Continua após publicidade

Prefeitura de São Paulo vai exigir que servidores municipais tomem vacina

A recusa, sem justificativa médica, será considerada falta grave

Por Agência Brasil
7 ago 2021, 15h58

A prefeitura de São Paulo vai exigir que os servidores públicos e funcionários municipais da capital paulista se vacinem contra a covid-19. A exceção é apenas para aqueles que apresentarem uma justificativa médica. A medida foi publicada hoje (7) no Diário Oficial da cidade.

O decreto, segundo a prefeitura, está baseado em uma decisão cautelar do Supremo Tribunal Federal (STF) e em leis federais. A decisão vale também para funcionários de autarquias e de fundações.

A Controladoria Geral do Município (CGM) ficará encarregada em fazer o levantamento dos servidores e empregados públicos que, sem justa causa, não se vacinaram.

A recusa, sem justificativa médica, será considerada falta grave e poderá resultar em punições como repreensão, suspensão e outras medidas mais severas.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.