Acidente

Mãe pede interdição da praia onde neto de Chico Anysio morreu

"Nem surfista profissional em plena forma é capaz de lutar contra correnteza", escreveu Márcia Brito

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Rian Brito desaparecimento
Márcia Brito e Nizo Neto com o filho desaparecido, Rian Brito (no centro) (Foto: Reprodução/Facebook)

A mãe de Rian Brito usou a internet para fazer um longo desabafo neste sábado (5). No Facebook, Márcia Brito alegou que o local onde o corpo músico foi encontrado é perigoso e deveria trazer uma placa que proíbe mergulho e banho. O neto de Chico Anysio estava desaparecido desde o dia 23 e, na quinta (3), seu corpo foi encontrado em uma praia de Quissamã, litoral do Rio de Janeiro.

+ Fique de olho nas últimas notícias da cidade

"Nem surfista profissional em plena forma é capaz de lutar contra correnteza para voltar a margem, esgotando todas suas possibilidades. Nesta praia, que mesmo sendo deserta está aberta ao público, deveria haver placas 'proibido nadar'", escreveu Márcia, conhecida como Brita Brasil.

"Nesta praia, segundo os moradores, ninguém mergulha por se tratar de mar aberto, ou seja, quando você dá dois passos entrando no mar a areia acaba, e se você tentar voltar e pisar, é como em areia movediça, e é sugado por enorme correnteza", continuou. 

desabafo-brita
Em mensagem publicada no Facebook, Márcia Brito pede a proibição de banhos em Quissamã (Foto: Facebook)

Pouco antes, ela havia publicado uma mensagem em que pedia para que amigos e familiares não a procurassem. Disse: "Agradeço o imenso carinho de amigos e familiares. Mas peço que não me procurem. Sozinha vim, sozinha fiquei e sozinha irei."

De acordo com o laudo da necropsia. a morte de Rian foi causada por asfixia e afogamento. O corpo será cremado no domingo (6), no Rio de Janeiro.

Fonte: VEJA SÃO PAULO