CIDADE

Protesto termina em confronto entre estudantes e policiais

Alunos haviam interditado a Avenida Nove de Julho contra reorganização das escolas 

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Estudantes x PMS
Estudantes usaram cadeiras escolares para bloquear a Nove de Julho na noite de terça (1º) (Foto: Ronaldo Silva/Futura Press/Folhapress)

Na noite de terça (1º), um protesto contra a reorganização das escolas estaduais terminou em confronto entre estudantes e policiais militares na Avenida Nove de Julho, região central de São Paulo. Os manifestantes usaram cadeiras escolares para bloquear a via.

+ Impasse com escolas estaduais ocupadas deve se arrastar até 2016

Perto das 21h, um grupo de estudantes começou a negociar com a PM uma saída pacífica da via. Os jovens, que bloqueavam a avenida havia cinco horas, se recusaram a deixar o local.

+ Confira as últimas notícias

A polícia decidiu agir para retirar os estudantes e chegou a usar bombas de efeito moral. Uma parte revidou atirando pedaços de pau e pedras. Boa parte do grupo se dispersou.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, quatro estudantes, dois deles menores de idade, foram detidos. Entre eles estão Camila Lanes, presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas. Todos foram liberados.

Confira imagens do protesto: 

Estudantes x PM
Policiais usam bombas de efeito moral para dispersar estudantes (Foto: Joel Silva/Folhapress)
Estudantes x PM
Policiais usam bombas de efeito moral para dispersar estudantes (Foto: Joel Silva/Folhapress)
Estudantes x PM
Jovem corre para fugir de efeitos de bomba de gás (Foto: Joel Silva/Folhapress)
Estudantes x PM
Estudantes enfrentam policiais militares na Avenida Nove de Julhoe (Foto: Joel Silva/Folhapress)
Estudantes x PMS
Alunos detidos após confrontos com a polícia (Foto: Rogerio Cavalheiro/Futura Press/Folhapress)

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO