Exposições

MAC ocupa andar de sua nova sede com duas mostras

Elas foram organizadas a partir do acervo do museu

Por: Jonas Lopes - Atualizado em

Joan-Miró - MAC - exposição - O Artista como Autor O Artista como Editor (1)
Personagem Atirando uma Pedra num Pássaro, de Joan Miró (Foto: Divulgação)

Aos poucos, o MAC vai preenchendo o antigo prédio do Detran. Agora, além do térreo e do anexo, estão ocupados dois dos andares. Um deles, o sexto, acaba de receber duas boas mostras de arte do século XX montadas a partir do acervo do museu.

O Artista como Autor/ O Artista como Editor sofre com um conceito pouco claro, que separa criadores de pegada autoral forte daqueles dedicados a catalogar e dar novos significados a imagens pre existentes. Esqueça a teoria e concentre-se na seleção de 47 obras.

Joan-Miró - MAC - exposição - O Artista como Autor O Artista como Editor (2)
Autorretrato de José Antonio da Silva: arte do século XX (Foto: Divulgação)

Uma das pérolas da coleção, o guache Personagem Atirando uma Pedra num Pássaro, do catalão Joan Miró, destaca-se ao lado do expressionismo de Karel Appel e Iberê Camargo. O imenso óleo Claudius é uma rara chance de ver uma tela do alemão Gerhard Richter no Brasil.

Perto dali está montada uma pequena individual de José Antonio da Silva. O naïf de origem humilde descoberto em um concurso por críticos importantes, entre eles Pietro Maria Bardi e Lourival Gomes Machado, tem 41 trabalhos reunidos. Há cenas rurais, retratos e a religiosa Ressurreição.

Uma dica: no fim do passeio, suba até o terraço do edifício projetado por Oscar Niemeyer e aprecie uma incrível vista de São Paulo.

Fonte: VEJA SÃO PAULO