Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

SP atinge 100% dos adultos vacinados com ao menos uma dose contra a Covid

Com mais de 70,4 milhões de doses aplicadas, estado lidera rankings de imunização parcial e completa

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 25 out 2021, 18h48 - Publicado em 25 out 2021, 18h43

O Estado de São Paulo atingiu nesta segunda-feira (25) a marca de 100% dos adultos vacinados com pelo menos uma dose contra a Covid-19, segundo dados do IBGE. O número equivale a 35,3 milhões de pessoas vacinadas. Com isso, o estado lidera o ranking com imunização completa, ou seja, duas doses ou dose única.

Segundo o governo estadual, a campanha de vacinação, que começou no dia 17 de janeiro e foi a primeira do país, aplicou até as 16h48 desta segunda (25) 70.492.794 doses de vacina: 37 450 220 primeiras doses, 29 517 485 segundas doses e 1 170 205 doses únicas. Integrante desses números, a capital também já tem mais de 86% das pessoas com idade acima de 18 anos com esquema vacinal completo, segundo dados do Vacinômetro. A ferramenta de monitoramento das doses ministradas no estado, no entanto, parou de mostrar um contador em tempo real.

Em nota, a gestão de João Doria diz que também utiliza dados do consórcio dos veículos de imprensa para afirmar que, até este domingo (24), São Paulo estava à frente de todos os outros estados na vacinação, com 80,24% de sua população imunizada com pelo menos uma dose. Na sequência do levantamento, aparecem Santa Catarina, com 75,27%, e o Rio Grande do Sul, com 74,27%. Se levado em conta apenas o esquema vacinal completo, São Paulo também lidera, com 65,42% da população, seguido por Mato Grosso do Sul com 63,04% e Rio Grande do Sul com 57,13%.

A pasta ainda afirma que está realizando, desde 6 de setembro, a aplicação da dose adicional, com 2 354 884 terceiras doses ministradas até o momento. Atualmente, os públicos previstos pelo Plano Estadual de Imunização (PEI) para se imunizarem com esse reforço são os idosos, imunossuprimidos e profissionais de saúde. Nesta segunda (25), sepultadores, GCMs e fiscais de subprefeituras também entraram para esse grupo.

+Assine a Vejinha a partir de 12,90.

Continua após a publicidade

Publicidade