Cinema

Os filmes nacionais que estreiam em 2011

Cerca de 70 títulos estão programados para chegar aos cinemas até o fim do ano

Por: Gabriela Simionato - Atualizado em

Bruna Surfistinha
"Bruna Surfistinha": longa tem Deborah Secco no papel principal | Crédito: Divulgação

Fãs de filmes brasileiros podem comemorar. Cerca de 70 produções nacionais devem ser lançadas até dezembro, de acordo com a Agencia Nacional do Cinema (ANCINE).

VEJA SÃO PAULO fez um calendário com 30 longas que chegam aos cinemas até setembro:

FEVEREIRO Bruna Surfistinha

O filme conta a história da garota de programa Raquel Pacheco, interpretada pela atriz Deborah Secco. O roteiro é baseado no livro “O Doce Veneno do Escorpião”. Estreia amanhã (25).

MARÇO Bróder

O filme se passa em apenas um dia narra o reencontro de três amigos de infância: Jaiminho (Jonathan Haagensen), Pibe (Silvio Guindane) e Macu (Caio Blat). O longa ganhou o Prêmio da Crítica de Melhor Filme do 3º Festival de Paulínia. Estreia prevista para o dia 18.

Corpos Celestes

Ganhador dos prêmios de Melhor Trilha Sonora, Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia e Ator Revelação no 5° Festival de Cinema de Goiânia, o longa dirigido por Marcos Jorge e Fernando Severo tem estreia prevista para o dia 11. Conta a história do astrólogo Francisco (Dalton Vigh), que dedicou sua vida aos estudos e deixou de lado sua vida pessoal.

Elza

O documentário narra a trajetória da cantora Elza Soares, com depoimentos de Caetano Veloso, Jorge Ben Jor, Paulinho da Viola e Maria Bethânia. Estreia prevista para o dia 11.

Lope

Parceria entre brasileiros e espanhóis, a cinebiografia sobre o dramaturgo espanhol Félix Lope de Vega reúne no elenco Sonia Braga e Selton Mello. O filme tem estreia prevista para o dia 4.

Raul Seixas – o Início, o Fim e o Meio

Documentário sobre Raul Seixas, o Maluco Beleza, dirigido por Walter Carvalho. O filme tem estreia prevista para o dia 4.

Rosa Morena

O filme de Carlos Augusto de Oliveira tem Vivianne Pasmanter e Bárbara Garcia no elenco. A história fala sobre um homossexual dinamarquês que tenta adotar uma criança brasileira. Estreia prevista para o dia 25.

Uma Professora Muito Maluquinha

Baseado no livro homônimo escrito por Ziraldo, o filme tem Paola de Oliveira como a professora Cate. Chico Anysio e Suely Franco integram o elenco. Estreia prevista para o dia 4.

VIPs – Histórias Reais de um Mentiroso

O documentário fala sobre Marcelo Nascimento da Rocha, conhecido por aplicar diversos golpes, nos quais se passou por chefe de tráfico, repórter de TV e filho do dono de uma companhia aérea, entre outros. Dirigido por Mariana Caltabiano, tem estreia prevista para o dia 11. 

Bróder
"Bróder": vencedor do Prêmio de Crítica de Melhor Filme do 3º Festival de Paulínia | Crédito: Divulgação

Vips

Wagner Moura vive Marcelo no filme baseado no livro “VIPs: Histórias Reais de Um Mentiroso”, de Mariana Caltabiano. O longa ganhou o prêmio de Melhor Filme no Festival do Rio 2010. Estreia prevista para o dia 25.

ABRIL

Amor?

O filme de João Jardim mistura ficção e documentário. No longa, Lilia Cabral, Eduardo Moskovis, Letícia Collin e outros atores interpretam depoimentos reais de anônimos sobre o amor. Estreia prevista para o dia 15.

As doze estrelas

A comédia com Cláudia Mello e Leonardo Brício conta a história do astrólogo Herculano, chamado para escolher o elenco da nova novela das oito pelo signo dos atores. Estreia prevista para o dia 21.

As Mães de Chico Xavier

Mais um longa fundamentado nas obras de Chico Xavier chega às telas. A história fala de três mães que enfrentam problemas com seus filhos e buscam ajuda com o médium. Estreia prevista para o dia 1º.

Cilada.com

Bruno Mazzeo é roteirista e protagonista do longa que leva o nome do programa exibido no canal Multishow. No filme, Bruno fica famoso após ser visto em um vídeo sexual com sua namorada (Fernanda Paes Leme). Estreia prevista para o dia 21.

Família Vende Tudo

Lindinha (Marissol Ribeiro) tem em suas mãos a salvação dos problemas financeiros da família, que planeja que a garota engravide de um cantor famoso (Caco Ciocler). A comédia tem estreia prevista para o dia 15.

Nana Caymmi em Rio Sonata

O documentário dirigido por Georges Gachot apresenta entrevistas e imagens de shows de Nana Caymmi, além de depoimentos de Dorival Caymmi, Maria Bethânia, Erasmo Carlos e Milton Nascimento. Estreia prevista para o dia 21.

Não Se Preocupe, Nada Vai Dar Certo

Hugo Caravana, diretor de “Casa da Mãe Joana”, filma a comédia sobre um ator que se faz passar por um famoso guru. Com Gregório Duvivier e Tarcísio Meira. Estreia prevista para o dia 29.

Sequestro

O documentário traz o acompanhamento feito durante quatro anos das investigações e táticas da Divisão Anti-Sequestro de São Paulo. Estreia prevista para o dia 29.

 

As Mães de Chico Xavier - pré-estreia
"As Mães de Chico Xavier": longa tem duas sessões de pré-estreia | Crédito: Divulgação

MAIO Belair

Documentário sobre a produtora Belair, criada por Julio Bressane e Rogério Sganzerla. Entre fevereiro e maio de 1970, foram realizados sete longas-metragens, barrados pela censura da época. Estreia revista para o dia 13.

Elvis & Madona

A comédia romântica dirigida por Marcelo Laffitte narra a história de amor entre uma lésbica e um transexual. Madona é uma cabeleireira que sonha em fazer um musical. Elvis é uma entregadora de pizza que sonha em ser fotógrafa. Estreia prevista para o dia 6.

Mamonas para Sempre, o Doc

Dirigido por Cláudio Kahns, o documentário relembra a história da banda Mamonas Assassinas, que ganhou notoriedade pela irreverência nas letras na década de 90. Os integrantes morreram em um acidente aéreo em 1996. Estreia prevista para o dia 20.

Não se pode viver sem amor

O longa conta a história de uma mãe e seu filho que chegam ao Rio de Janeiro para encontrar o pai que os abandonou. No caminho, esbarram em personagens diversos, dos quais tiram forças para acreditar que as coisas vão melhorar. Estreia prevista para o dia 6.

JUNHO Estamos juntos

O drama com Cauã Reymond e Leandra Leal narra a história de uma médica que tem de lidar com uma doença fatal. Estreia prevista para o dia 10.

Qualquer Gato Vira-Lata

A história de um triangulo amoroso formado por Tati (Cleo Pires), Marcelo (Dudu Azevedo) e Conrado (Malvino Salvador). Originado da peça “Qualquer Gato Vira-lata Tem uma Vida Sexual Mais Sadia que a Nossa”, de Juca de Oliveira, o filme tem estreia prevista para o dia 10.

JULHO Assalto ao Banco Central

O filme se baseia no crime cometido em Fortaleza, em 2005, considerado o maior assalto a banco no país. Dirigido por Marcos Paulo, tem Lima Duarte e Giulia Gam no elenco. Estreia prevista para o dia 22.

AGOSTO Capitães da Areia

A trama é baseada na obra homônima escrita por Jorge Amado. Com direção de Cecília Amado, tem estreia prevista para o dia 5.

Onde Está a Felicidade?

O filme conta a história de Teodora (Bruna Lombardi), que decide peregrinar pelo Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, após se divorciar. Estreia prevista para o dia 19.

O Palhaço

O drama dirigido e estrelado por Selton Mello conta a história do palhaço Pangaré, que entra em crise existencial no interior de Minas Gerais. Estreia prevista para o dia 26.

Xingu

O novo filme de Cao Hamburger retrata a história dos irmãos Villas Bôas, idealizadores da reserva do Parque do Xingu. Estreia prevista para o dia 19.

SETEMBRO O Homem do Futuro

Comédia com Wagner Moura e Alinne Moraes, na qual um cientista viaja no tempo acidentalmente e tem a chance de mudar seu passado. Estreia prevista para o dia 2.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO