Tome nota

Cinco bons espetáculos de dança estreiam até o fim do mês

São Paulo Companhia de Dança e Balé da Cidade são dois dos destaques que entram em cartaz

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

São Paulo Cia. de Dança
São Paulo Cia. de Dança: grupo estreia a segunda temporada de 2011 (Foto: Reprodução/Site oficial)

São Paulo se volta para a dança a partir desta sexta-feira (19), quando o Balé da Cidade estreia no Teatro Municipal três peças de seu repertório. É o primeiro bom espetáculo de um total de cinco destaques que entram em cartaz até o fim do mês.

+ Confira mais espetáculos de dança na cidade

+ Teatro: veja as melhores peças em cartaz

+ Sesc inaugura unidade no Bom Retiro

A primeira parte do programa do Balé da Cidade conta com as coreografias “La Valse” (1992), do argentino Luis Arrieta, e “Frágil” (1997), do israelense Itzik Galili. Em seguida o grupo apresenta “Coisas que Ajudam a Viver” (2009), de Susana Yamauchi, no qual 21 integrantes abordam o sentido da vida. As apresentações acontecem até domingo (21).

No sábado (20), a Especial Academia de Ballet recebe convidados como Erico Montes (Royal Ballet) e Mirela Costa Neto (Miami Citty Ballet) na comemoração de seus 40 anos. O grupo volta a se apresentar no domingo (21), sempre no Theatro São Pedro.

No próximo dia 26 a São Paulo Companhia de Dança inicia a segunda temporada de 2011, no Teatro Alfa. No repertório, a estreia da remontagem de “Supernova”, do alemão Marco Goecke; “Legend”, de John Cranko, remontada por Richard Cragun; “Inquieto”, criação de Henrique Rodovalho; e “Tchaikovsky Pas de Deux”, de George Balanchine.

De 26 a 28 de agosto, a norte-americana Limón Dance Company se apresenta no Sesc Vila Mariana com “There Is a Time”, “Chrysalis” e “O Imperador Jones”. O grupo é conhecido por misturar obras reconhecidas da dança moderna com aquisições de coreógrafos contemporâneos.

+ Xaveco Virtual: nossa ferramenta para paquerar no Twitter

Finalmente, a Cia. Cisne Negro apresenta, às 13h30 do dia 27, três pequenas peças de seu repertório: “Abacadá”, “Sabiá” e “Calunga”. O espetáculo, com entrada gratuita, faz parte da inauguração do Sesc Bom Retiro.

Fonte: VEJA SÃO PAULO