Opinião do leitor

Cartas da edição 2473

Por: Veja São Paulo

CAPA VJSP 2472
EDIÇÃO 2472 (Foto: Reprodução)

› Saúde

Estou grávida de algumas semanas e bastante feliz, mas é impossível não ficar apavorada com essas notícias sobre saúde pública (“Gripe fora da estação”, 6 de abril). É H1N1, é zika, é o fim do mundo. Daqui a pouco, a gestante não poderá nem mais sair de casa!

Juliana Ferreto

 

› Política

A reportagem “O gabinete que virou palhaçada” (6 de abril) faz um retrato do que são os políticos brasileiros. É por isso que nosso país está desse jeito. Escolhemos pessoas como o Marquito para nos representar. Imagino que aqueles que o puseram na Câmara devam estar aplaudindo de pé a atitude do vereador, não é mesmo?

Eliana Rocha

 

Lamentável a conduta do vereador. É preciso banir esses aproveitadores nas eleições. O pleito é neste ano, e não podemos perder a chance de mudar São Paulo. 

Ernani Albertino

 

› Criminalidade

Em relação ao texto “Skank, 50 ‘conto’, vai querer?” (6 de abril), quem anda pelo centro sabe que aquilo está um horror. Não é seguro passar por ali em nenhum horário. Piora muito quando anoitece.

Roberta Mora

 

A Rua 24 de Maio é um terror em plena luz do dia. Você vira uma presa fácil. Passei minha infância no centro, mas hoje não frequento o lugar. Tenho medo. 

Jana Rocha

 

› Transporte

É Uber, paleteria, brigaderia e todos os modismos da vida cotidiana. Há muita gente fazendo a mesma coisa, e, numa hora, a oferta fica maior do que a demanda (“Longe das cinco estrelas”, 6 de abril).

Ana Paula Andrade Melo

Fonte: VEJA SÃO PAULO