7 de Setembro

Confira o que abre e fecha na capital neste feriado

Ciclofaixas serão ativadas e parques funcionarão normalmente. Shoppings terão horário de funcionamento semelhante ao de domingo

Por: Redação Veja São Paulo - Atualizado em

ciclofaixa_paulsita
Ciclistas podem aproveitar o feriado (Foto: Guilherme Lima)

Apesar de cair em um sábado, o 7 de Setembro vai ter cara de feriado, especialmente porque todas as ciclofaixas de lazer da cidade serão ativadas. No feriado da Independência, os ciclistas poderão aproveitar os mais de 240 quilômetros de vias para pedalar das 7 às 16 horas.

+ Escolha uma ciclofaixa de lazer para pedalar

Alguns serviços municipais também terão seus horários alterados. Bancos, correiros e postos do Poupatempo e do Detran estarão fechados. Os parques municipais vão abrir normalmente. Já os shoppings, funcionarão como em um domingo, com a praça de alimentação aberta das 11h às 23h e as lojas das 14h às 20h.

Veja abaixo o que abre e o que fecha:

Abastecimento

Os mercados vão abrir no seguinte horário: Kinjo Yamato (das 3h00 às 15h00); Paulistano – Central (das 6 às 18h); Central Leste (das 7 às 13h); Pirituba (das 7 às 21h); Tucuruvi e Teotônio Vilela (das 8 às 13); Santo Amaro (das 8 às 16h); São Miguel (das 8 às 17h); Lapa (das 8 às 18h); Penha, Ipiranga, Sapopemba e Vila Formosa (das 8 às 19h); Guaianases (das 8h30 às 19h30). Pinheiros não abrirá no feriado.

Já os sacolões atenderão nos seguintes horários no feriado: Jaguaré (das 6h30 às 13h); Santo Amaro (das 7 às 12h); Brigadeiro, Butantã e João Moura (das 7 às 13h); Bela Vista, City Jaraguá, Lapa, Jaraguá e Rio Pequeno (das 7 às 14h); Avanhadava e Piraporinha (das 7 às 14h30); COHAB Adventista (das 7 às 17h); Estrada do Sabão e Freguesia do Ó (das 7 às 19h); Cidade Tiradentes (das 8 às 15); São Miguel (das 8 às 17h).

Assistência Social

Nos dias 7 e 8, os serviços de emergência e acolhida funcionam 24h.

Cultura

No feriado (7) e no domingo (8) vão funcionar: Beco do Pinto, Capela do Morumbi, Casa da Imagem (antiga CSA nº 1), Casa do Grito, Casa Modernista, Casa do Sertanista, Casa do Tatuapé, Monumento à Independência (Capela Imperial), Sítio da Ressaca, Sítio Morrinhos, Solar da Marquesa de Santos, Pavilhão das Culturas Brasileiras, todos das 9 às 17h.

Centro Cultural São Paulo, Centro Cultural da Penha, Galeria Olido, Teatro Alfredo Mesquita, Teatro Cacilda Becker, Teatro Décio de Almeida Prado, Teatro João Caetano, Teatro João Caetano, Teatro Martins Penna e Teatro Zanoni Ferrite nos horários habituais.

O Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso abrirá no dia 7 com horário reduzido e no dia 8 no horário normal (das 10 às 18h).   O Teatro Municipal também abrirá só no dia 7, para uma palestra sobre Don Giovanni, às 17h, no salão nobre. A Biblioteca Mário de Andrade abrirá apenas no feriado para o evento A recepção da poesia e da prosa de língua Alemã no Brasil.

Vão funcionar só no domingo (8) as bibliotecas Monteiro Lobato, Álvares de Azevedo, Cora Coralina, Pe. José de Anchieta, Raul Bopp, Viriato Correa e Paulo Setubal. Os Ônibus Bibliotecas, os Bosques de Leitura e o Ponto de Leitura Piqueri atenderão normalmente nos dias 7 e 8, nos horários habituais.

Educação

Os Centros Educacionais Unificados (CEUS) abrirão para atividades esportivas e lazer nos horários habituais.

Saúde

No dia 7, os hospitais e prontos-socorros funcionarão o dia todo. As 99 AMAs tradicionais abrem de segunda-feira a sábado, inclusive no feriado, das 7h às 19h. As 19 AMAs Especialidades fecham no dia 7. As 20 AMAs que funcionam 24 horas abrem todos os dias, sem interrupções. As Unidades Básicas de Saúde (UBS) e os Ambulatórios de Especialidades (AE) fecham no dia 7 e reabrem na segunda-feira, dia 9.

Fonte: VEJA SÃO PAULO