Especiais

15 coisas bacanas para fazer em São Paulo no calor

É possível curtir o verão na cidade! Aqui, 15 dicas

Por: André Spera - Atualizado em

15 coisas bacanas para fazer em São Paulo no calor Foto 2
(Foto: Veja São Paulo)

NOITE

1. Cair na balada sem se sentir um assado no forno. Em se tratando de dias quentes, uma das melhores baladas para ir em São Paulo é a Neu!, na Água Branca. Nada de porões abafados e ambientes fechados. Em forma de uma simpática casa com ar-condicionado na pista, aqueles que não estão afim de dançar podem ficar no amplo quintal dos fundos, ao ar livre. Mensalmente acontece a "Soda Popinski", festa que oferece o que há de mais novo, fresco e fino na música internacional.

Neu
Pista da Neu: ar condicionado que funciona. E bem! (Foto: Mario Rodrigues)

Soda Popinski na Neu!. R. Germaine Burchard, 421, Água Branca. Entrada: R$10. Mais informações .

2.  Conhecer o samba paulistano Ok, nem sempre é possível fugir do calor. Já que é assim, que seja no ritmo mais apropriado! No tradicional bairro do Bom Retiro, o "Anhangüera dá Samba" é uma roda de samba de verdade - informal e sem frescura. Toda última sexta-feira do mês, um convidado especial dá o tom. Anhangüera Dá Samba, Clube Anhangüera: Rua dos Italianos, nº 1.261, Bom Retiro. Telefone: 3361-1799. A partir das 23 h. Ingressos: R$ 10,00 e 1 Kg de alimento não perecível ou agasalho.

ESPORTES

3. Aprender a patinar no gelo. No shopping Eldorado existe uma pista de patinação no gelo, no segundo subsolo. Programa bom para a família, eles oferecem aula e crianças menores de 5 anos pode acompanhar em um trenózinho puxado por um patinador (R$10). Pista de Patinação Ice Star. Shopping Eldorado, 2º subsolo, tel: 2197 6060 e 8944 8044. Valor: 30 min, R$25; oferece aulas para iniciantes.  Funcionamento: domingo à quinta das 12h às 22h; Sexta a Sábado das 12h às 23h

4. Encarar um rafting no rio Juquiá. Além de se molhar o suficiente, você consegue um pouco de adrenalina do lado de São Paulo. Em Juquitiba, a 70km da capital, a Canoar além de dar aulas de canoagem e rafting também oferece pacotes especiais para grupos e empresas. Se você quer levar a molecada, crianças a partir de 7 anos já podem participar. Canoar Rafting & Expedições: Estrada dos Carmos, 2.000 , Juquitiba, 2856-5777. Ingresso: R$ 20 (acesso ao sítio), R$ 20 (tirolesa), R$ 55 (arvorismo) e R$ 80 (descida)

5. Visitar o Parque do Jaraguá e ir até o alto da torre. Mesmo no dia mais tórrido na cidade, se você topar o desafio de subir até a torre do parque, vai sentir uma brisa mais fresca. Lá no alto, depois dos 242 degraus que te levam a uma altura de mais de mil metros. Na área do Pico do Jaraguá, além dos mirantes, há infraestrutura com lanchonetes e sanitários. R. Antonio Cardoso Nogueira, 539, Vila Chica Luisa, tel.: 3941-2162.

6.  Praticar ski. A neve não é de verdade, mas no Ski Mountain Park em São Roque (a 54km da capital, com acesso pelas Rodovias Castello Branco e Raposo Tavares), você pode praticar em uma pista sintética de ski – não se preocupe, eles também oferecem aulas. O parque está a 1.200m acima do nível do mar e oferece também prática de arborismo, arco e flecha, paintball, teleférico, entre outros.

ski_moutain_park_pista
Pista de ski do Ski Moutain Park, com teleférico acima (Foto: divulgação)

Ski Moutain Park.  Pista de Esqui / Snowboard, R$ 20,00 (30 min. - inclui equipamentos). Tel.: (11) 4712 3299

LAZER E DIVERSÃO

7. No Parque Villa Lobos tem ioga no parque é de graça e ao ar livre, todo domingo, às 10h, em frente o Espaço Vida. Se você é da turma que leva os cães pra passear, lá também existe treinamento no agility (provas para cachorro), todo sábado das 14h30 às 16h30, fica perto do anfiteatro. Tels. (11) 3023-0316 e 3023-2229

8. Passar o dia em um hotel de luxo da cidade (day use), utilizando piscina, sauna, fazendo massagens.... ficou com vontade? Leia mais aqui.

9. Visitar o Aquário de São Paulo. Dizem que olhar para os peixes acalma, e no caso, estar cercado de peixes em grandes tanques de água pode ser boa idéia, ainda mais se estiver com as crianças. O Aquário tem cerca de 400 espécies de animais e, como se não bastasse, também possui réplicas mecanizadas de dinossauros. Neste mês ganha um novo morador, um peixe-boi.

Zoológico de são Paulo
Zoológico de São Paulo: vai dizer que não é refrescante? (Foto: Heudes Regis)

 R. Huet Bacelar, 407, Ipiranga, 2273-5500. Funcionamento: 9h/18h (seg. a dom.). R$ 15,00 (seg.), R$ 20,00 e R$ 60,00 (visita noturna, que inclui jantar). Grátis para crianças de até 2 anos. Estac. c/ manobr. (R$ 12,00).

10. Digitar 241543903 no Google. É sério – foi uma ideia do artista norte-americano David Horvitz. Quando uma amiga se sentiu triste, ele sugeriu que ela deitasse na neve. “Como nem sempre temos neve, sugeri que ela colocasse a cabeça no freezer”. Milhares de pessoas tem se fotografado com a cabeça no congelador e identificando suas fotos com o número 241543903, um “código” que Horvitz anotou de uma embalagem de bolinhos chineses do seu... freezer.

11. Passeios noturnos no Zoológico de São Paulo. O Jardim Zoológico de São Paulo possui o disputado passeio com turmas de 60 a 80 pessoas para dezembro já fechadas, mas no ano que vem a visitas recomeçam. Vale a pena para avistar animais que têm hábitos noturnos e que sempre estão escondidos na hora do sol - forte - do verão, sem falar nas corujas morcegos e gambás que passeiam pelo parque. O monitoramento também pode ser feito em inglês. R$ 75,00 por pessoa (inclui estacionamento e lanche no final do passeio), crianças de 5 a 10 anos pagam R$ 55,00. Tel. 5073-0811, ramais 2119 ou 2141.

12. Dar uma volta de bicicleta até lugares onde você jamais pensou que conseguiria chegar pedalando. Como? Aproveite que é possível levar sua bicicleta pelo metrô. O acesso é permitido aos sábados, das 15 às 20h, e aos domingos e feriados, das 7 às 20h, com embarque sempre no último carro dos trens. Experimente pedalar no Parque das Bicicletas, Al. Iraé, 35 ,Indianópolis, tel.: 3396-6433.

GASTRONOMIA

13. Fazer um hapy hour curtindo ostras frescas e espumante em uma das belas mesas do pátio externo do O Pote do Rei. Inaugurado este ano, o restaurante conta com menu do chef William Ribeiro.

O Pote do Rei
(Foto: Ailin Aleixo)

 O Pote do Rei: Rua Joaquim Antunes, 224, tel.: 3068.9888 e 3081.9200

14.  Experimentar o Sprizz na varanda do Zena Caffè. Moda na Itália, esse drinque é feito com Aperol (uma espécie de Campari alaranjado), club soda, prosecco, laranja e um bocado de gelo. Doce-amargo e refrescante (R$18,00). Zena Caffè: Rua Peixoto Gomide 1901, Jardins, tel:3081 2158

Sprizz_Zena
Aperol Sprizz do Zena Caffè: mega refrescante (Foto: Divulgação)

 

15. Taperebá, umbu, mutamba, murici, araticum, araça, guapeva, mamacadela, curriola, cagaita… não, isso não é uma letra de axé. São os sabores exóticos e refrescantes da sorveteria Frutos do Cerrado. A marca de Goiânia, que recentemente abriu loja em São Paulo, tem mais de 60 sabores de picolé de frutas com nomes estranhos até para os brasileiros. Frutos do Cerrado: R. dos Pinheiros, 320, Pinheiros, tel.: 5084-8014. Picolés a R$3,00 e potinhos a R$5,00.

Frutos do Cerrado
(Foto: ailin aleixo)

Fonte: VEJA SÃO PAULO