Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Prefeitura estima vacinar toda a população elegível até início de agosto

Se ritmo atual de entrega de imunizantes continuar, todas as pessoas com mais de 18 anos devem receber a primeira dose da vacina em breve

Por Redação VEJA São Paulo 8 jul 2021, 14h17

Edson Aparecido, secretário municipal da Saúde de São Paulo, afirmou na quarta-feira (7) que, se a entrega de vacinas contra a Covid-19 continuar no ritmo atual, toda a população adulta da cidade deve ser vacinada com a primeira dose de imunizante até o início do mês de agosto.

Ele ressaltou que a estimativa depende de que mais vacinas cheguem à cidade para serem aplicadas na população. “É uma projeção, dependemos da entrega das vacinas para concluir essa expectativa”, afirmou Aparecido.

Na tarde da última quarta-feira (7), um novo lote com 2,7 milhões de doses prontas da CoronaVac chegou ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. A quantia faz parte de uma compra por parte do governo estadual de 4 milhões de doses, conforme anunciou o governador João Doria em coletiva de imprensa.

A chegada de mais imunizantes tem feito com que a cidade acelere a vacinação. Nesta quinta (8), a população de 39 anos começa a ser imunizada. Na sexta (9) é a vez das pessoas com 38 anos e na segunda (12), das de 37 anos.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade