Alckmin congela o próprio salário

Com arrecadação estadual em queda, vice-governador e secretários também ficarão sem aumento em 2016

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), decidiu congelar o próprio salário, além do pagamento ao vice-governador e aos secretários. Em lei publicada no Diário Oficial do Estado no sábado (9), Alckmin determinou que a remuneração desses cargos em 2016 será a mesma que no ano passado. Com isso, Alckmin continua a ganhar 21 631 reais; o vice, Márcio França (PSB), recebe 20 549 reais e os secretários, 19 468 reais.

+ Pelo Twitter, Alckmin comenta manifestação do Passe Livre

Diante do cenário de crise econômica e queda de arrecadação, um aumento poderia gerar desgaste para o governador, um dos pré-candidatos do PSDB à disputa presidencial de 2018.

+ Governo Alckmin suspende obras de extensão da Linha 2-Verde do Metrô

Segundo o secretário de Fazenda do Estado, Renato Villela, a receita do Estado teve queda real de 4,2% em 2015 – a arrecadação com o ICMS, o principal tributo estadual, caiu 5,3%, considerando a inflação. O secretário disse ainda que a receita do ICMS deve ter perda real de 3,5% em 2016 se a inflação ficar em 6% neste ano.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s