especial crianças

Programas para quem quer curtir a capital com os filhos pequenos

De museus a baladas, diversos estabelecimentos oferecem opções de lazer e espaços adequados para receber e entreter bebês

Por: Bárbara Öberg

Dança Materna
A bailarina tatiana tardioli (de azul), durante sua aula de dança: rodopios com os bebês em slings (Foto: Gustavo Ferri)

Aquário de São Paulo

Maior empreendimento do tipo na América Latina, abriga cerca de 3 000 animais de aproximadamente 300 espécies. Encanta a menor idade desde a inauguração, em 2006, em especial por causa de seus exemplares mais exóticos, como os pinguins. O ponto alto do passeio é um tanque gigante com 1 milhão de litros de água salgada. Enquanto o observam, adultos e crianças permanecem em um recinto decorado como um submarino naufragado. A estrela desse espaço é o tubarão Mangona Pancho, com 1,80 metro de comprimento e 100 quilos. Em outro setor do parque ficam os mamíferos aquáticos, a exemplo das lontras e do peixeboi Tapajós.

Rua Huet Bacelar, 407, Ipiranga, ☎ 2273- 5500. 9h/18h (seg. a dom.). R$ 30,00 (seg. para todos os visitantes); R$ 35,00 (crianças de 3 a 12 anos); R$ 20,00 (pessoas com idade igual ou superior a 60 anos); e R$ 45,00. Grátis para menores de 3 anos. Estac. c/manobr. (R$ 30,00).

+ Especialistas dão dicas para lidar com dramas da infância

Baby Arts

A escola promove apenas atividades ligadas a música e direcionadas a crianças entre zero e 6 anos. Para os menores, de até 4 anos, oferece uma grade especial. As três sessões, que abordam a exploração dos instrumentos, das canções, do canto e do movimento, têm duração média de 45 minutos e costumam contar com a presença dos pais ou responsáveis. Para os mais velhos, são ministradas aulas de piano, com leitura de partituras.

Alameda dos Tupiniquins, 988, Moema, ☎ 4508-5041. Terça a sexta, 8h às 12h e 13h às 17h; sábado, 8h às 13h. R$ 175,00 (aula avulsa) e R$ 467,00 (uma aula por semana no plano trimestral).

+ Veja como lidar com a tecnologia com as crianças

Foto-Divulgação-Equipe-BVL-(4)
Biblioteca Villa-Lobos: tatames e pufes para se esticar (Foto: Divulgação)

Biblioteca Parque Villa-Lobos

Inaugurada no fim do ano passado em um prédio de 4 000 metros quadrados no popular parque da Zona Oeste, tornouse um destino procurado por pais e filhos. Isso porque grande parte de seus cerca de 15 000 títulos aborda o universo infantil. Os pequenos leitores e aqueles que ainda não sabem ler relaxam na instalação central do espaço, com tatames e pufes. Em outra área, coleções de bonecos, brinquedos e jogos entretêm quem prefere brincar. Os bebês costumam se divertir com os fantoches de dedo e com os DVDs disponíveis para ser usados nos computadores distribuídos pelo local.

Parque Villa-Lobos. Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001, Alto de Pinheiros, ☎ 3024-2500. Terça a domingo, 10h às 19h. Grátis.

Cadê Bebê

O espaço aberto em janeiro reúne crianças de zero a 6 anos para diversas atividades multidisciplinares. Há opções como jardinagem, marcenaria, culinária, circo, música e artes. Acompanhados pelos pais, os menores de 3 anos costumam explorar o ambiente de brincadeira livre, onde foram montados uma casinha de madeira, um banco de areia sintética, um mercadinho, uma biblioteca e uma piscina de bolinhas. Para brincar de segunda a sexta durante todo o mês e participar de todas as oficinas disponíveis é preciso desembolsar 818 reais. A diária, com três atividades incluídas, sai por 138 reais. Apenas para brincar, o preço é de 24 reais a cada meia hora.

Rua Emanuel Kant, 175 A, Itaim Bibi, ☎ 2361-5633. Segunda a sexta, 9h às 18h; sábado, 10h às 16h. R$ 24,00 a R$ 818,00. Estac. (R$ 20,00).

+ Dicas importantes para ajudar na vida escolar

CineMaterna
CineMaterna: a chance de assistir a um filme com o bebê no colo (Foto: Irene Nagashima)

CineMaterna

Nas sessões do projeto, pais assistem a filmes recém-lançados ao lado de seus bebês de até 18 meses. As salas oferecem condições adequadas aos recém-nascidos: há trocadores com lencinhos, fraldas e pomadas. A luz permanece acesa durante a sessão, o som é mais baixo que o usual e o ar-condicionado, mais fraco. Uma boa pedida para mães e pais cinéfilos se divertirem sem desgrudar dos filhos. As salas e os preços e horários das sessões mudam toda semana. Mais informações em www.cinematerna.org.br.

Dança Materna

Mais do que aprender os passos, a intenção é fortalecer o vínculo da mãe com o bebê, que sacoleja em um sling (carregador de pano) durante toda a atividade. A bailarina Tatiana Tardioli apresenta danças de influência brasileira e ensina técnicas de alongamento e relaxamento em dois endereços.

Casa do Brincar. Rua Ferreira de Araújo, 388, Pinheiros, ☎ 3032-2323. Quarta, 14h30 e 16h15. R$ 70,00 (aula avulsa) a R$ 260,00 (mensal). Casa Moara. Rua Guararapes, 634, Brooklin, ☎ 5096-2318. Quinta, 14h30. R$ 70,00 (aula avulsa) a R$ 260,00 (mensal).

+ Cuidados com a saúde da criança

Disco Baby
Disco Baby: a balada conta com shows de palhaços (Foto: Lost Art)

Disco Baby

A festa mensal é uma oportunidade para pais e filhos caírem juntos na balada. Crianças entre 5 e 10 anos são o público-alvo, mas as menores não são barradas, ao contrário: o espaço possui uma piscina de bolinhas e bichinhos de pano para agradar aos bebês. Há duas pistas de dança — uma “convencional” e a outra forrada com EVA, material recomendado aos recém-nascidos. Mágicos, palhaços e malabaristas se apresentam no palco, enquanto os DJs convidados tocam uma mistura de rock, clássicos e canções infantis. Um micro-ondas fica à disposição dos frequentadores para esquentar mamadeiras e papinhas.

Casa 92. Rua Cristóvão Gonçalves, 92, Pinheiros, ☎ 3032-0371. R$ 10,00 (crianças) e R$ 20,00 (adultos).

Espaço de Brincar Sesc

Criado especialmente para crianças de até 6 anos, o local oferece atividades divertidas que podem incluir os adultos. A atração é encontrada em diversas unidades do Sesc na capital. A de Interlagos, por exemplo, conta com um enorme complexo em uma área repleta de árvores, onde um brinquedo em formato de jacaré, com mais de 30 metros, é usado como escorregador.

Sesc Interlagos. Avenida Manuel Alves Soares, 1100, Interlagos, ☎ 5662-9500. Quarta a domingo, 9h às 17h.

Família MAM
Criança interagindo com obra de arte na oficina do MAM: brincar e aprender (Foto: Marcelo Greco)

Família MAM

O projeto do Museu de Arte Moderna (MAM) promove o contato das crianças com a arte. Nos fins de semana, a instituição oferece uma programação gratuita composta de jogos, brincadeiras, oficinas artísticas e narração de histórias. Algumas dessas atividades são específicas para bebês, como a chamada visita mediada, em que eles interagem com as obras em exposição. No próximo dia 25 de abril, às 15 horas, haverá uma oficina de música e movimento com Sandra Bittar.

Museu de Arte Moderna (MAM). Parque do Ibirapuera, portão 3, ☎ 5085-1300. Terça a domingo e feriados, 10h às 18h. Grátis.

Fazendinha Estação Natureza

O principal atrativo do espaço de 10 000 metros quadrados é sua localização: os bebês entram em contato com a vida rural sem deixar o ambiente urbano. Por lá, eles são convidados a dar milho às galinhas e capim às vacas, e também a acariciar ovelhas, cabras e patos. Os animais que chamam mais a atenção dos bebês são os menores, como porquinhos-da-índia e coelhos.

Avenida Washington Luís, 4221, Santo Amaro, ☎ 5034-2728. Sábado e domingo, 10h às 17h. R$ 42,00; grátis para crianças de até 2 anos. Estac. (R$ 15,00).

Livraria Nove.Sete

Estabelecimento intermediário entre uma megastore e uma loja de bairro, proporciona um agradável passeio ao lado das crianças. Inaugurado há oito anos, o local tem capacidade para acomodar 100 pessoas e costuma receber eventos de contação de histórias, peças de teatro e oficinas, dos quais vários são voltados para bebês. Com 400 metros quadrados, o lugar se dedica à literatura infantojuvenil e prima pela organização. Seus mais de 10 000 títulos são separados por seção, como poesia, mitos e lendas, música, teatro, quadrinhos, contos de fadas e culinária infantil. Há uma estante com exemplares específicos para a primeira infância, com livrinhos que tocam música ou apresentam desenhos grandes e coloridos. Para os que ainda não sabem ler, é possível participar da narração de histórias com fantoches.

Rua França Pinto, 97, Vila Mariana, ☎ 5573-7889. Segunda a sexta, 10h às 18h30; sábado, 10h às 18h.

Mamusca 

O espaço tem um jeitão de casa da vó, com quintal, árvore, tanque de areia, casinha de boneca e brinquedos. A proposta é que adultos (pais ou não) se divirtam junto com crianças, de 2 meses a 6 anos. O imóvel em Pinheiros, com 428 metros quadrados, possui estrutura adaptada, com banheiros e mesas menores. Ali os pequenos participam de oficinas e aulas de culinária, ouvem histórias e celebram festinhas de aniversário. Há ainda um café bacana para que todos possam recuperar as energias durante as brincadeiras.

Rua Joaquim Antunes, 778, Pinheiros, ☎ 2362-9303. Terça a sábado, 9h às 18h. R$ 25,00 (a hora, ter. a sex.) e R$ 30,00 (a hora, sáb.). R$ 55,00 (oficina, ter. a sex.) e R$ 60,00 (oficina, sáb.).

Natação
Natação: a primeira experiência aquática (Foto: Mari Cury)

Natação

Acompanhados pelos responsáveis, os bebês têm a oportunidade de dar as primeiras braçadas em uma piscina. Nas unidades de Higienópolis e da Bela Vista da academia Competition, as aulas são realizadas em um espaço adaptado especialmente para os pequenos de 6 meses a 3 anos. Durante o curso, eles aprendem um pouco sobre respiração, musculatura e coordenação motora.

Competition Higienópolis. Rua Dr. Albuquerque Lins, 1080, Santa Cecília, ☎ 3660-8400. Segunda a sexta, 6h às 22h30; sábado, 8h às 14h. Competition Paulista. Rua Cincinato Braga, 520, Bela Vista, ☎ 3149-9777. Segunda a sexta, 6h às 23h; sábado, 9h às 16h. R$ 366,00 a R$ 492,00.

Parque Buenos Aires

Ilha verde situada entre a Avenida Angélica e as ruas Piauí, Bahia e Alagoas, em Higienópolis, é um local agradável para passeios ao ar livre. Um parquinho reservado costuma ficar lotado com bebês e os pais durante a manhã, período em que pode ocorrer o “congestionamento” de carrinhos. Cachorros também são bem-vindos ao local e correm, livres da coleira. No ponto mais alto da praça, há uma escultura de mármore de Caetano Fraccaroli que representa uma mãe e, logo na entrada, vemos uma fonte bem preservada.

Avenida Angélica, s/nº (altura do número 1500), Higienópolis. Segunda a domingo, 6h às 19h. Grátis.

Praça São Lourenço 

Uma casinha na árvore é a sensação entreas crianças que frequentam o restaurante.Há também uma sala de recreação, ondeos menorzinhos, acompanhados dosresponsáveis, participam de atividades monitoradas,como pintura, contação de históriase mímica. No mesmo espaço, ficamdisponíveis brinquedos. Aos sábados e domingos,receitas infantis integram o bufê (R$ 98,00 a R$ 107,00 por pessoa). Crianças de até 5 anos não pagam.

Rua Casa do Ator, 608, Vila Olímpia,☎ 3053-9300. Segunda a sábado, 12h às 15h e 19h a 0h. Estac. c/manobr. (R$ 25,00).

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO