Especial

Dia das Crianças: cinco lugares para ver bichos

Saiba quais são as melhores opções para os pequenos

Por: Bruna Gomes, Clara Nobre de Camargo e Miguel Barbieri Jr.

Aquário de São Paulo
Aquário de São Paulo: ponto alto do lugar é o tanque gigante de 1 milhão de litros (Foto: Veja São Paulo)

Cidade das Abelhas e Aquário de São Paulo estão na programação:

+ Dia das Crianças: atrações para aproveitar a data

  • Parques

    Aquário de São Paulo

    Rua Huet Bacelar, 407, Ipiranga

    Tel: (11) 2273 5500

    28 avaliações

    Após uma expansão realizada em abril de 2015, o parque tem como grande atração um casal de ursos polares, vindos da Rússia. Aurora e Peregrino vivem em um recinto climatizado de 1500 metros quadrados. Também são novidades bichos provenientes de regiões como Austrália, África e Indonésia. São cangurus, equidnas, vombates e leões-marinhos. Há ainda lêmures, que ganharam fama com o personagem Rei Julien do filme Madagascar (2005), e suricatos, similares a Timão, do desenho O Rei Leão (1994). Um casal de coalas deve chegar em breve.

    + Conheça as novidades do Aquário de São Paulo

    O ala antiga ainda atrai atenções. Um tanque gigante de 1 milhão de litros de água salgada abriga diversas espécies aquáticas. Para observá-las, adultos e crianças ficam em um espaço que lembra um navio naufragado. Os peixes são vistos através de placas acrílicas quando se olha para a frente ou para o alto.

    Por ali circulam oito tubarões-lixa e o tubarão-mangona Pancho, que tem 1,80 metro de comprimento e pesa 100 quilos. Em outro setor estão mamíferos aquáticos a exemplo de lontras e o peixe-boi Tapajós, ameaçado de extinção e vindo da Amazônia. Por ali, a sensação é de uma visita à Amazônia. O público conhece também reproduções de lugares como a Patagônia, no pinguinário, cheio de aves originárias da região do sul da Argentina. O lago dos jacarés faz uma referência ao Pantanal.

    Saiba mais
  • Parques

    Zoológico de São Paulo

    Avenida Miguel Estéfano, 4241, Saúde

    Tel: (11) 5073 0811

    5 avaliações

    O Zoológico de São Paulo é um passeio para toda a família. Entre elefantes, leões, tucanos e cobras, reúne aproximadamente 3 200 animais espalhados em 824 529 metros quadrados de Mata Atlântica. Em maio, nasceu mais um filhote de girafa no parque, uma fêmea batizada de Ágatha. Uma dica: ela só sai do recinto coberto quando o tempo está mais quente.

    Saiba mais
  • Parques

    Cia. dos Bichos

    Estrada Do Capuava, 2990, Chácara Ondas Verdes

    Tel: (11) 4703 3548

    3 avaliações

    Computador, televisão, tablet, playground do condomínio, shopping, cinema... Que tal variar na rotina e deixar que as crianças respirem um pouco de ar puro? Uma boa opção pode ser a Cia. dos Bichos, localizada a 29 quilômetros da cidade. A fazendinha de 25 000 metros quadrados inaugurada dezoito anos atrás ainda é um interessante passeio, sobretudo para os menorzinhos. Logo na entrada, uma vila caipira mostra os hábitos do interior. Na venda, os adultos provam café fresquinho passado no coador de pano. As crianças alimentam as ovelhas com capim, servem banana às emas e passeiam a cavalo. Também há um lago, em que os recém-chegados cisnes-negros e marrecos chamam atenção. Durante toda a visita, monitores contam curiosidades sobre a vida no campo. No berçário, por exemplo, eles explicam como funciona a chocadeira, uma máquina que mantém a ventilação e a temperatura corretas para o nascimento de pintinhos.

    Saiba mais
  • Parques

    Cidade das Abelhas

    Rodovia Régis Bittencourt, s/n, Parque Industrial Ramos De Freitas

    Tel: (11) 4703 6460

    4 avaliações

    Em uma área cercada de mata nativa, as crianças descobrem como vivem as abelhas. Há uma colmeia gigante, um observatório e uma abelha com 18 metros de comprimento e 3 de altura, feita de fibra de vidro.

    Saiba mais
  • Parques

    Instituto Butantan

    Avenida Doutor Vital Brasil, 1500, Butantã

    Tel: (11) 3726 7222

    3 avaliações

    Abriga um complexo com três museus. No Biológico, há noventa animais, entre cobras, aranhas, sapos, lagartos e escorpiões. Através de microscópios instalados no Museu de Microbiologia, a garotada pode observar bactérias e fungos. Completam a excursão o serpentário — ao ar livre — e o Museu Histórico, que mostra a trajetória do centro de pesquisas fundado em 1901. Reserve no mínimo duas horas para conhecer tudo.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO