POLÍCIA

PM e manifestantes entram em confronto na zona norte de São Paulo

Moradores protestavam morte de adolescente em acidente na noite de quarta-feira (14)

Por: Estadão Conteúdo - Atualizado em

caminhao desgovernado mata adolescente na avenida Santa Ines
Caminhão desgovernado atropelou jovens que assistiam a uma partida de futebol em praça na avenida Santa Inês, na Zona Norte (Foto: Mario Ângelo/Estadão Conteúdo)

Policiais militares entraram em confronto com moradores que fizeram um protesto no início da noite desta sexta-feira (15) na Estrada Santa Inês, no Jardim Peri, zona norte de São Paulo.

+ Confira as últimas notícias da cidade

No ato, em protesto pela morte de um adolescente em um acidente na noite de quarta-feira, na região, pneus foram queimados e a via foi interditada.

Segundo a Polícia Militar, os agentes foram recebidos a pedradas pelos moradores, iniciando o confronto na região.

ACIDENTE

Um caminhão atropelou e matou um adolescente de 14 anos e deixou ao menos nove feridos - quatro deles adolescentes - na noite desta quarta-feira, 13, na Estrada Santa Inês, no Mandaqui, na zona norte de São Paulo.

De acordo com informações da polícia e da Secretaria de Segurança Pública (SSP), o motorista do veículo disse que o conduzia no sentido bairro, por volta das 21 horas, mas que perdeu o controle da direção ao fazer uma curva. Ele afirmou ter buzinado para as pessoas para informar que estava sem freios. O caminhão bateu em um trailer e, em seguida, no portão de uma residência.

O estudante Tiago Dias Cirqueira Sousa não resistiu aos ferimentos e morreu. Outras nove pessoas, incluindo o motorista do caminhão, foram socorridas. O condutor foi levado ao pronto-socorro do Hospital Geral de Taipas, na zona norte. As outras vítimas foram hospitalizadas em unidades da região.

bombeiros atendem vítimas de caminhão desgovernado
Cerca de vinte pessoas ficaram feridas e um adolescente morreu em acidente envolvendo um caminhão desgovernado na avenida Santa Inês, no bairro do Mandaqui, zona norte (Foto: Mario Ângelo/Estadão Conteúdo)

Fonte: VEJA SÃO PAULO