Poltronas para obesos são previstas por lei municipal

Assentos devem ter o dobro da largura e suportar 250 quilos; ainda é raro encontrar estabelecimentos que cumpram a regra

Uma lei municipal prevê que locais públicos, como restaurantes, são obrigados a manter 1% de cadeiras para obesos (cerca de 15% dos paulistanos, segundo o Ministério da Saúde). Segundo a ABNT, esses assentos devem ter o dobro da largura e suportar 250 quilos.

“É raro encontrar quem cumpre a regra”, diz Oswaldo Fantini, engenheiro da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida. A multa é de 1.200 reais. Em junho, o Palácio das Convenções, no Anhembi, ganhou 25 poltronas com 1 metro de largura e capacidade para 300 quilos.

+ Primeiro borboletário da cidade será inaugurado em outubro

+ Rosangela Lyra seleciona famosos para montar o guia SP Jardins & Afins

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s