Mistérios da Cidade

Festa do Divórcio ganha força na cidade

Apenas em São Paulo, mais de seis mil casais se separaram em 2011 e o evento ganha agora até comemoração

Por: Mauricio Xavier (com reportagem de Carolina Romanini e Flora Monteiro) - Atualizado em

Divórcio
Comemoração: para celebrar o fim, bolo dividido ao meio (Foto: Thinkstock)

Em 2011, ocorreram 6.382 separações na capital, o quere presenta um aumento de 135% em relação a 2007, segundo o Colégio Notarial do Brasil. O crescimento inspirou o surgimento de um novo serviço para esse “mercado”: a Festa do Divórcio.

A ideia partiu da empresária Meg Sousa, que transformou a tristeza pelo fim de seu próprio casamento em uma balada em 2009. No ano passado, a brincadeira virou negócio, e ela passou a realizar eventos semelhantes pela empresa Idealizzare.

Com itens bem peculiares, como bolo dividido ao meio (outros abaixo), as festanças podem custar mais de R$ 60.000,00. “Organizo umas duas a cada três meses, e a procura aumentou em 35% somente neste ano”, conta.

 

FESTA DE CASAMENTO

Doce bem-casado

Bolo tradicional

Noiva de vestido branco

Entrada na igreja com o pai

As alianças são trocadas

Arremesso do buquê

 

FESTA DO DIVÓRCIO 

Doce bem-separado

Bolo dividido ao meio

Divorciada de vestido preto

Entrada no evento com um dançarino

A aliança é martelada

Queima do buquê

Fonte: VEJA SÃO PAULO