Consumo

Joalheria vende água mineral por 15890 reais

Loja do JK Iguatemi causa comoção entre os consumidores com o preço da garrafa 

Por: Daniel Bergamasco - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Enquanto as chuvas intensas não vêm com frequência, as piadas sobre "água ostentação" se tornam mais comuns, mas uma joalheria levou a ideia ao pé da letra.

Na tarde deste sábado (1), as vitrines da Montecristo nos shoppings Iguatemi, JK Iguatemi e Anália Franco amanheceram com uma garrafa de vidro cada uma e o preço na etiqueta: 15 890 reais.

+ O mês de outubro foi o mais seco em 84 anos do Sistema Cantareira

O produto nem é o mais caro do mostruário, onde um par de brincos pode custar 73 740 reais, mas, claro, causou comoção. "Que bem-humorado!", dizia uma cliente no JK Iguatemi. "Daqui a pouco vai ser assim mesmo", suspirava outra.

Quem entra na loja e pergunta sobre o item ouve da vendedora: "A ideia da garrafa na vitrine é mostrar a conscientização da Joalheria Montecristo com a água. O objetivo é fazer vocés pensarem se um dia a água vai ser tão preciosa quanto nossas joias". São exatamente essas palavras, já que cada profissional recebeu uma folha com as frases a serem ditas.

+ Sabesp amplia bônus para quem enconomizar água

Para quem fica na dúvida, a resposta é sim, a água está à venda, com dinheiro revertido para ONGs que trabalham com o tema.

E como chegaram a esse valor? "Os 15 890 não são caros, se você pensar que podem ter alto valor agregado. Assim como nossas joias, que não são caras, mas têm alto valor agregado", discorre Patricia Simeoni, uma das diretoras da marca. "As mulheres amam água, como amam os diamantes."

Até este momento, ninguém fez oferta por esse precioso bem.

Fonte: VEJA SÃO PAULO