Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Prefeitura vai iniciar vacinação de moradores de rua acima de 60 anos

Segundo Bruno Covas, cerca de 2,2 mil idosos em situação de rua devem ser imunizados

Por Redação VEJA São Paulo 11 fev 2021, 11h47

O prefeito Bruno Covas anunciou que irá iniciar a vacinação contra a Covid-19 em pessoas em situação de rua mais de 60 anos na capital. A campanha começa na sexta-feria (12). De acordo com a gestão, a prefeitura atendeu a uma solicitação do Ministério Público e da Defensoria Pública. Cerca de 2,2 mil vacinas devem ser aplicadas no grupo. 

“A partir de amanhã começaremos a vacinação de 2,2 mil moradores em situação de rua com mais de 60 anos. Foi uma solicitação do MP e da Defensoria que a prefeitura vai atender por meio da rede que faz visitação, seja nos abrigos municipais, seja nas ruas”, disse o prefeito. 

Idosos

A capital iniciou nesta quinta-feira (11) a vacinação de idosos entre 85 a 89 anos. As pessoas da faixa etária podem se imunizar nos cinco postos drive-thru instalados na capital. Já a imunização em unidades básicas de saúde será liberada na sexta (12).
Segundo Covas, o número de vacinados na faixa acima de 90 anos superou a previsão da prefeitura, o que indica que pessoas que não moram na cidade também têm procurado os postos da capital. A imunização para esta faixa etária terá continuidade. 
“Aqui o SUS é porta aberta, as pessoas que estão procurando estão sendo vacinadas. É normal, você vai ver gente de fora. Aqui na cidade não vamos fechar portas de UBS e continuamos assim. Quem não vacinou acima dos 90 anos, pode ficar tranquilo, tem vacina para tomar”, disse. 
  • Publicidade