Festas

Black-tie volta à moda e aquece o mercado de aluguel de trajes

Traje de gala volta a fazer sucesso em eventos da cidade; veja como não errar ao escolher

Por: Juliana de Faria - Atualizado em

Paulistanos festeiros começaram a notar, de um tempo para cá, que os convites para eventos passaram a trazer uma novidade. No lugar do esporte fino, social ou social completo, tornou-se cada vez mais comum o anfitrião determinar o traje black-tie. E toca retirar as vestimentas de gala do armário e espanar o pó de smokings e vestidos longos. "É uma forma de resgatar o glamour", afirma Fernanda Abujamra, diretora do Banco de Eventos, empresa especializada em comemorações e afins. "Não há nada mais elegante que uma festa a rigor." Para a celebração do casamento do empresário e ex-senador Gilberto Miranda com a estilista Carol Andraus, marcada para a última sexta, o arquiteto Jorge Elias, organizador das bodas e padrinho do casal, exigiu a roupa de gala. "A idéia partiu dos próprios convidados", diz. "Eles sentem falta de oportunidades para se enfeitar."

O resgate do black-tie reflete-se no mercado de aluguel de trajes. Na Black Tie, no Jardim Paulista, as araras nunca estiveram tão movimentadas. A loja, que atua no ramo há 28 anos, registrou, de 2006 para cá, um crescimento de 15% na locação de peças masculinas e 12% na de femininas. Mensalmente, deixam os cabides cerca de 200 smokings e 150 vestidos. A consultora de moda Manu Carvalho aprova o aluguel. "Se a roupa tem um caimento legal, não é cafona." Mas dá uma sugestão caso alguém queira ter as peças no closet. "Como são caras e dificilmente saem de moda, aproveite as liquidações."

Para a promoter Ana Maria Carvalho Pinto, nem todos os eventos podem exigir o vestuário. "O ideal é que sejam comemorações grandiosas como bodas ou aniversário de empresas", explica. "Caso contrário, não há necessidade de criar stress para os convidados." As letrinhas no convite que indicam o uso do traje a rigor preocupam. Em junho, na festa de inauguração da clínica de estética Hara e no aniversário de quinze anos da revista Gula, alguns convidados ligaram para saber como, afinal, deveriam ir. "Quem foi de blazer e gravata destoou", conta Cidinha Cabral, diretora de marketing da publicação. "É um crime desrespeitar o código de vestimenta de uma festa", afirma Manu.

Uma dica para ninguém errar: o conjunto masculino é preto, com cetim na lapela, camisa branca com pregas na frente, gravata-borboleta, faixa na cintura (exceto se o paletó for tipo jaquetão) e sapatos de verniz ou cromo, sem nenhum detalhe. Já as mulheres podem abusar dos vestidos longos, saltos finos e bolsas pequenas. Mas Manu avisa que existe um "black-tie contemporâneo". Ele admite comprimentos mais curtos nas roupas das mulheres. Homens também podem adaptar o visual com sapatos formais e gravatas-borboleta com nós prontos, aquelas presas com elástico. "A vida moderna pede certos ajustes", diz ela.

Aslan Rigor. Avenida Rebouças, 2808, Jardim Paulista, tel: 3815-0731. Smoking: aluguel a partir de R$ 100,00, venda a partir de R$ 500,00. Vestido: aluguel a partir de R$ 180,00, venda a partir de R$ 500,00. Locação com antecedência mínima de seis horas.

Casanova. Avenida Rebouças, 2320, Jardim América, tel: 3082-3144. Smoking: aluguel a partir de R$ 180,00, venda a partir de R$ 1.900,00. Vestido: aluguel a partir de R$ 350,00, venda a partir de R$ 1.600,00. Locação com antecedência mínima de dez dias para homens e quinze dias para mulheres.

Black Tie. Avenida Rebouças, 2823, Jardim Paulista, tel: 3067-4600. Smoking: aluguel a partir de R$ 190,00, venda a partir de R$ 2.500,00. Vestido: aluguel a partir de R$ 300,00, venda a partir de R$ 600,00. Locação com antecedência mínima de seis horas.

Black Time. Avenida Indianópolis, 250, Moema tel: 5051-6462. Smoking: aluguel a partir de R$ 180,00, venda a partir de R$ 950,00. Vestido: aluguel a partir de R$ 360,00, venda a partir de R$ 1.500,00. Locação com antecedência de uma semana para homens e quinze dias para mulheres.

Versátil Aluguel de Trajes. Avenida Jorge João Saad, 703, Morumbi, tel: 3744-1972. Smoking: aluguel a partir de R$ 80,00. Vestido: aluguel a partir de R$ 130,00. Locação com antecedência de uma semana.

Fonte: VEJA SÃO PAULO