Concertos

CCSP inaugura novos pianos e abre temporada de concertos

O Centro Cultural São Paulo volta a promover apresentações gratuitas a partir dessa terça (5) em sala reformada

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Piano CCSP
Novos pianos serão inaugurados no projeto Terça no Centro, que ocorre as terças, às 20h30, com entrada gratuita (Foto: Sossô Parma)

A partir desta terça (5), o Centro Cultural São Paulo reinicia a série de música erudita Terça no Centro, sempre às terças, às 20h30, na Sala Jardel Filho. O concerto gratuito, que reúne os pianistas Eduardo Monteiro e Nahim Marun, comemora a chegada de dois novos pianos à instituição.

+ Saiba tudo sobre concertos na cidade

Os instrumentos gêmeos permitem uma sonoridade uníssona, ideal para as performances de duplas, explica o curador de música erudita do CCSP, Dante Pignatari. Segundo ele, os pianos, da marca Yamaha modelo C7, foram adquiridos por meio de uma licitação pública e custaram pouco mais de R$ 90 mil, cada um.

Até então, apenas a Sala São Paulo, sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), abrigava dois pianos Steinway iguais para concertos. A Sala Jardel Filho será devolvida à cidade após seis meses fechada para reforma. O espaço, diz Pignatari, passou por um tratamento acústico, recebeu novos equipamentos cenotécnicos e de ar-condicionado. Também está mais confortável, garante o curador.

Os músicos Eduardo Monteiro, vencedor do Prêmio Carlos Gomes (2004 e 2005) e chefe do Departamento de Música da ECA-USP, e Nahim Marun, prêmio de Melhor Solista do Ano da Associação Paulista dos Críticos de Arte (1996), interpretam um repertório que terá Frederic Rzewski, Sergei Rachmaninoff, William Bolcom e Maurice Ravel.

Kent Queener e Yara Gutkin
O duo Kent Queener e Yara Gutkin faz uma apresentação a quatro mãos na terça (26) (Foto: Divulgação)

Confira a programação de março da série Terça no Centro:

12 de março: Cantos de Cá e d’além Mar, com Deborah de Oliveira (canto) e Ricardo Ballestero (piano)

19 de março: Piano a Quatro Mãos: Kent Queener e Yara Gutkin

26 de março: Leçons de Ténèbres pour le Mercredy Saint, de Marc-Antoine Charpentier. No concerto de Semana Santa, um ofício de trevas barroco, com Clarissa Cabral e Natália Áurea (voz), Guilherme dos Anjos e Noara Paoliello (flauta doce), Luís Antônio Ramoska (fagote barroco) e Pedro Diniz (cravo).

Fonte: VEJA SÃO PAULO