internet

Paulistanos são maioria em site de traições que teve dados vazados

Hackers divulgaram nesta semana informações dos usuários da rede social AshleyMadison. Nova York é a segunda colocada 

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Ashley Madison
Site de traições Ashley Madison: paulistanos são maioria (Foto: Reprodução)

São Paulo é a cidade do mundo com o maior número de usuários no site AshleyMadison.com, rede social de traições. Dados da plataforma foram vazados por hackers nesta semana.

Nove em cada dez adúlteros não revelam casamento no primeiro encontro

Conforme as informações divulgadas, a capital paulista tem mais de 370 000 usuários cadastrados. Nova York, segunda colocada no ranking, tem aproximadamente 270 000.

Os dados vazados e compilados pelo site Dadaviz mostram ainda outras cidades brasileiras com grande número de participantes. O Rio de Janeiro, por exemplo, aparece na décima primeira posição, com mais de 156 000 cadastros. Brasília, vigésima na lista, tem 97 000.

Quase 90% das traições conjugais ocorrem via smartphones ou tablets

Ainda conforme as informações obtidas pelos hackers, os usuários do AshleyMadison afirmam, em geral, ter corpo normal, cabelos pretos, olhos castanhos e dizem não ser fumantes.

Segundo os internautas que vazaram os dados, a medida é uma cruzada contra a imoralidade nas relações. Eles afirmaram ser “juízes morais, membros do júri e carrascos” com a missão de “impor uma noção pessoal de virtude na sociedade”.

O site de traições não confirmou nem negou a veracidade dos dados. Confira abaixo os dados compilados pelo Dadaviz:

Dadaviz
(Foto: Reprodução)

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO