Saúde

Jatene se recupera bem depois de novo infarto

Ex-ministro da Saúde continua na UTI do HCor, mas já se alimenta sozinho e iniciou o trabalho de fisioterapia

Por: Redação

ADIB JATENE - FERNANDO MORAES
Adib Jatene está com 85 anos (Foto: Nelio Rodrigues)

No final do mês passado, Adib Jatene, de 85 anos, um dos cardiologistas mais respeitados do país e ex-ministro da Saúde, sofreu infarto na coronária descendente anterior e foi internado em estado grave no HCor, no Paraíso. Sua recuperação nas últimas semanas vem surpreendendo os médicos que cuidam do seu caso. Ele não se encontra mais sedado e entubado. Alimenta-se sozinho, conversa normalmente, passa parte do tempo lendo na cama e iniciou há pouco as sessões de fisioterapia indicadas para a fase final de recuperação de pacientes com o seu perfil. Não há ainda prazo previsto para sua transferência a um quarto normal. 

É a segunda vez que o médico sofre um infarto. Em maio de 2012, ele estava em sua sala no HCor quando passou mal. Em entrevista à VEJA SÃO PAULO depois de sua recuperação, ele afirmou que diagnosticou o próprio infarto. Na época, ele escreveu: “Meu infarto, aliás, só não foi mais grave porque sempre pratiquei muito esporte e, por isso, tenho o que se chama de circulação colateral (desenvolvimento de vasos sanguíneos que servem de alternativa para o fluxo quando outros estão obstruídos). Hoje, faço caminhada, sou um bom paciente. Nunca passei de 90 quilos. A única coisa que me é desfavorável é ter ficado diabético de dez anos para cá (em decorrência de uma pancreatite). Tomo a medicação corretamente, não sou hipertenso, não fumo e não sou irritadiço, apesar de emotivo. Fiz tudo ao meu alcance, com a exceção dessa colocação de stent, que deveria ter sido realizada antes. Evidentemente, nunca se deve adiar o tratamento dessa forma devido a compromissos e correr o risco que eu corri."

Fonte: VEJA SÃO PAULO