INAUGURAÇÃO

Bar da Santa Cecília abre café e barbearia

Dupla de novidades divide o espaço com o Armazém Alvares Tibiriçá

Por: Saulo Yassuda - Atualizado em

armazém alvares tibiriça - barbearia
A barbearia (Foto: Divulgação)

O bar Armazém Alvares Tibiriçá, em Santa Cecília, acaba de inaugurar uma barbearia no piso superior da casa e uma cafeteria no salão da frente do estabelecimento.

Decorada com antiguidades, a Barbearia do Armazém Alvares Tibiriçá está em funcionamento desde segunda (13) no antigo espaço de eventos apelidado de Doca, no primeiro andar. "A procura oscilava muito, e o ambiente estava ocioso" explica o sócio Marcelo Alvares.

Além de Alvares, estão na afinação do negócio o também sócio do bar, José Tibiriçá Martins, o Tibira, e o barbeiro Alexandre Muniz,  da Corleone. O lugar funciona de segunda a sábado, entre 10h e 20h. A festa de inauguração está marcada para o domingo (19), a partir das 13h, com comes, bebes e discotecagem.

O serviço completo, de barba, bigode e corte de cabelo, custa R$ 110,00. Para aparar apenas a barba, pagam-se R$ 45,00 (R$ 40,00 até o fim de julho). Tal qual em salões moderninhos, os clientes ganham uma cerveja ao chegar, da marca Sol.

Armazém Alvares Tibiriçá
O salão do bar: rústico (Foto: Mario Rodrigues)

CAFÉ

Na parte da frente do salão térreo, acaba de ser aberto o chamado Café & Tasca, que funciona antes de o bar começar as atividades -- ou seja, das 10h às 18h de segunda a sexta e das 10h às 12h aos sábados.

O foco recai nas tostas, como são chamados os sanduíches de pão tostado em Portugal. Um exemplo é a camões (R$ 15,00), tostex de costela, catupiry e cebola-roxa. A casa também aposta no folhado à portuguesa, salgado recheado de presunto, ovo, queijo e cebola (R$ 7,00). O expresso é da Três Corações (R$ 4,50).

Antes da abertura do café, houve uma tentativa do bar de servir almoço, que não vingou. "O pessoal da região procura muito 'quilão' e refeições rápidas", justifica o sócio Alvares.

Fonte: VEJA SÃO PAULO