Crime

Homem mata a namorada grávida e leva cabeça à delegacia

Assassinato ocorreu na quinta-feira, mas criminoso se entregou apenas no sábado

Por: Estadão Conteúdo - Atualizado em

crime pedreira
Corpo foi encontrado no sábado em uma viela de Pedreira (Foto: Reprodução/Rede Record)

Um homem de 23 anos se entregou à polícia após confessar ter matado e decapitado a namorada grávida na Zona Sul de São Paulo. Ele se apresentou no sábado (28) após o corpo ser encontrado em uma viela no bairro Pedreira. José Ramos dos Santos foi ao 1º Distrito Policial da Sé com a cabeça da vítima em uma mochila.

De acordo com as investigações iniciais, a morte ocorreu quinta-feira (26). Santos contou aos policiais ter matado a namorada Shirley Souza, de 16 anos, na casa onde mora com o irmão. Eles tiveram relações sexuais e depois passaram a discutir. Segundo Santos, a adolescente teria confessado a traição com um amigo do casal ocorrida durante os feriados do Natal e do Ano Novo. 

+ Confira as últimas notícias

O homem então esperou a jovem entrar no banho e deu uma chave de braço na moça, que desmaiou. Em seguida, foi à cozinha e pegou uma faca para cortar a cabeça, que guardou dentro de uma mochila. O resto do corpo foi enrolado em um edredom e escondido dentro de um armário da cozinha.

Quando o corpo começou a causar mau cheiro e o irmão de Souza reclamou, o jovem jogou o corpo da vítima em uma viela do bairro, na sexta-feira (27) à noite. No sábado, ao longo do dia, disse ter começado a se arrepender e, por isso, resolveu se entregar à polícia.

Após prestar depoimento, Santos foi preso e encaminhado para a carceragem do 77º. Distrito Policial, no bairro Campos Elísios, região central.

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO