Criminalidade

Jovem baleada era amiga de Victor Hugo Depmann, morto em assalto

Mãe do garoto fez desabafo no Facebook e disse que o "raio caiu duas vezes no mesmo lugar"

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

A mãe do jovem Victor Hugo Deppman afirmou em sua página no Facebook que a estudante Isabela Pavani, que levou um tiro na cabeça quando ia de carro para a faculdade, era amiga de seu filho. Na rede social, Marisa Rita Riello Deppman fez um desabafo e disse que infelizmente, o “raio caiu duas vezes no mesmo lugar”.

Victor Hugo foi morto na porta da sua casa, na Zona Leste, durante um assalto, depois de já ter entregado o celular para o criminoso. "Desde a morte do Victor, eu tenho cobrado, insistentemente, das nossas autoridades, de todas as esferas de poder, providências quanto à segurança do nosso país, em especial do estado de São Paulo, onde vivo com muito medo", escreveu.

+ Jovem leva tiro na cabeça em tentativa de assalto na Grande São Paulo

Marisa fez um apelo não apenas ao governador Geraldo Alckmin e ao secretário de segurança, mas também aos deputados e senadores de Brasília. "O sangue da Isabela Pavani também está nas mãos dos senhores, vossa atitude é vergonhosa, alvitante, como podem colocar a cabeça no travesseiro e dormir frente à guerra instalada na nossa sociedade?"

+ "Matou a troco de nada", desabafa pai de Victor Hugo

Por fim, a mãe de Victo Hugo afirma que a resposta aos políticos será dada no próximo ano. "Eu, de minha parte, vou continuar lutando por uma sociedade mais justa e com menos impunidade com meus amigos de caminhada, e minha resposta aos senhores darei o ano que vem nas urnas."

isabela e victor hugo
(Foto: Reprodução/Facebook)

Caso

Isabela Pavani Cruz, de 18 anos, foi baleada na cabeça durante uma tentativa de assalto na altura do quilômetro 215 da Rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos. O crime aconteceu por volta das 19h15 de terça (29).

+ Mãe de estudante vítima de latrocínio pede redução da maioridade penal

A jovem vinha da região de Arujá, onde mora com a família, e seguia de carro para a faculdade, que fica em Guarulhos, acompanhada de uma amiga. O automóvel da jovem, que é blindado, foi atingido na parte de trás.

Assustada, Isabela desceu do carro para verificar o ocorrido, quando foi surpreendida por três homens, sendo um deles armado. Antes mesmo de anunciar o assalto, ele atirou atingindo a região da nuca da vitima. Segundo testemunhas, o assaltante parecia nervoso.

+ Victor Hugo Deppman vira nome de praça

Isabela foi levada para o Hospital Nipo-Brasileiro e nesta quinta (31) continuava em estado gravíssimo, internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Fonte: VEJA SÃO PAULO