Índice

Preço do cheese salada varia em até 200% nas lanchonetes paulistanas

Nos 49 endereços consultados, valores oscilaram entre 11 e 33 reais. Sanduíche mais barato é o do Seu Oswaldo, no Ipiranga, e, o mais caro, do 210 Diner, em Higienópolis

Por: Sophia Braun [colaborou Victória Kennedy] - Atualizado em

Hambúrguer do Seu Oswaldo
Hambúrguer do Seu Oswaldo: o cheese salada é o mais barato da cidade (Foto: Mario Rodrigues)

Hambúrguer, queijo, alface, tomate e maionese. Combinados dentro de um pão, esses cinco itens compõem o clássico cheese salada. Apesar da receita simples, o preço do sanduíche varia até R$ 22,00 nas principais lanchonetes paulistanas, segundo levantamento feito por VEJASAOPAULO.COM.

+ Pão na chapa com pingado custa até R$ 16,50 nas padarias paulistanas

+ Hot-dogs: dos pé-sujos aos sofisticados

Durante uma semana, a reportagem apurou o valor do lanche em 49 endereços. Desse total, oito casas descoladas não fazem a versão tradicional mas, sim, variações acrescidas de bacon, por exemplo, e ficaram fora da lista. São elas Applebee's, Cadillac Burger, Meat Chopper, Meats, Ritz, St. Louis, St. Louis Burger Shop e Z Deli Sanduíches. Por respeitar as normas da culinária kosher, que proíbe a ingestão de carne e derivados de leite na mesma refeição, a Pinati também não foi contabilizada. 

Nas demais, o valor do cheese salada transitou entre R$ 11,00 e R$ 33,00 — uma variação de 200% —, sendo o preço médio do lanche R$ 21,11. O sanduíche do 210 Diner, em Higienópolis, o mais caro, está quase R$ 12,00 acima dessa cifra. Indo um pouco mais longe: o dinheiro referente a essa diferença compra, sozinho, o sanduba do Seu Oswaldo, no Ipiranga, o mais barato da lista (e ainda sobram uns trocados).

Mas a matemática não é tão simples. Para compreender esses preços, é preciso ponderar, principalmente, a qualidade dos ingredientes. Consagrado com o título de melhor hambúrguer gourmet pelo especial "Comer & Beber" de 2012, o 210 Diner aplica o rigor técnico de um restaurante para preparar os hambúrgueres de 180 gramas de acém, picanha e patinho de gados de raças britânicas.

+ Itaim Bibi é o bairro das hamburguerias

+ Pinheiros tem lanchonetes para todas as turmas

Esses bifões de interior rosado são servidos ao lado de alface, tomate, cebola e picles de pepino feito lá mesmo. "A conserva demora até quatro dias para ficar pronta", diz a subchef Livia Calixto. "Outro diferencial é a porção de batata frita ou de cebola empanada cortada em anéis servida como acompanhamento", justifica Livia. Tudo isso sai por R$ 27,00. Para se tornar cheese salada, entram o queijo mussarela da marca Roni e a maionese temperada (R$ 3,00 cada item).

Outros no topo da lista, como Butcher's Market,General Prime Burger e Hamburgueria Nacional, também justificam os preços mais salgados por ingredientes de qualidade e acréscimo de acompanhamentos, caso do P.J. Clarke's, onde o sanduba chega à mesa ao lado de fritas, onion rings ou salada.

O cheese salada do Seu Oswaldo, mais simples, leva 90 gramas de carne, queijo prato torrado nas bordas, maionese artesanal, alface e um molho de tomate fresco no lugar do tomate em rodelas. Sua receita quarentona não deixa nada a desejar à concorrência e lhe rendeu o prêmio de melhor hambúrguer tradicional, também na edição 2012 do "Comer & Beber".

Abaixo, confira todos os preços:

índice cheese salada
(Foto: Simone Yamamoto)

Fonte: VEJA SÃO PAULO