Exposições

Os caminhos da Índia no CCBB

Mostra com 350 peças aborda a história e a cultura do país de Gandhi e Bollywood

Por: Jonas Lopes

Índia! - exposições 2256
Relicário de terracota incluído na montagem: seleção grandiosa (Foto: Divulgação)

O cenário paulistano de exposições começou fértil para quem gosta de montagens de grande porte. Depois da excelente Roma — A Vida e os Imperadores, em cartaz no Masp, chegou a vez de Índia!, que inicia temporada no Centro Cultural Banco do Brasil a partir de terça (14). No Rio de Janeiro, foi visitada por 600.000 pessoas. Tudo nela é monumental, bem de acordo com o local abordado: a população, de mais de 1 bilhão de pessoas, fala 23 línguas oficiais e se divide em cerca de 200 etnias. O curador Pieter Tjabbes afirma ter priorizado a diversidade cultural na organização cenográfica. “Cada sala tem um caráter distinto, uma decoração exclusiva, um jeito diferente de fazer o espectador apreciar as atrações.”

+ Candido Portinari ganha mostra no MAM

+ Onde comer quando você for ao teatro, cinema ou exposição

E não falta conteúdo: foram reunidas 350 peças, entre objetos sacros, estátuas, vestimentas, máscaras, pinturas e fotografias. Um altar hindu aparece no hall do CCBB, e até figurinos da novela global Caminho das Índias (2009) estão contemplados. O cinema de Bollywood e o líder pacifista Mahatma Gandhi ganham homenagens específicas. Completam a montagem obras de dois artistas e um coletivo contemporâneos. Destaque para Vishal K Dar, que coloca Gandhi em situações hilárias no mundo moderno, inclusive soltando raio laser em uma nota de dinheiro. Quem aprecia esse núcleo pode comemorar: a partir do dia 25, o Sesc Belenzinho hospeda outra parte da mostra, com trinta trabalhos de dezenove talentos das últimas décadas.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO