Crise hídrica

Chuvas mantêm sequência de alta de todos os sistemas da Sabesp

Cantareira chegou a 14,3% da capacidade. Guarapiranga e Alto Tietê também tiveram elevações

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

guarapiranga
Represa de Guarapiranga, na Zona Sul da capital (Foto: Niyi Fote/Futura Press/Folhapress)

Pelo segundo dia consecutivo, todos os sistemas administrados pela Sabesp tiveram alta do nível de seus reservatórios. Boletim divulgado pela companhia nesta sexta-feira (13), mostra que as precipitações dos últimos dias constribuíram para a elevação dos sistemas.

O Cantareira, por exemplo, subiu de 14% para 14,3% nesta sexta. Durante os últimos treze dias, o sistema já recebeu 74,2% dos 178 milímetros de chuva previstos para o mês.

Agora o principal responsável pelo abastecimento da capital, o Guarapiranga teve uma alta de 0,6 ponto percentual, passando de 72,2% para 72,8%. Já o Alto Tietê apresentou elevação de 0,2 ponto percentual e chegou a 20,6% da capacidade.

A maior alta registrada foi do sistema Rio Grande, do qual a Represa Billings faz parte. Ele subiu 1,8 ponto percentual, saindo de 93,3% para 95,1%. Alto Cotia chegou a 53,6% e o Rio Claro subiu apenas 0,1 ponto, indo de 39,9%  para 40%.

Fonte: VEJA SÃO PAULO