Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Prefeitura recebe 330 000 doses da AstraZeneca para regularizar 2ª dose

Capital também adquire novas doses da CoronaVac e Pfizer para uso em novos públicos da campanha de imunização contra a Covid-19

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 13 jul 2021, 15h48 - Publicado em 13 jul 2021, 15h16

A prefeitura de São Paulo recebeu mais 330 000 doses da vacina AstraZeneca nesta terça-feira (13). O lote com os imunizantes contra a Covid-19 foi adquirido com o intuito de regularizar as aplicações de segundas doses na capital paulista. 

A gestão municipal também adquiriu mais 224 000 doses de vacinas variadas para aplicação em novos públicos da campanha de imunização. Segundo o secretário da Saúde, Edson Aparecido, ainda devem chegar mais doses para poder atender o público de 36 e 35 anos. “As 224 000 doses são 40 000 de CoronaVac e 84 000 de Pfizer, o que corresponde a 70% do público de 36 e 35. Na quinta-feira, a cidade deve receber mais 96 000 doses para completar o público de 36 e 35 anos, que são 370 000 pessoas na capital”. 

A expectativa é que todos os adultos com 37 anos tenham recebido a primeira dose até amanhã, quarta-feira (14). A partir de quinta-feira, pessoas com 36 anos serão vacinadas e sexta-feira serão as com 35 anos. No sábado, ocorrerá a repescagem para esse intervalo de idade.

+ Butantan recebe lote recorde de IFA para produzir 20 milhões de vacinas

Para ser imunizado, o cidadão deve levar até o posto de atendimento um documento com foto e comprovante de residência da cidade. No domingo (11), o governador João Doria anunciou que toda a população adulta do estado será vacinada até 20 de agosto.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade