Esporte

Santos, 100 anos de futebol-arte

Das façanhas da geração Pelé ao sucesso de Neymar, o time cresceu e ganhou o mundo

Por: Erich Beting, Rodolfo Rodrigues, Marília Ruiz e Raquel Grisotto

Santos 2265 - Pelé
O Rei, símbolo maior do clube: dezoito anos de sucesso liderando uma geração magnífica (Foto: Alexandre Battibugli)

Às margens do Atlântico Sul, na noite de 14 de abril de 1912, três jogadores — Mário Ferraz, Argemiro de Souza e Raymundo Marques — fundaram um clube na Rua do Rosário, no centro de Santos. Os esportistas que assinaram a ata sonhavam formar uma boa esquadra de futebol para a cidade. Foram muito além desse propósito. Em poucas décadas, impulsionada inicialmente pelos primeiros títulos e depois pela esplendorosa geração de Pelé (que vestiu sua camisa branca de 1956 a 1974), a equipe não apenas virou a maioral do pedaço como também se tornou uma das grandes forças do estado, do Brasil — e do mundo.

+ Concorra a uma camisa do Santos autografada pelo Pelé

+ Em vídeo, Pelé fala sobre os grandes momentos do time

+ Quanto você sabe sobre Pelé, o rei do futebol?

Atualmente, tem 5,2 milhões de torcedores no país, sendo que cerca de 1 milhão deles moram na capital paulista. De acordo com o último censo do IBGE, a população de Santos chega a pouco mais de 400.000 habitantes. Ou seja, há muito mais santistas fora do que dentro da cidade. Confira nas matérias listadas abaixo os principais ídolos do time, curiosidades a respeito de sua história, depoimentos de fãs ilustres e um roteiro para curtir o que há de melhor na Baixada.

Fonte: VEJA SÃO PAULO