Crime

Turista canadense é assassinado a tiros na rodovia Anchieta

Empresário foi baleado no momento em que ia soltar o cinto de segurança; Dean Tiessen era presidente de uma empresa de agricultura no Canadá

Por: Marcus Oliveira - Atualizado em

dean-tiessen
O empresário morto Dean Willian Tiessen estava no Brasil há 10 dias (Foto: Reprodução)

O turista canadense Dean Willian Tiessen foi assassinado neste sábado (7) durante uma tentativa de assalto no quilômetro 52 da Rodovia Anchieta, próximo a Cubatão, litoral da cidade. O crime ocorreu por volta das 14h e o empresário levou dois tiros, um no braço e outro no peito, que atravessou as costas, e morreu na hora.

Dean é presidente da empresa New Energy Farms Group, ligada ao ramo da agricultura, localizada no Canadá, e estava acompanhado de um amigo, o inglês Paul Adrian Carver, que presenciou o crime. De acordo com informações da Polícia Rodoviária, ambos seguiam na pista sentido capital quando foram abordados e nenhum dos criminosos foi identificado até o momento.

Os empresários e sócios estavam no país há aproximadamente dez dias e decidiram ir até o Guarujá para conhecerem as praias. Em seguida, voltavam à capital pela rodovia Anchieta para apreciarem as paisagens de Mata Atlântica da região.

assassinato-turista-anchieta
Turista canadense foi morto a tiros na rodovia Anchieta (Foto: Reprodução / TV Tribuna)

Quando chegaram ao quilômetro 52, próximo à Cota 95, em Cubatão, viram um caminhão parado na estrada e não perceberam que o veículo estava sendo assaltado. Ao tentarem desviar do carro, foram abordados por três ladrões que dirigiam um veículo branco. Os bandidos desceram, encostaram no vidro do automóvel dos estrangeiros e pediram dinheiro, celulares e a aliança de Dean.

Segundo informou a Polícia Rodoviária, Dean não falava português e um dos criminosos se irritou e disparou contra o canadense na hora em que ele fez o movimento para tirar o cinto de segurança. Os bandidos fugiram sem levar nada.

Quando Paul percebeu que o amigo estava baleado tentou realizar respiração boca a boca, até que o motorista do caminhão, abordado pelos criminosos minutos antes, percebeu toda a ação e ligou para o resgate. Quando a polícia chegou ao local, o turista já estava sem vida e não portava documentos. Ainda não há informações sobre o que será feito com o corpo de Dean Tiessen. A ocorrência foi registrada no 1º DP de Cubatão.

Fonte: VEJA SÃO PAULO