Passeios

Conheça os melhores quitutes da Festa de Nossa Senhora Achiropita

Visitamos a primeira noite do evento, no sábado (3), para testar o serviço e provar comidinhas como fogazza, polenta e a tradicional macarronada

Por: Marcus Oliveira - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

A 87ª edição da Festa de Nossa Senhora Achiropita ocupa o tradicional bairro do Bixiga, no centro, até 1º de setembro - aos sábados, das 18h à 0h, e, aos domingos, das 17h30 às 22h30. Como em anos anteriores, o evento em homenagem à santa padroeira da comunidade italiana ocorre nas ruas 13 de Maio, São Vicente e Dr. Luiz Barreto, por onde se espalham 32 barracas de comidas típicas. Além da comilança, há ainda atividades para entreter as crianças e atrações musicais.

Há extensas filas para provar as comidinhas preparadas pelas "mammas". Já na noite de abertura, no sábado (3), por volta das 21h30, aguardava-se até 30 minutos para comprar as fogazzas (R$ 7,00 cada). A dica para apreciar essa e outras guloseimas é chegar cedo, às 17h30 (aos domingos) e às 18h (aos sábados), ou aguardar até o final, por volta das 23h, quando o fluxo diminui. 

Para quem não gosta da muvuca ao ar livre, há a opção de ir à cantina instalada na Paróquia Nossa Senhora Achiropita. Para participar, é preciso garantir a entrada com antecedência: aos sábados, o ingresso sai por R$ 80,00 e o público pode consumir à vontade os quitutes de uma mesa de antepastos e pratos como a polenta e o espaguete à moda Achiropita. Aos domingos, o valor cai para R$ 40,00 e inclui apenas a macarronada. Nos dois dias, bandas animam o ambiente.

+ Confira outras atrações gratuitas na cidade

Festa da Achiropita
Fogazza: apenas no sabor pizza, é o quitute mais disputado da festa (Foto: Marcus Oliveira)

Quitutes de rua

Mesmo com o grande fluxo de pessoas, a maioria dos frequentadores prefere percorrer a Rua 13 de Maio, nos arredores da igreja. Entre os salgados, os mais disputados são as fogazzas (um pastelão assado e recheado) e a polenta com molho à bolonhesa (R$ 7,00). Feita em único sabor, de pizza, a fogazza serve muito bem uma pessoa. Ao comê-la, é preciso uma porção de papel extra, pois o volumoso recheio de queijo desprende bastante óleo.

Outra fila longa é a dos pratos italianos (de R$ 7,00 a R$ 8,00 cada), como o peperone (pimentão vermelho assado e recheado com carne), melanza ao forno (berinjela aberta recheada de carne e queijo) e antepasto especial, servido em um prato. No primeiro sábado da festa, aguardava-se até 20 minutos para experimentar a polenta, servida quentinha e com uma farta porção de molho bolonhesa, para duas pessoas. Entre as sobremesas, há tentadores espetinhos de morango banhados em chocolate (R$ 3,00 cada) e outros doces como quindim, bolos, trufas, tortas e canudinho de chocolate (R$ 5,00).

Como toda festa com temática italiana, a bebida oficial é o vinho. Há duas opções da bebida: suave ou seco (R$ 3,00, copo de 300 ml).  As filas para comprá-la também são longas, por isso, vale descer até a parte mais baixa da Rua 13 de Maio, onde as fichas são vendidas no centro de eventos da igreja. Água e refrigerante custam R$ 2,00 (copo de 300 ml).

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Área VIP

Mesmo quem opta por comer na cantina, montada no salão da igreja, enfrenta espera para degustar o cardápio. Nesse ambiente barulhento, há duas grandes mesas com antepastos como berinjela refogada e diversos tipos de salada e de maionese. Ao lado, duas simpáticas atendentes enchem os pratos dos clientes com polenta frita supercrocante e sequinha e distribuem um copinho com uma saborosa sardela, acompanhado de pão italiano muito macio. 

Enquanto o público curte as atrações musicais no palco, uma infinidade de voluntários passa pelas mesas vendendo bilhetes para quem quiser harmonizar os quitutes com vinho tinto nacional (R$ 25,00 a jarra) ou importado (R$ 40,00 a garrafa), lambrusco (R$ 25,00), prosecco (R$ 20,00), cerveja, refrigerante ou água (R$ 3,00 cada).

Festa da Achiropita
Penne: coberto por um delicioso molho à bolonhesa, queijo parmesão ralado e acompanhado por pão Italiano macio (Foto: Marcus Oliveira)

Programação infantil

Para quem pretende curtir o evento com os pequenos, há dezenas de brinquedos, a maior parte deles na Rua São Vicente, uma travessa da 13 de Maio. Entre as opções, estão o pula-pula de ar, a cama elástica, escorregador, labirinto, trenzinho e barracas com jogos. A ficha para cada um sai por R$ 5,00 e há monitores para cuidar das crianças.

Banheiro e infraestrutura

As ruas que sediam a festa não possuem banheiro químico, portanto, a opção é utilizar o sanitários dos bares e restaurantes vizinhos ou usar a estrutura da paróquia. A área tem segurança feita pela Polícia Militar e há um ambulatório na Rua 13 de Maio.

Confira os preços dos quitutes da festa

  • Fogazza: R$ 7,00
  • Espaguete ou penne: R$ 10,00
  • Polenta à bolonhesa: R$ 7,00
  • Berinjela ao forno: R$ 7,00
  • Pimentão ao forno: R$ 8,00
  • Antepasto especial: R$ 8,00
  • Fricazza: R$ 5,00 (pedaço) ou R$ 20,00 (inteira)
  • Pizza: 4,00 reais
  • Espeto de carne: R$ 3,00
  • Calabresa na chapa: R$ 7,00
  • Espeto de morango com chocolate: R$ 3,00
  • Doces variados: R$ 5,00

Fonte: VEJA SÃO PAULO