Mistérios da Cidade

Berbela e suas estranhas motos

Por: Edison Veiga [Camila Antunes e Maria Paola de Salvo] - Atualizado em

O que é, o que é: tem duas rodas mas não é uma bicicleta, chifres mas não é um bode e luzes pisca-pisca mas não é uma árvore de Natal? É a motoca de Edinaldo da Silva, o "Berbela", mecânico da favela de Paraisópolis. Quase todos os dias, ele dá uma voltinha pelas ruas do Morumbi para desfilar sua "obra de arte".

Onde arrumou essa moto?

Fui eu que fiz. Todas as peças são de reciclagem: motor aposentado de Honda Biz, ferragem de uma antiga cadeira e um par de chifres encontrado numa caçamba. A roda da frente é de bicicleta e a de trás, de mobilete.

Ela anda bem?

É o meu meio de transporte. Vou ao supermercado e ao shopping com ela. Tenho outras oito. A mais bonita, construí na época da Copa do Mundo na Alemanha.

Também é verde e amarela?

Sim. Além de som e alto-falante, ela tem microfone, karaokê, sirene e uma minitelevisão. Gosto de passear ouvindo Raul Seixas em volume máximo.

Fonte: VEJA SÃO PAULO