras e teatros das cidades. Autor: Circo do Asfalto. Direção: Marcilio Mouro. Elenco: Douglas Marinho, Fran Marinho, Ricardo Avellar.  Quando: Sexta-feira, 15/11 às 17h. Onde: Praça Roosevelt. Livre.
  • O Som das Cartas que Não Li - Livremente inspirado nos contos de Guy de Maupassant, o espetáculo “ o som das cartas que não li” conta a estória de um homem que após perder a mulher amada tornou-se prisioneiro de suas lembranças, limitado a repetição do contar e reconstruir sua história de amor, alegrias, perda e devaneios. Texto: Guy de Maupassant. Direção: Ana Almeida. Elenco: Camila Gomes e Messias Carvalho. Quando: Quinta-feira, 14/11 e Sexta-feira, 15/11 às 21h. Onde: Teatro Heleny Guariba. 14 anos.
  • Os Piores do Mundo - Um homem revisita uma antiga casa onde viveu cercado por personagens, fatos e memórias que marcaram sua vida. Os atores do Núcleo Experimental do Satyros basearam e focaram sua pesquisa , naqueles que a primeira vista podem não despertar interesse algum. Anônimos que, vistos de perto, mostram o quanto as singularidades podem tornar qualquer um especial. Texto: criação coletiva. Direção: José Alessandro Sampaio e Tiago Leal. Elenco: Marcio Dantas, Luis Ferrari, Silvia Alencar, Silvia Diaz, Juliana Pontes, Karen Miranda , Bruno Piva, Felipe Lode e Marizelia Luz. Quando: Domingo, 17/11 às 14h30. Onde: Satyros I. 16 anos.
  • Otto - Um homem prisioneiro de sua alienação recebe a visita de um estranho em sua casa. A presença desse indivíduo altera sua rotina. Aos poucos, a visita desse desconhecido reverbera um lado que até então esse homem não conhecia.Texto: Marco Keppler. Direção: Aline Negra Silva. Elenco: Ed Moraes e Juan Manuel Tellategui. Quando: Sábado, 16/11 às 22h  Onde: SP Escola de Teatro.  14 anos. 16 anos.
  • Para Ler Aos Trinta - Uma carta. Talvez não. O que você mudaria se pudesse voltar ao passado? O cabelo? A cor das unhas? As viagens, as pessoas, as danças...
As palavras são um máquina do tempo. Elas podem mudar o passado. Texto: Ligia Souza Oliveira. Direção: Nina Rosa Sá. Elenco: Kelly Eshima e Luana Tanaka.  Quando: Sexta-feira, 15/11 às 18h   Onde:  Satyros I. 15 anos.
  • Persistência da Memória – “Somos donos de nossas memórias”? Um relato poético sobre as experiências vividas por cuidadores e portadores do mal de Alzheimer a partir da história oral. Em cena, a atriz confronta os dois lados de suas entrevistas, ali suas memórias são compartilhadas e seu corpo empresta formas e sons para dar vida a algo que está se apagando. Direção: Rafael Bicudo. Elenco: Sheila Alencastro. Texto: Rafael Bicudo e Sheila Alencastro. Quando: Sábado, 16/11 às 17h  Onde: SP Escola de Teatro. 14 anos.
  • PESSOA, Um Espetáculo Sobre Fernando E Suas Pessoas - O espetáculo revela a intimidade do escritor português e grande artista Fernando Pessoa, onde descreve sua visão de mundo, traduzindo um homem angustiado e um artista incansável. Texto em prosa compilado a partir de notas de rodapé do poeta, com trechos do Livro do Desassossego. Direção: Silvio Vieira. Elenco: Marcos Lemes. Texto: Fernando Pessoa.  Quando: sexta, 15/11 às 20h. Onde: Miniteatro. 14 anos.
  • Projeto Maratona - Uma competição de dança ininterrupta: o público entra, a sirene toca, os participantes tomam o salão, o juiz dita as regras, a música começa. A partir daí não se pode mais parar de dançar. Música após música, durante 3 horas, até restar o par vencedor. Enquanto dançam, a dramaturgia da peça é desenvolvida pelo elenco e pelo público ao mesmo tempo. O cansaço e a competitividade aumentam gradualmente, revelando todo tipo de conflito. Texto: Diego de Angeli e Helena Maria Cosi. Direção:Diego de Angeli. Elenco: Daniel Kristensen, Diana Behrens, Gabriela Carneiro da Cunha, Izadora Mosso Schettert, João Marcelo Iglesias, Mateus Tiburi, Nara Parolini, Pedro Florim, Tarsila Takahashi, Thiago Ristow e Ramon de Angeli.  Quando: Sábado, 16/11 às 20h30. Onde: Tenda de Teatro. 18 anos.
  • Psicose 4:48 - Uma mente conturbada, reflete sobre seu estado físico como impossibilitado de prosseguir em uma vida de mentiras e sem amor, algo pelo qual ela precisa  para sobreviver. Uma mente muito lúcida, com problemas de esquecer e que simplesmente decide morrer, sem querer morrer, mas vendo isso como sua única opção. Texto: Sarah Kane. Direção: Lucas Andrade. Elenco: Samantha Moura, Vinicius Tabarine, Ju Meireles. Quando: Domingo,17/11 às 19h. Onde: Espaço Cia da Revista. 16 anos.
  • Relógios de areia (leitura dramática) – A obra remete à figura do bíblico profeta Jonas, metamorfoseado em mula do tráfico, revisitando os recônditos do seu medo ancestral – a baleia – invocando-a polissemicamente. Direção: Talita Rosa. Texto: maria Shu. Elenco: André Moraes, Douglas Lima, Rhobson Del Kishall, Zé Motta, Brunaa de Moraes, Fernanda Otaviano e Marcelo Orani. Quando: Sábado, 16/11 às 14h30. Onde: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt. Livre.
  • Ricardo III - Esta peça foi encenada pela primeira vez entre 1592 e 1593. O texto transpassa a história real da Inglaterra, no final da Guerra das Rosas, conflito sucessório pelo trono inglês ocorrido entre 1455 e 1485. “Ricardo III” lança um olhar sobre os bastidores políticos no que se refere à imoralidade e à ambição para se chegar ao poder. Traições, complôs e outras perversidades recheiam a obra. Texto: William Shakespeare. Tradução/Adaptação: Jorge Louraço. Direção: Marcelo Lazzaratto. Elenco: Chico Carvalho, Mayara Magri, André Corrêa, Evas Carretero, Fernando Nitsch, Heitor Goldflus, Imara Reis, Isis Valente, Marcelo Moraes, Marcos Suchara, Maria Laura Nogueira, Mario Luiz, Rafael Losso, Renata Zhaneta. Quando: Sexta-feira, 15/11 às 17h. Onde: Teatro João Caetano. 12 anos. Gratuito (sessão não exclusiva). Os ingressos deverão ser retirados 2 horas antes do início da sessão, sujeito à lotação da casa.
  • Saman - É aquele que é inspirado pelo espírito, aquele que não perdeu a conexão, a integração. Ciclos de nascimento, vida, morte e renascimento de um ser. Nesta abertura de processo, Saman se propõe a resgatar a poesia do ser que comunga com a terra e que a compreende como parte inseparável de si, o ser que contempla e é em sua essência parte dos fenômenos da natureza. Texto: Gustavo Braunstein. Direção: Lilian Prado. Elenco: Gustavo Braunstein, Lilian Prado, Lucas França e Murilo Rocha.  Quando: Sábado, 16/11 às 23h59. Onde: SP Escola de Teatro.   16 anos.
  • Sinfonia em estilhaço para micro system e clavícula - Uma mulher torturada durante o regime militar decide sequestrar seu torturador anos depois para um acerto de contas. Texto inédito da Cia da Janela escrito por Luiz Correa trata de um período obscuro de nossa história: A ditadura militar brasileira e reflete sobre nossas liberdades reguladas e as formas de governo do Eu. Dramaturgia: Luiz Correa. Direção: Lucas Vitorino. Elenco: Juliana Amorim e Luiz Correa. Quando: Domingo, 17/11 às 16h. Onde: Espaço Cultural Pinho de Riga. 16 anos.
  • Só Dois - Um show de humor que acontece em dois atos, de aproximadamente 30 minutos cada. Em cada ato há sempre uma Performance ou uma Cena de Improviso ou um texto cômico com Personagens ou todas as alternativas. Várias possibilidades e nenhuma noção de bom senso. Texto: Fernando Farias. Co-direção: Fernando Farias e Roberto Lacava III. Elenco: Fernando Farias e Roberto Lacava III. Quando: Domingo, 17/11 às 18h30. Onde: Tenda de Teatro. 16 anos.
  • Só... Entre Nós - Um triângulo amoroso. O tempo não é linear, presente, passado e futuro se confundem a todo instante. Direção: Joca Andreazza. Elenco: Marcia Nemer, Jentzsch, Ricardo Henrique e Tiago Martelli. Quando: Domingo, 17/11 às 16h. Onde: Espaço Parlapatões. Livre.
  • SoHnoS - O projeto opera no imaginário dos atuadores para pesquisar o homem-estrangeiro que se perde na projeção do seu próprio ideal ao transitar os mundos do real e virtual. Trata-se de uma experimentação cênica, que tem como ponto de partida “As Ruínas Circulares” do autor Jorge Luís Borges. Texto e direção: Carol Guimaris. Elenco: Herácliton Caleb, Maurício Coronado e Carol Guimaris.   Quando: Domingo, 17/11 às 19:30. Onde: SP Escola de Teatro. 16 anos.
  • Soterramento - Retratando de maneira trágica, irônica e poética a peça narra a situação de duas mulheres presas em um desabamento. A partir de uma situação limite resgatam suas memórias, seus traumas, seus momentos de felicidade, suas identidades e a esperança de "habitarem" num mundo mais justo, leve e "aconchegante" de se viver. Texto: Lucas Arantes. Direção: Letícia Andrade. Jana Frasson e Mabru Rodrigues.  Quando: Domingo, 17/11 às 01h. Onde: Satyros II. 12 anos.
  • Sou O Vento - Duas pessoas sozinhas em alto mar. Um e Outro apenas na imensidão azul e brava. O vento pode soprar contra ou a favor da vida. O experimento cênico explora o lúdico e o mistério, buscando exprimir um ambiente onde tudo pode ser criado e imaginado. Texto: Jon Fosse. Direção: José Sampaio e Tiago Leal. Elenco: Cláudio Poiccard, Gabriela Pas, Ju Meirelles, Jorge Yuri, Luis Octavio Rogens e Nina Santos.  Quando: Sábado, 16/11 às 21h. Onde: Martins Fontes. 16 anos.
  • Tão pesado quanto o Céu - Som ensurdecedor de pássaros. Domingo. Dois homens. Ponto de ônibus. Esperam. Moram pra lá. Fumam. Futebol, cerveja, mulheres. Malditos pássaros nos fios. Mora com a mãe, o pai e Crumb, o cão. Trabalha no supermercado de esquina há dez anos. Passa o primeiro ônibus. Não sai: ainda restam dois. Pássaros pra serem estilingados. Uma foto. O amigo que pulou de uma ponte. Luz do poste falhando. A ponte é bonita na penumbra. Frases feitas. O segundo ônibus. Passou. O tédio que ronda nos fios. Eram bons amigos. A mãe ronca, arrasta chinelos. A garota espera. Camiseta branca, tênis detonado, camisa xadrez. Riria dos que ainda leem quadrinhos. Te detestaria. Mire direito, vai. Matou um urubu. A coisa mais legal que já aconteceu na vida dele. Nas alturas, o oxigênio é rarefeito. O último ônibus? Os pássaros sumiram. Texto: Ricardo Inhan. Direção: Mariana Vaz. Elenco: Pedro Stempniewski e Ricardo Henrique. Quando: Sexta-feira, 15/11 e Sábado, 16/11 às 21hs; Domingo, 17/11 às 19hs. Onde: Teatro Cacilda Becker. 14 anos.
  • Vestido de Noiva - Vestido de Noiva foi encenada pela primeira vez em 1943 e faz parte das peças chamadas psicológicas do autor. As cenas de alucinação e memória são frutos do subconsciente de Alaíde, mulher que vive um triângulo amoroso com o marido Pedro e a irmã Lúcia. Depois de discutir com Lúcia, Alaíde sai de casa e é atropelada. Enquanto está no hospital sendo operada pelos médicos, ela revive momentos de sua vida como o dia de seu casamento, e os planos de Pedro e Lúcia de matá-la e ainda encontra em suas alucinações Madame Clessi, uma cafetina assassinada pelo namorado de dezessete anos e cujo diário Alaíde havia encontrado na casa onde morava. Texto: Nelson Rodrigues. Direção Eric Lenate. Elenco: Gabriela Fontana, Lavínia Pannunzio, Jorge Emil, Luciana Caruso, Micca Segatto, Laerte Késsimos, Luciana Azevedo, Adilson Azevedo, Fernanda Belinatti, Marcelo Villas Boas e Diego Dac. Participação Especial “em off”: José Wilker. Quando: Sexta-feira, 15/11 e Sábado, 16/11 às 21h; Domingo, 17/11 às 19h. Onde: Teatro do Núcleo Experimental. 16 anos
  •  
  • Vira-latas de aluguel – Conta a historia de um grupo de bandidos que se reúne para roubar uma carga. Mas o plano dá errado, e eles desconfiam que há um traidor entre eles. Encurralados em uma igreja evangélica, esperam pelo patrão e por uma solução. O publico e conduzido para a Heliópolis por uma van e a peça usa espaços dentro da comunidade. Concepção e direção: Daniel Gaggini. Elenco: Aga Orimaf, Ana Carolina, Bruno Ribeiro, Cesar Filho, Diego Renan, Eduardo Ferreira, James Calegar, Klaviany Cozy, Luciano Santos e PC Marciano. Quando: Sábado, 16/11 às 20h. Onde: Comunidade de Heliópolis ( uma van sairá do Espaço Satyros I para levar o publico até a comunidade e depois voltará para a Praça Roosevelt). Duração total 2h15 – Limitado a 15 Lugares. 16 anos.
  • Xambudo, outro lugar nenhum - Um casal vê seu pequeno pedaço de terra desprender-se do continente e tornar-se uma ilha à deriva no Rio de La Plata, e decide fundar ali um país. Agora seguem em busca de algum reconhecimento que possa legitimá-los como independentes. Num texto escrito em espanhol e português são levados questionamentos sobre a latinidade, identidade e liberdade. Esta história são todas as histórias. Texto: Aderbal Freire Filho. Direção: Ticiano Diógenes. Elenco: Aline Nabisi, Eduardo Diaz, Fernando Blauth Klipel, Padu, Pedro Poema, Taianã Melo.  Quando: Quinta-feira, 14/11 às 22h30. Onde: Tenda de Teatro. 14 anos.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO