Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Xepa da vacina em São Paulo abre cadastro para maiores de 12 anos

Capital paulista iniciou nesta semana imunização de adolescentes de 15 a 17 anos sem comorbidades

Por Redação VEJA São Paulo 30 ago 2021, 13h21

A prefeitura de São Paulo iniciou nesta segunda-feira (30) a vacinação de adolescentes entre 15 e 17 anos de idade contra a Covid-19. No início desta semana a gestão municipal abriu também o cadastro para o recebimento de doses remanescentes para jovens a partir dos 12 anos de idade sem comorbidades, a chamada xepa.

Na xepa também podem se inscrever os que desejam antecipar a aplicação da segunda dose, válido para quem tomou a primeira dose da CoronaVac há 15 dias e a AstraZeneca ou a Pfizer há 30 dias.

O cadastro na xepa deve ser feito na própria Unidade Básica de Saúde (UBS) do paulistano. Com o início da vacinação dos 15 aos 17 anos, a prefeitura espera a presença de cerca de 411 000 pessoas. O imunizante da Pfizer é o único liberado para esta faixa etária.

No momento da imunização, os adolescentes devem estar acompanhados de um responsável legal ou então, de outro adulto, portando uma autorização com a assinatura do responsável legal.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade